Educar no silêncio

03 Junho, 2018
O silêncio geralmente é interpretado, por crianças e adultos, como uma falta de estímulos que provoca tédio e até desconforto. No entanto, suas vantagens são enormes para o desenvolvimento e o bem-estar de todos.

Em um mundo de estímulos e volatilidade, o silêncio é quase tão difícil de encontrar quanto o ouro. Portanto, é fundamental educar no silêncio para ter consciência de sua importância desde cedo. Neste artigo vamos explicar os benefícios de educar no silêncio e a sua importância para o desenvolvimento das crianças.

Quantos minutos você tira para apreciar o silêncio? Você proporciona uma atmosfera calma em casa para que cada membro da família se conecte com seu interior?

Talvez possa soar bastante utópico quando se trata de crianças pequenas, mas ensiná-las a valorizar esses momentos de tranquilidade e relaxamento é fundamental, especialmente hoje em dia. Veja os benefícios de educar no silêncio e, se parecer apropriado, considere aplicar esse método na sua casa.

Benefícios do silêncio

Desfrutar de alguns minutos de silêncio em diferentes momentos do dia traz grandes benefícios para todos. Claro, as crianças também estão incluídas. A ciência provou que estar em silêncio oferece as seguintes vantagens:

  • Combate o estresse, uma vez que uma de suas principais causas é o ruído excessivo. Considera-se que sons mais altos do que 30 decibéis são capazes de causar estresse e pressão alta.
  • O silêncio facilita a concentração para resolver problemas e proporciona mais tranquilidade ao lidar com as dificuldades.
  • Ajuda no desenvolvimento e na recuperação do sistema imunológico.

Portanto, ter alguns minutos de relaxamento durante o dia ou antes de dormir pode ser uma ótima opção. Do mesmo modo, atividades como ioga, que também pode ser praticada por crianças, oferecem momentos de meditação.

Por que é aconselhável educar no silêncio?

Uma vez que sabemos os motivos que fazem do silêncio um elemento importante para o bem-estar, vamos explicar por que é necessário educar no silêncio. As crianças são ativas por natureza e a tecnologia e o estilo de vida atuais tendem a aumentar o estímulo constante.

importância de educar no silêncio

Por esses motivos, a necessidade de fazer os pequenos entenderem as vantagens desses momentos de silêncio é ainda maior. Estas são as principais razões pelas quais é preciso ensinar seus filhos a valorizar o silêncio.

Um momento para aproveitar a vida

Os pequenos são os exploradores mais inquietos e curiosos do mundo. Tudo o que os cerca chama atenção: eles querem ver, cheirar, sentir. No entanto, os mais velhos nem sempre dão a liberdade necessária.

Vivemos acelerados, correndo com pressa para todos os lados sem chegar a lugar nenhum. A pior parte é que levamos nossos filhos conosco.

Então o que devemos fazer? Simples, levar a vida com mais calma. Sente-se com o seu filho no parque e dê espaço, tempo e liberdade para ele se movimentar e explorar. Dedique a si e a ele um tempo para não fazer nada. É possível parar, ver e pensar o que está acontecendo no mundo.

“O silêncio permite se concentrar melhor para resolver problemas e proporciona mais tranquilidade ao lidar com as dificuldades”

Qualidade acima da quantidade

Você já ouviu falar sobre o conceito de multitarefa? Ou de crianças multitarefa? Ambos os conceitos estão relacionados à ideia de que o ser humano é capaz de fazer várias coisas ao mesmo tempo com a mesma atenção e perfeição. No entanto, o nosso cérebro não é treinado para isso. Pelo contrário, só se desgasta mais quando se tenta.

Muitas vezes as crianças aprendem que é melhor fazer mais coisas do que fazer bem feito. Portanto, elas estão imersos em um constante ir e vir de pensamentos, ordens e informações e não são realmente capazes de ouvir sua própria vontade.

Educar no silêncio significa deixar espaço para a reflexão, mesmo quando a criança estiver ocupada. Geralmente as melhores ideias e os trabalhos mais criativos surgem quando estamos bem tranquilos e em um ambiente que permite pensar, analisar e decidir.

Compreender e admirar o mundo

O silêncio é uma ótima ferramenta para as crianças contemplarem o que elas têm ao seu redor e como chegaram a esse estado. Pense em questionar como a árvore cresceu tanto, como o pássaro pode construir o ninho galho por galho, a que horas o sol se esconde atrás dos edifícios no horizonte.

Vivemos alienados, num ritmo que não é nosso. Às vezes não percebemos mudanças simples, mas que são óbvias. Essa capacidade de observação é fundamental para estimular o pensamento crítico e a capacidade de analisar. Educar no silêncio é uma boa maneira de desenvolver todas essas qualidades.

O jogo do silêncio de Montessori

Essa é uma excelente atividade quando se trata de educar no silêncio. Este jogo, proposto pela educadora italiana Maria Montessori, convida a proporcionar um lugar de reflexão e relaxamento.

importância de educar no silêncio

Para colocar o jogo do silencio em prática é muito simples:

  1. As crianças devem se sentar no chão, formando um círculo.
  2. Peça para se imaginem sendo flores, pedras ou outro objeto imóvel. Eles devem permanecer em silêncio por 30 segundos.
  3. As crianças devem abrir os olhos ao ouvir um som que você indicar ou ao serem chamadas pelo nome.
  4. Peça que elas expliquem o que sentiram nesse momento de silêncio.

Cada vez que você praticar essa atividade, aumente alguns segundos de silêncio. É uma atividade extremamente benéfica e, ao mesmo tempo, muito diferente para as crianças. O jogo do silêncio permite que elas exercitem a disciplina, o autocontrole e a paciência.

Como mãe, é preciso oferecer tudo o que for necessário para o desenvolvimento completo do seu filho. Isso inclui aquilo que muitas vezes não pode ser visto, mas é extremamente valioso. O silêncio se encaixa nessa categoria: apresente ao seu filho o mundo relaxante da ausência de sons.