Como transformar a sua casa em um lugar seguro para o seu bebê?

31 de outubro de 2017

Quando o bebê começa a engatinhar ou, alguns meses depois, quando começa a dar seus primeiros passos, a casa se torna um mundo muito interessante a ser explorado. Tudo chama atenção e para ele a segurança não é a prioridade: as tomadas na parede, os controles da televisão, as gavetas dos móveis, até a privada representam grandes enigmas para qualquer bebê. Transformar a casa em um lugar seguro vai proporcionar tranquilidade quando seu bebê ganhar independência.

Mais segurança para uma maior independência

À medida que seu filho crescer, para evitar os acidentes em casa, recomendamos que você coloque em prática alguns conselhos como medidas de proteção, para transformar o pequeno mundo do seu bebê em um lugar seguro:

  1. As tomadas e os cantos devem ser protegidos. Você deve proteger os cantos pontiagudos dos móveis, assim como todas as tomadas com tampas específicas. As tomadas com fio terra são mais seguras; de qualquer maneira elas também devem ser cobertas com proteções adequadas.
crianças brincando com tomadas

  1. Tome cuidado com os cabos de aparelhos eletrônicos na casa. Evite que qualquer objeto que tenha um cabo fique ao alcance do bebê, incluindo monitores de segurança e telefones. Tenha em mente que qualquer objeto que precise de cabos para o seu funcionamento é extremamente perigoso.
  2. Por segurança, fixe os objetos pesados ou muito grandes. Quando um bebê começa a engatinhar ele se apoia em tudo o que está ao seu alcance, para poder pegar impulso. É por essa razão que você deve proteger as estantes, a televisão e os móveis, entre outros objetos da casa, prendendo-os ao chão ou à parede.

Descobrir o ambiente que nos rodeia é uma necessidade das crianças, mas para que possam realizar essa atividade com segurança é preciso garantir uma série de medidas absolutamente imprescindíveis, que os pais devem tomar.

Além dos objetos que compõem o lar é importante ter controle sobre as entradas e as saídas da casa:

  1. Feche qualquer acesso a lugares potencialmente perigosos. A garagem, o porão, o banheiro, a cozinha, ou a sala de ginástica são cômodos que podem oferecer perigos ao bebê. Qualquer móvel que contenha produtos de limpeza, tintas, ferramentas pesadas, pesos ou produtos químicos de qualquer tipo devem ficar trancados.
  2. Ensine seu filho a andar com segurança. Quando seu bebê já estiver dando os primeiros passos, pratique com ele o ato de subir e descer as escadas, mostrando que ele sempre deve segurar no corrimão. Tire do caminho qualquer tapete, por menor que seja, que possa provocar escorregões ou quedas.
  3. Proteja as escadas. Se você tem uma casa com escadas prefira instalar grades de segurança dos dois lados, ou seja, na parte superior e na inferior. Caso as escadas só sejam acessíveis por meio de portas, não se esqueça de que à medida que seu filho crescer vai conseguir abri-las sem problemas. O mais recomendável nesse caso é colocar fechaduras nessas portas.
bebê segurando as grades de proteção da escada

Dicas para transformar a sua casa em um lugar seguro

  • Elimine o acesso às janelas. Não deixar próximo das janelas cadeiras ou móveis nos quais as crianças possam subir. Se for necessário, é possível comprar simples dispositivos que impedem sua abertura. Nas sacadas, o parapeito deve ser alto e a distância entre as grades pequena.
  • Mantenha fora do alcance das crianças objetos como, caixas de costura ou de ferramentas.
  • É preciso ter extremo cuidado com os sacos plásticos. As crianças podem se sufocar enquanto brincam se estes forem colocados na cabeça, por exemplo.
  • Não deixe à vista pilhas, isqueiros ou fósforos. Assim como objetos pequenos, como moedas ou botões, que as crianças podem colocar na boca.
  • Os medicamentos também devem ficar fora do alcance das crianças, guardados, por exemplo, em armários com trava de segurança.
  • Procure não tomar remédios na frente das crianças, pois em geral elas têm a tendência de imitar os adultos. E, caso elas tenham que tomar algum remédio, não as faça pensar que se trata de balas ou doces para convencê-las a engolir.
  • Nunca deixe uma criança sozinha quando o fogão ou o forno estiverem ligados. É preferível que o forno fique em um lugar alto, mas se isso não for possível, tente evitar que a criança se aproxime quando estiver em funcionamento.
menino segurando a porta do fogão

  • Instale antiderrapantes embaixo dos tapetes. Se as crianças estiverem correndo pela casa, isso vai evitar que escorreguem e caiam.
  • Certifique-se de que os brinquedos são adequados à idade das crianças, e que não contenham peças pequenas que podem ser engolidas.

Não se esqueça, transformar o seu lar em um lugar seguro vai beneficiar não só o crescimento do seu filho, mas também reduzirá consideravelmente o risco de acidentes domésticos, de todos os membros da família.