Como cuidar dos cabelos de uma criança?

· 20 de dezembro de 2016

Os cabelos de uma criança é desde o nascimento algo muito delicado. Alguns bebês chegam a nascer sem cabelo ou perdem tudo no transcurso de poucos meses. Nesse sentido, é possível que as mães comecem a preocupar-se para que o cabelo cresça são e forte, ainda mais quando é uma menina; mas nem sempre sabemos o que fazer para ajudar nesse crescimento.

Mas além da questão estética o cuidado com os cabelos de uma criança é necessário para evitar  doenças no couro cabeludo, como a aparição de fungos ou a temida pediculose (infecção por piolhos). No caso dos bebês, o cuidado precisa começar de maneira mais específica a partir dos seis meses, que é quando termina o ajuste hormonal que causa as mudanças na cabeleira.

Há que se levar em conta que algumas meninas quando se ficam maiores começam a se interessar que seu cabelo cresça. Por essa razão queremos compartilhar alguns conselhos sobre o cuidado com os cabelos de nossos pequenos, quer que sejam longos ou não.

cabelos de uma criança

Alguns cuidados com os cabelos de uma criança

É normal se interessar por este tema, já que muitas mães tem curiosidade sobre o assunto e não há muita informação sobre. Se vai cair em pouco tempo, se ele se manterá como era ou se mudará drasticamente são perguntas que surgem normalmente.

Independente do caso os cabelos de uma criança devem ser fruto de atenção desde o nascimento, e com as mudanças com o tempo vão variando também as técnicas, de acordo com o tipo de cabelo, o estilo desejado e a idade da criança. Para cuidar disso é importante aplicar os produtos certos, usar as técnicas corretas e dar a atenção devida; outros conselhos para contribuir com o cuidado com o cabelo infantil são os seguintes:

  • Utilize os produtos especializados para crianças: aqueles com PH neutro, que favorecem o cabelo e o  couro cabeludo. Existem linhas de marcas variadas com xampu e condicionador, destinados a limpar, fortalecer, dar brilho e suavizar sem produzir efeitos secundários.
  • Para cabelos que já estão crescendo se recomenda o uso de condicionador depois do xampu sempre que seja possível. Com a finalidade de ajudar para que ele seja mais manuseável e mais fácil de pentear e limpar. Também são muito efetivos alguns óleos para bebês que se aplicam enquanto o cabelo está úmido.
  • Evite o uso de máscaras e outros produtos cosméticos que não sejam apropriados para crianças. Para favorecer o crescimento e a suavidade é suficiente xampu e condicionador na maior parte das vezes.
  • Assegure-se de secar bem o cabelo porque não é aconselhável que eles tomem banho e durmam com o cabelo úmido. Também não é recomendável fazer tranças ou rabos de cavalo até que o cabelo esteja totalmente seco.
  • Lembre que o melhor momento para pentear e desenrolar o cabelo é justamente no momento da lavagem, já que isso pode ser feito com maior suavidade e assim evita maltratar o couro cabeludo ou romper as raízes.
  • Os especialistas recomendam que a lavagem do cabelo se realize ao máximo algumas vezes por semana, ou seja, não é necessário lavar em todo banho.
  • Para evitar o cabelo rebelde e favorecer um crescimento saudável, antes de qualquer tratamento, o melhor é pentear diariamente. Mas faça  isso delicadamente por causa da delicadeza dos cabelos e pelas manhãs e à noite, cuidando que tenham seu próprio pente e escova, adequadas para sua idade.
  • Se recomenda proteger o cabelo das crianças, em especial quando elas têm um cabelo longo e há uma visita à praia ou dia na piscina. Nesse caso, depois desta visitaé necessário lavar com xampu e colocar um creme hidratante quando o cabelo ainda esteja úmido.
cuidar dos cabelos de uma criança

  • Um bom corte é recomendável em todo tipo de cabelo, porque é uma técnica muito eficiente para favorecer o crescimento. Lembre-se de visitar um cabeleireiro de confiança e que tenha boa relação com as crianças, porque o momento pode ser traumático para alguns pequenos. Além disso, um corte incorreto ou sem variação, pode afetar o cabelo de maneira permanente.
  • É aconselhável que as crianças não troquem de acessórios para o cabelo entre si, como pentes, lacinhos, escovas ou gorros; tudo isso para evitar contágios de piolhos ou outros seres inconvenientes.