15 conselhos para os pais na hora de alimentar os bebês

· 3 de novembro de 2018
Todos os pais precisam de ajuda para poder compreender o que realmente significa o conceito de uma boa alimentação para as crianças.

Alimentar os bebês é um tema que geralmente causa muitas preocupações para os pais. Por isso, temos que estar bem informados para que seja uma tarefa bem sucedida.

Em muitas ocasiões, acabamos repetindo maus hábitos nas nossas rotinas ou facilmente abandonamos as metas que nós mesmos traçamos para garantir uma boa nutrição aos nossos pequenos.

Por outro lado, a grande quantidade de informação que existe sobre esses assunto pode chegar a causar graves confusões, em vez de orientar os adultos por este longo caminho.

A boa notícia é que, para que nossos pequeninos se alimentem de forma correta, não há necessidade de nos tornar especialistas em nutrição e dieta.

Mamãe e papai devem dar exemplo na hora de comer

Para atingir esse objetivo, basta seguir alguns simples conselhos na hora de alimentar os bebês.

Provavelmente, você deve estar pensando que esta lista de recomendações foi feita para os pais de primeira viagem.

Mas lembre-se de que as crianças não são iguais. Assim, o que funcionou com o primeiro filho pode não funcionar com os outros.

Diante disso, convidamos você a ler estes breves conselhos que te ajudaram a alimentar os bebês sem esquecer detalhes, nem cometer erros frequentes que dificultam o sucesso da missão.

15 conselhos para alimentar os bebês

alimentar os bebês

Estabelecer alguns hábitos positivos de alimentação ajuda a evitar graves problemas de saúde como obesidade infantil, indigestões ou perda de apetite.

Portanto, é fundamental estarem sempre atentos a essa questão e tentar ser constante nas rotinas que criadas para os bebês.

A seguir, te apresentamos uma série de orientações que você pode seguir na hora de alimentar os pequenos.

Em família tudo é perfeito

É importante que papai e mamãe procurem fazer, pelo menos, uma das refeições básicas do dia com seus filhos.

Este é um ponto de encontro que serve para compartilhar, fortalecer o vínculo familiar e reconhecer a importância desse ato.

Evitar os jogos e as distrações

Assistir televisão enquanto come é o erro mais frequente.

Ao mesmo tempo em que impede a criação de valores, não favorece a digestão.

Aprender a escutar

Tomar conta da maneira como os bebês comem pode se tornar contraproducente.

Apenas observe como eles interagem com os alimentos, seus gestos e expressões.

Compartilhe sua própria experiência com a comida

Converse com eles sobre a importância dos pratos que estão comendo, incluindo os benefícios e as diferenças entre cada um.

Respeite o ritmo de cada criança

Às vezes, pensamos que são muito lentas para comer. Mas nos esquecemos de que as refeições são novas experiências para elas.

Acompanhe o interesse pelos alimentos

Não se trata de dar um prêmio porque não sobrou comida no prato ou de ameaçar porque não querem comer.

Tente incentivar seus filhos com mensagens animadoras como: “Você vai crescer saudável e forte”; “Vai ser o mais rápido nas corridas”.

Adaptar as porções

Não sirva porções exageradas, nem limite o que servir. Se as crianças tiverem mais fome, não as force a comer.

Uma alimentação sem pressão

Não repreenda seu filho se ele estiver distraído. Encoraje-o a continuar comendo com uma mensagem positiva.

Um prato para seu filho

Evite dar sempre a comida do seu prato. Dessa forma, procure servir os alimentos no prato dele.

Jogos divertidos

Se ele está relutante, não hesite em praticar algum jogo para estimulá-lo.

Se não gosta, não o pressione

Não se frustre se você tinha preparado um cardápio delicioso e seu filho te disse que não gosta.

Incentive-o a provar ou tente outra coisa.

Uma sobremesa saudável

Certamente, o momento mais esperado por todos!

Entretanto, não use isso como uma recompensa ou castigo, e sim como mais uma parte da refeição.

Evite a frase “deixe o prato limpo”

Quando seu filho já estiver satisfeito, não há motivos para continuar comendo

Novas opções

Sempre que vocês forem comer fora de casa, abra um espaço para que as crianças provem outras opções.

Cuidado com as bebidas

Os sucos naturais são a melhor opção. Não ofereça refrigerantes que prejudicam a saúde e contêm muito açúcar.

alimentar os bebês

Acostume seus filhos desde pequenos

Mamãe e papai, vocês devem apostar por criar costumes de alimentação que favoreçam o desenvolvimento dos pequenos.

Isso porque, evidentemente, serão as lições que eles repetirão na escola ou em qualquer outro lugar.

Siga esses conselhos para garantir a boa alimentação do seu pequenino.

Ensine a eles os benefícios de ter uma alimentação saudável e variada.

Aproveite esses momentos em família e se torne o melhor exemplo para seus filhos na hora  de comer.