Não é adequado que o bebê durma na cadeirinha do carro

· 7 de julho de 2018
A cadeirinha do carro para bebês é um dos produtos mais importantes e indispensáveis. Não é apenas um equipamento obrigatório pelas autoridades ou uma garantia de segurança, é um produto capaz de salvar a vida do seu filho.

Estudos recentes têm questionado a segurança dos bebês que dormem na cadeirinha, assim como o cuidado quanto ao uso de agasalhos quando estão sentados nela.

Em particular, não há nada contra o uso da cadeirinha de carro para bebês. Pelo contrário, ninguém contradiz a sua eficiência. Neste caso, queremos chamar a atenção para o fato de os pequenos usarem a cadeirinha para dormir. Sabemos que a maioria das mães que leem isso já deixaram os seus bebês dormirem nas cadeirinhas e vão ficar preocupadas. Mas fique calma! É algo que pode ser solucionado.

Como você pode imaginar, a cadeirinha de carro vai manter o bebê quieto com o cinto de segurança, evitará lesões e possíveis acidentes, além de garantir que a criança vai permanecer no mesmo lugar durante a viagem, mas não cuidará do bebê. Portanto, não é suficiente colocá-lo ali e se esquecer dele.

O bebê que fica na cadeirinha durante a viagem necessita que a mãe o esteja vigiando para se assegurar que o filho esteja confortável, com a fralda seca, ver se não está passando mal ou com fome. Mas de uma coisa temos certeza, dependendo do tempo de viagem, o bebê sem dúvida vai cair no sono.

cadeirinha do carro
Por que evitar que o bebê durma na cadeirinha para carro?

Nenhuma mãe quer que o seu filho fique acordado durante uma viagem longa. A coisa mais comum e sensata é que o bebê tire um cochilo para encurtar o caminho e para que não fique tão entediado. Dessa forma, o sono não é apenas inevitável, mas não deixar a criança dormir seria inconcebível e injusto para todos. Contudo, a segurança é o mais importante.

Especialistas alertam que a posição adotada pelo bebê na cadeirinha é essencial para poder determinar se há riscos ou não. Neste sentido, uma criança que adormece sem a atenção de adultos poderia se inclinar o suficiente para bloquear as vias respiratórias.

Todos os especialistas concordam que o uso da cadeirinha não é discutível. Pelo contrário, indicam que não há desculpas para não ser usada até mesmo em viagens curtas. No entanto, existe um sério perigo em deixar uma criança dormir sem vigilância em uma posição inadequada.

Este estudo em particular que foi realizado por cientistas britânicos, revelou que existe um risco direto de que as crianças se sufoquem ao adormecerem na cadeirinha. Isto seria impossível se um adulto estivesse atento quanto a posição que a criança está dormindo e verificando se ela realmente está respirando bem. O perigo é, portanto, deixá-la sem vigilância.

cadeirinha do carro

Às vezes os pais se acostumam a deixar as crianças dormirem na cadeirinha inclusive dentro da casa, o que também é um erro. Às vezes, tiramos a cadeirinha do carro e a levamos para dentro de casa para que o pequeno continue o seu cochilo. No entanto, estudos descobriram que nove em cada quarenta crianças com Síndrome da Morte Súbita, estavam presas às suas cadeirinhas.

Dos nove casos, oito deles tinham como agravante os bebês que adormeceram enquanto viajavam nas cadeirinhas. Os casos de asfixia se apresentaram em bebês que dormiam em posições inclinada ou não muito retas e foram identificados pela falta de resposta, debilidade muscular e coloração azulada da pele.

É conveniente destacar que embora as crianças apresentassem sintomas de Síndrome da Morte Súbita, puderam ter uma reação positiva com as técnicas de reanimação no centro médico onde a pesquisa foi conduzida. Da mesma forma, é importante esclarecer que o estudo se concentrou em casos de emergência real, cujas consequências não podem ser completamente medidas.

Recomendações

  • É importante verificar que o bebê não esteja inclinado para frente, especialmente averiguando se a mandíbula não está junto ao peito.
  • Evitar que as crianças permaneçam por muito tempo na cadeirinha do carro. Portanto, ao chegar no destino final é essencial tirá-lo de lá para permitir a mudança de posição.
  • Recomenda-se que quando as viagens são muito longas se façam paradas regulares. Principalmente com o objetivo de tirar o bebê da cadeirinha.
  • Você nunca deve deixar o bebê sozinho na cadeirinha do carro.
  • Se o bebê apresentar problemas respiratórios é aconselhável dar umas palmadinhas suaves nas suas costas e levantá-lo com pequenas sacudidas para reanimá-lo. Caso haja necessidade, leve-o a um hospital urgentemente.