Como prevenir infecções na gravidez

· 25 de novembro de 2017

Na hora de prevenir infecções na gravidez bons conselhos nunca são demais. É preciso saber que, a respeito da nossa saúde, nós somos as maiores responsáveis, e portanto, devemos saber como cuidar de nós mesmas.

Durante a gravidez, uma mulher pode sofrer certas infecções se não tomar as devidas precauções e se não adotar as medidas necessárias. Por esse motivo, é muito importante que qualquer mulher que quiser ter um bebê ou que já estiver grávida saiba se prevenir das infecções na gravidez.

Assim como em muitas outras áreas da saúde e do bem-estar pessoal, o segredo está em ter hábitos de vida saudáveis. No caso das mulheres grávidas, as precauções extras são bastante simples, como você poderá comprovar a seguir.

11 formas de prevenir infecções na gravidez

Para afastar qualquer tipo de doença que possa ser prejudicial tanto para nós quanto para o bebê, o melhor é manter uma boa higiene. Tanto pessoal quanto no nosso entorno. É muito importante que mantenhamos um entorno limpo para a nossa comodidade e segurança.

Apesar desses hábitos serem muito simples e apelarem diretamente para o nosso senso comum, muitas vezes os negligenciamos por pensar que estamos sendo muito cautelosas com a nossa vida.

Negligenciar o simples fato de lavar as mãos depois de tocar em um animal, por exemplo, acaba por permitir o contato com os germes e isso pode ter consequências realmente prejudiciais. Por esse motivo é muito importante lembrar alguns aspectos básicos, como os seguintes:

  1. Mantenha uma boa higiene pessoal. Todo cuidado começa por si mesma.
  2. Lave bem e com regularidade as mãos. Essa é uma das melhores formas de eliminar os germes e prevenir infecções na gravidez.
  3. Mantenha o seu histórico médico atualizado e sobretudo, as vacinas. As vacinas são aplicadas dependendo de diversos fatores. Algumas são aplicadas antes da mulher ficar grávida, outras durante a gestação e outras imediatamente depois do nascimento.
    • Aplicar a vacina correta no momento adequado ajuda a evitar problemas de saúde a longo prazo tanto para a mãe como para o bebê.Lavar os alimentos antes de ingeri-los para prevenir infecções na gravidez
  4. Lave bem todos os alimentos antes de consumi-los. Dessa forma, evitará bactérias comuns que atingem o estômago, entre outros.
  5. Evite possíveis focos de contágio. Ainda que pareça uma advertência óbvia, você deve evitar manter contato com pessoas que tenham doenças contagiosas como a catapora ou a rubéola. Especialmente se você não estiver vacinada ou se nunca sofreu dessas doenças. Por exemplo, se você estiver no campo, não se esqueça de se proteger contra os carrapatos.
  6. Cuidado com os insetos. Especialmente os mosquitos. Por isso, é importante que você compre repelentes e tome algumas medidas adicionais (como um bom mosquiteiro) para se proteger.
  7. Use repelentes de insetos aprovados pelo seu médico ou azeite de eucalipto de limão. E geralmente evite viajar para regiões onde infecções como a zika podem representar uma ameaça para você e para o seu bebê.
    • Mantenha-se atualizada com informações dos diferentes vírus da região e da temporada.
  8. Se você come carne, melhor que ela esteja bem cozida. Ainda que isso também possa parecer muito óbvio, lembre-se de que a carne crua não traz benefícios e coloca em risco sua saúde.
    • Lembre-se de que as carnes mal cozidas e processadas podem conter bactérias nocivas para uma gestante.
    • Tenha em mente que os complementos que o médico receitar, como o ferro, ácido fólico, vitaminas e outros minerais necessários para manter as defesas em ótimo estado, e dessa forma, reduzir os riscos de contágioCozinha saudável para prevenir infecções na gravidez
  9.  Tenha cuidado se for a uma piscina pública. Elas são um foco para infecções urinárias que podem complicar sua condição. Por outro lado, procure não utilizar banheiros públicos. Se tiver que usar, procure não encostar na tampa do vaso.
    • O mesmo se aplica a qualquer lugar público: tenha cuidado ao se sentar. Existem muitos fatores que podem ser prejudiciais, desde fezes de pombos até agulhas e outros tipos de objetos que podem estar na rua, sujos.
    • Se você estiver ao ar livre, fazendo picnic ou alguma outra atividade, lembre-se de não se sentar diretamente na terra/grama. Leve sempre um pano ou uma toalha para sentar em cima. E o mais importante, não use essa toalha outras vezes, coloque para lavar depois de utilizá-la.
  10. Aprenda a delegar as tarefas de maior risco.
    • Se você tem um gato e tem o costume de colocar areia para que ele faça suas necessidades não toque nela ou a limpe, evite o contato pois é possível contrair algum vírus. Peça ou delegue essa tarefa a outra pessoa da casa. Se você tiver que limpar a cama do gato, certifique-se de usar luvas e de lavar bem as mãos depois.
  11. Evite ter contato direto (especialmente se você tiver feridas abertas) com objetos de higiene pessoal de outras pessoas. Eles podem conter sangue ou outros fluídos que podem ser potencialmente perigosos para a sua saúde.

Todas essas recomendações são facilmente aplicáveis ao nosso cotidiano e não representam nenhum desafio em especial. Se as adotarmos durante a gravidez e como estilo de vida, nos trarão grandes benefícios. Além disso, podem nos livrar de grandes incômodos desnecessários.

O que queremos dizer é que você não deve economizar na hora de tomar precauções contra as infecções na gravidez. Lembre-se de que você é responsável pela sua vida e também pela vida do seu bebê. Por isso, é muito importante que ambos se mantenham saudáveis.