É conveniente acordar o bebê para trocar a fralda?

· 12 de janeiro de 2017

Trocar a fralda do bebê é sempre muito importante que seja feita a tempo, isto para evitar possíveis irritações que poderiam se complicar. Quanto à frequência com que deve ser feita vai depender de vários fatores como a idade do bebê e a alimentação que ele tem, entre outros.

De acordo com a idade existem diferentes porém fortes motivos para acordá-lo de dia ou de noite; também é muito provável que a própria criança dê sinais de que é preciso trocar a fralda. No entanto, quando estão muito pequenos talvez eles ainda não tenham aprendido a expressar que tenham essa necessidade, além disso seus padrões de sono ainda não são normais.

Lembre-se que ao ficar muito tempo com uma fralda suja um bebê pode apresentar queimaduras ou vermelhidão na pele, muitas vezes acompanhados de dermatites ou pode contrair infecções. Independentemente da qualidade da fralda e do conforto que sugere para a pele, é essencial estar atenta porque cada bebê é diferente.

trocar a fralda de noite

Quando é um recém-nascido

Quando se trata de um bebê recém-nascido a troca de fralda geralmente é necessária mais frequentemente. O estômago do recém-nascido é muito pequeno e seu sistema digestivo está em desenvolvimento, portanto processa os alimentos de maneira lenta, mas descarta rapidamente o que assimilou de sua alimentação, que normalmente é o leite materno.

Por outro lado, seu horário médio de alimentação é entre duas ou três horas de intervalo; pelo qual estaríamos falando de várias vezes durante o dia e umas três vezes durante a noite. Em consequência, é necessário estarmos atentas após os alimentarmos porque é comum que evacuem imediatamente, por isso é aconselhável estimular o bebê para evitar gases ou obstruções intestinais.

Da mesma forma, é possível que o frio que o bebê sinta o faça urinar com mais frequência; lembre-se que ele vem de um meio aquoso com uma temperatura diferente. Isso também faz com que no momento da troca de fralda aumente a necessidade dele urinar, por isso não se surpreenda que ele urine enquanto você o está trocando.

Se for uma criança maior

À medida que o bebê cresce não é tão repetitiva a troca de fralda, mas a sua urina é mais abundante e ele ficará incomodado ao se sentir molhado; pode ser que comece a chorar por esse é o seu meio de expressão e um mecanismo de defesa. Por esta razão é conveniente que saibamos reconhecer quando o choro do bebê nos indica que é necessário mudar a fralda, independentemente da hora.

Normalmente, as crianças começam a evacuar com facilidade quando começam a engatinhar, porque com a mobilidade das pernas o trânsito intestinal é favorecido. Isto implica que será mais frequente durante o dia, no entanto, há crianças que necessitam de pelo menos uma troca de fraldas durante a noite, o que também depende muito da alimentação que recebem.

trocar a fralda enquanto dormem à noite

É aconselhável trocar a fralda enquanto dormem à noite?

A atenção quanto à mudança de fraldas deve ser a mesma durante o dia e durante a noite, a mesma em qualquer idade da criança. No entanto, cada etapa tem suas próprias condições e benefícios, por exemplo.

  • Os bebês recém-nascidos requerem mudanças de fraldas constantes, mas seu sono é bastante irregular. Acordá-lo para trocar a fralda durante o dia irá determinar seus hábitos de sono, irá criar padrões onde talvez nós veremos benefícios; sendo que se fizermos isso corretamente por meio do estímulo estaremos programando seu sono noturno.
  • Em crianças em fase de crescimento, principalmente em termos de higiene estamos contribuindo para que formem seus próprios hábitos de limpeza e que comecem a ter consciência de quando precisam substituir a fralda.
    No futuro, isso se torna uma ferramenta para treiná-lo e ajudá-lo a começar a controlar os esfíncteres.

O sono do bebê e a troca de fralda

Muitos bebês têm sonos longos durante o dia enquanto à noite tendem a não dormir ou acordam várias vezes, embora cada criança seja diferente. Este fenômeno ocorre porque o bebê ainda não estabeleceu o seu ritmo de sono, pois se trata de um horário invertido ao que é habitual no ventre materno.

Para evitar que a mudança de horário seja drástica é recomendável ir adaptando o bebê pouco a pouco aos sons do dia, à luz do sol e aos hábitos diurnos. Se precisar de uma troca de fraldas durante seu sono do dia podemos aproveitar e despertá-lo com música e também em outros casos como dar um banho quente ou lhe dar de comer.