Como ensinar a criança a recortar?

· 24 de abril de 2018
Ensinar a criança a usar tesouras pode ser fácil se você seguir as dicas a seguir. Se no começo não parecer tão fácil assim, seja paciente e incentive-a para que não desanime.

Ensinar a criança a recortar é um processo apaixonante e contribui para o desenvolvimento de habilidades motoras finas. O objetivo principal desta atividade é que a criança desenvolva movimentos que permitam ter uma maior coordenação dos dedos, mãos e olhos.

A ação de recortar fortalece os músculos da mão e estimula as habilidades que preparam a criança para lidar com outros utensílios no futuro. Exemplos disso podem ser objetos como um lápis, um botão ou uma faca.

Além disso, recortar estimula a coordenação entre os olhos e as mãos. A visão permite que as crianças reconheçam a forma e a orientação da peça e, em seguida, devem seguir com a mão o contorno da forma que viram.

O ato de recortar requer coordenação assimétrica e sincronizada com as duas mãos. A criança usa uma mão para segurar a tesoura e a outra para segurar o papel a ser recortado.

Como pais, é preciso ter paciência para ajudar o pequeno a aprender. Ele vai precisar de tempo para aprender a usar a tesoura corretamente.

4 dicas para ensinar a criança a recortar

Para que a tarefa seja menos difícil, existem algumas dicas que ajudam a criança a adquirir habilidade com tesouras com maior facilidade. Em seguida, vamos apresentar 4 dicas para ensinar a criança a recortar.

1.- Escolher uma tesoura adequada

É importante que a criança use uma tesoura apropriada para o tamanho das mãos. É preciso escolher uma tesoura simples que tenha as lâminas de plástico apropriadas para cortar apenas papel e as pontas arredondadas para garantir a segurança.

Se a mão da criança ainda for muito pequena para abrir e fechar a tesoura com a mão, significa que ela é pequena demais para iniciar esse tipo de aprendizado. Se a criança for canhota e cortar com uma tesoura destra, vai ser um pouco mais complicado pois ela não vai conseguir enxergar a linha para cortar.

Os pais devem se envolver e ter tempo para ensinar a criança a recortar

2.- Aprender a abrir e fechar a tesoura

A primeira coisa que a criança deve entender ao usar a tesoura pela primeira vez é a manipulação: abrir e fechar com uma mão só. No começo, esse gesto vai ser complicado para a criança e pode ser que ela comece a usar as duas mãos.

Você pode experimentar alguns exercícios para que ela se acostume com a tesoura e os movimentos de abrir e fechar. Um bom começo seria praticar apenas com as mãos e depois, incluir a tesoura.

A ação de recortar estimula a coordenação entre os olhos e as mãos. Além disso, requer coordenação assimétrica e sincronizada com ambas as mãos

3.- Desenvolver precisão

Quando a criança estiver confortável com as tesouras e dominar os movimentos básicos, já pode começar a desenvolver a precisão através de atividades simples. Um bom exemplo é colocar um adesivo no meio de uma folha de papel e fazer com que ela recorte com a tesoura.

Você também pode desenhar uma linha em um pedaço de papel e pedir ao seu filho para cortar seguindo a linha. Aumente, gradualmente, o comprimento da linha e a dificuldade do exercício de acordo com sua facilidade para manusear a tesoura. Tente colocar exercícios de precisão bem simples no começo para motivar o processo de aprendizagem.

Ensinar a criança a recortar requer um pouco de paciência

4.- Desenvolver o controle manual

Quando a criança conseguir cortar linhas retas e tiver mais controle sobre a tesoura, significa que ela está pronta para recortar várias formas. Por exemplo, você pode desenhar quadrados, retângulos e círculos em uma folha de papel.

Provavelmente, ela vai ter uma dificuldade especial com os círculos, pois recortar mudando a direção é uma ação mais complexa. Se a criança tiver dificuldade com triângulos, mostre a elas como parar nos cantos. Depois ajude a virar a folha para que ela possa continuar recortando.

Assim que a criança tiver mais controle sobre a tesoura, ela pode passar facilmente para os contornos dos objetos e as silhuetas de seus personagens favoritos.

Finalmente, é muito importante que, para ensinar a criança a recortar, é preciso deixar experimentar. Mesmo que ela possa vir a sofrer um pequeno corte, é melhor deixar a habilidade melhorar através da experiência.