Os riscos de dar muito suco de frutas para as crianças

· 27 de julho de 2018
O suco de frutas é um alimento ideal para as crianças. As suas propriedades nutricionais são inquestionáveis. No entanto, os pediatras alertaram sobre os riscos de exagerar no consumo dessa bebida.

De acordo com estudos realizados pela Academia Americana de Pediatria, a administração excessiva de suco de frutas pode prejudicar a saúde das crianças em diversas partes do seu sistema.

Como os pais sempre querem o bem dos seus filhos, preferem oferecer produtos naturais. Mas, no caso de alguns produtos, a composição pode deixar a criança a exposta a alguns riscos de saúde. Embora não faça tão mal assim, o consumo excessivo de suco de frutas pode acarretar em problemas de saúde relacionados à nutrição e aos sistemas digestório e dentário.

Como sabemos, inclusive a opção mais saudável pode trazer consequências à nossa saúde se for consumida em excesso. No caso das frutas, se trata de um alimento com propriedades infinitas, mas que ao ser processado pode trazer consequências negativas de acordo com a quantidade que consumimos.

Os sucos se tornaram um alimento de grande aceitação pela população infantil. Além de serem bem fáceis de preparar e servir, também são uma excelente alternativa para saciar a fome. Para os pais, é uma opção saudável, que costuma substituir as guloseimas, os refrigerantes ou as balas consumidas pelas crianças.

suco de frutas

O que deve nos preocupar nos sucos de frutas?

Até o momento, não há razões para afirmar que o suco de frutas faz mal à saúde das crianças. Só temos preocupação em relação aos riscos causados pelo seu consumo excessivo. Embora não existam elementos suficientes para nos fazer acreditar que é recomendável limitar o seu consumo, especialistas revelaram que os sucos podem prejudicar a saúde das crianças.

O principal motivo de preocupação em relação a esse alimento é o açúcarjá que, pelo que sabemos, o gosto agradável que as crianças veem nesse produto é seu gosto adocicado. Apesar de podermos afirmar que os doces só oferecem riscos se forem consumidos em excesso, o mesmo acontece quando damos bebidas doces, mesmo que sejam de origem natural.

Por isso, acredita-se que o açúcar natural das frutas não faz tão mal quanto o de sucos processados. Sendo assim, esse elemento também pode ser prejudicial quando exageramos. Por exemplo, esse produto pode ocasionar um desequilíbrio dietético ou provocar diarreia. 

Uma potencial má nutrição é uma consequência temida pelos pediatras caso a criança consuma muito suco de frutas. Esse resultado é possível já que o consumo de suco pode fazer com que o apetite das crianças diminua. Os pais podem achar que a criança está alimentada. Mas, na verdade, ela está deixando de consumir os nutrientes necessários para complementar sua dieta.

Além disso, as características particulares de cada suco não permitem que as crianças tenham todos os elementos essenciais para uma boa nutrição. Isso porque irão faltar a quantidade necessária de gordura, proteínas, a maioria das vitaminas e, no caso dos sucos artificiais também carecem de fibras.

suco de frutas

Outro fator relevante é que os carboidratos encontrados em forma de açúcar podem ser os causadores tanto da má nutrição quanto de outras doenças, como por exemplo:

  • Sobrepeso
  • Diarreia
  • Flatulências
  • Dores abdominais
  • Cáries

Consumo estimado por idade

O consumo desse alimento natural é regulado de acordo com a quantidade, mas tudo depende da idade da criança. Sendo assim, a Academia Americana de Pediatria recomenda que se estabeleça limites na administração de suco de acordo com as necessidades nutricionais, o peso da criança e outras características relacionadas à idade.

Consequentemente, de acordo com o regulamento proposto por especialistas, as crianças deveriam consumir suco de furtas de acordo com os seguintes critérios:

  • É contraindicado o consumo sucos por crianças menores de seis meses. Isso porque o leite materno é o único alimento que deve constar nessa etapa. Por isso, é um erro oferecer a um bebê uma mamadeira com suco para saciar sua sede ou fome.
  • Os pequeninos que se encontram entre doze meses e seis anos de idade não devem beber mais de um copo de suco por dia. Ou seja, é considerado excessivo dar à criança mais de 200 mililitros de suco por dia.
  • Depois dos sete anos, as crianças podem beber dois copos de suco por dia. Mas beber mais do que isso pode ser considerado um excesso.
  • Também não é recomendado que se administre suco de frutas antes de dormir ou como tratamento nos casos de desidratação.