Alguns choram e outros sorriem. Como se desenvolve o caráter das crianças?

· 6 de outubro de 2018
Quase 70% dos traços de caráter são definidos pelos genes. Ao passo que os 30% restantes ficam por conta da influência do meio em que se vive.

Neste mundo, ninguém é igual. Diferentes tipos de caráter são desenvolvidos desde cedo. Uma coisa que certamente não funciona para uma criança, pode funcionar para outra.

Enquanto algumas crianças riem com frequência e raramente choram, outras tendem a se comportar de forma oposta.

Desde o nascimento, um bebê mostra diferentes temperamentos. E, normalmente, a partir de um ano de idade já pode expressar o seu próprio caráter.

Houve um momento da ciência em que se acreditava que o comportamento das crianças era apenas hereditário. Supostamente poderiam ser influenciados pelos “fluidos corporais”, glândulas, incluindo a formação do corpo.

No entanto, hoje em dia se comprova que a maior parte do caráter é determinado pelo aprendizado.

Os estímulos emocionais e a forma como aprendem a responder em várias situações são responsáveis por formar o caráter das crianças.

O desenvolvimento do temperamento também é influenciado pela saúde e pelo equilíbrio endócrino.

Traços que definem o caráter das crianças

Sociabilidade

Algumas crianças se sentem mais confiantes ao falar com adultos. Embora isso não seja ruim, pode ser arriscado pelo que dizem e com quem falam.

Portanto, é conveniente ensiná-las a adaptar esse comportamento, o que ajuda a moldar o seu caráter.

Por outro lado, também não se deve pressionar as crianças a socializa menos. Pelo contrário, é necessário proporcionar tempo e acompanhá-las em todas as oportunidades.

Embora pareçam ter a personalidade definida, os pequenos podem precisar de ajuda para melhorar certos traços.

caráter das crianças
Nível de atividade

Neste caso, se a criança é ativa, é aconselhável dar tarefas para ocupar o seu tempo. Isto não significa que ela apresente um mau comportamento, mas é inquieta por natureza e precisa de mais ocupações.

Por isso, crianças com essas características precisam de espaço tanto dentro quanto fora de casa. Porém você deve evitar saídas muito longas, onde a criança possa se movimentar livremente.

Mas se, por outro lado, a criança for mais calma, ela vai desfrutar do seu tempo livre sem precisar ter muitas atividades.

Contudo, fique atenta, pois o excesso em qualquer um dos casos – seja muita atividade ou muita passividade – pode indicar uma série de problemas.

Regularidade

Algumas crianças tendem a facilitar as atividades diárias para seus pais. Elas são capazes de manter as rotinas de comer, dormir, brincar, etc.

Porém, quando aparecem imprevistos, como viagens, por exemplo, elas podem ter mais dificuldade para se acostumar.

O oposto dessa situação é quando não há nenhum tipo de ordem e as crianças comem ou dormem mal.

Geralmente, são crianças muito regulares mesmo com a desordem da maioria de suas atividades. Normalmente, é difícil para elas se adaptar às rotinas.

Emotividade

Nesta situação, parece que a criança expressa emoções com muita intensidade e demonstra através da força do seu choro ou do seu riso.

No caso dessas crianças, é preciso distinguir quando essa expressão é verdadeira ou falsa.

Ao mesmo tempo, não podemos ignorar os sentimentos em criança menos intensas. É importante estarmos atentas à expressão para conseguir uma maior firmeza no caráter das crianças.

caráter das crianças

Adaptabilidade

Algumas crianças são capazes de se adaptar facilmente. Mas recomenda-se que os pais respeitem a rotina porque, afinal, ela é necessária.

Se for o contrário, os pais devem ter muita paciência, acrescentando diariamente novas atividades para ajudá-las a se adaptarem gradualmente.

Sensibilidade

As crianças muito sensíveis não aceitam facilmente as variações de sabores, texturas, luzes, cheiros e temperaturas. Quando crescerem, provavelmente se tornarão pessoas detalhistas e perfeccionistas.

Por sua vez, crianças com menor sensibilidade não darão muito trabalho, embora elas não tenham tanta facilidade para perceber exatamente o que pode incomodá-las.

Humor

Em algumas crianças, a alegria prevalece na maior parte do tempo, enquanto outras vão ser mais sérias ou mais impacientes. É muito fácil descobrir qual é o estado de espírito dos nossos filhos.

As crianças alegres são mais fáceis de lidar. Mas devemos estar alertas para descobrir como expressam suas frustrações e momentos de raiva.

Para crianças que sorriem com mais frequência, pode ser mais difícil expressar suas emoções contrárias tão facilmente quanto aquelas mais mal-humoradas.

No caso de crianças em que o mau humor ou a seriedade predominam, é preciso aceitar que é uma característica de sua personalidade. No entanto, também é conveniente ensinar como mostrar a alegria.