Como realizar o método Montessori em casa: você vai adorar!

· 27 de março de 2017

O método Montessori é referência em matéria de criação e educação. Sua finalidade é simples e ao mesmo tempo desafiadora: proporcionar ambientes adequados que favoreçam a independência e o desenvolvimento completo das crianças. Acredite você ou não, nós também podemos fazer isso em casa. E essa experiência pode ser enriquecedora.

No entanto, há um aspecto que devemos levar em consideração. O método Montessori exige conhecimentos adequados sobre o tema, assim como materiais adaptados. A finalidade é conseguir fazer com que nossos filhos atinjam seu potencial máximo em casa, na escola e em qualquer ambiente. Mas sempre respeitando as capacidades de cada criança.

A pedagogia Montessori é criticada por alguns e aprovada por muitos. Essa perspectiva tão particular sempre procura encorajar as crianças a sentir que são competentes. Não se trata, de forma alguma, de “deixar as crianças livres”. Na realidade, basear-se no método Montessori exige muito de nós como mães e pais.

Nós somos os guias, os mestres de todos os dias dos descobrimentos das crianças. Dessa forma, se decidirmos desenvolver em casa essas estratégias vamos perceber quantas possibilidades teremos em mãos. Vamos poder educar crianças mais independentes, criativas e felizes.

A seguir, explicamos como você pode fazer isso.

Características básicas do método Montessori

Antes de descrever à você como podemos aplicar o método Montessori em casa, primeiro vale a pena detalhar os princípios básicos dessa pedagogia. Primeiramente, vamos compreender quais são seus objetivos.

 

método montessori

A mente das crianças tem um grande potencial

  • As crianças aprendem todos os dias sem perceber. Quanto mais estímulos, oportunidades de aprendizado e experiências, mais potencial.
  • No entanto, temos que levar em consideração que cada criança possui o próprio ritmo, o qual devemos sempre respeitar.
  • Além disso, a melhor forma com a qual uma criança aprende é com alegria. Se nosso filho se sente feliz, respeitado, cuidado e seguro, ele vai estar pronto para “absorver” tudo aquilo que estiver ao redor dele.

As fases sensíveis

  • As fases sensíveis são etapas nas quais as crianças são capazes de adquirir habilidades com muita facilidade. Elas ocorrem, geralmente, entre 0 e 3 anos, 4 e 6 anos e 7 e 9 anos de idade.
  • São momentos em que as crianças apresentam maior facilidade em aprender a andar, falar, se relacionar, ser independentes, etc…

Um ambiente adequado

  • O método Montessori exige um ambiente bem estruturado. O objetivo é fazer com que os materiais e os espaços favoreçam o autoaprendizado, o descobrimento e o crescimento.
  • Esses espaços devem conter oportunidades para as crianças desenvolverem aspectos sociais, emocionais e intelectuais.

O papel do adulto

  • O papel do adulto na Filosofia Montessori é essencial. O adulto deve guiar a criança com amor, respeito e segurança para permitir que a criança descubra os ambientes de forma carinhosa.
  • Vamos ser observadores, mas também “mágicos” na hora de fazer a criança se conectar com o ambiente dia após dia para potencializar o desenvolvimento físico, emocional e intelectual dela. 

 

método montessori

Estratégias para realizar o método Montessori em casa

Em primeiro lugar devemos estar conscientes de uma coisa: a criança precisa se sentir parte da casa e da família. Isso implica que a criança precisa ter seu espaço em cada atividade que for realizada no lar.

Sabemos que pode soar estranho, mas para educar crianças independentes e capazes, nada melhor que dar responsabilidades a elas. Dessa forma, não tenha dúvidas, inclua as crianças em qualquer atividade, sempre que for possível.

Explicamos como você pode fazer isso.

 

método montessori

Móveis adaptados

  • Os móveis devem ser adaptados à altura das crianças. Uma estante baixa, por exemplo, pode permitir que a criança arrume suas roupas ou seus brinquedos.
  • Uma mesa e uma cadeira menores vão permitir que a criança fique ao seu lado quando você estiver lendo ou cozinhando, por exemplo.

A importância da ordem e dos estímulos

Um lar bem estruturado e com estímulos adequados vai fazer com que as crianças assimilem a informação de forma adequada.

  • Elas devem entender que essa ordem não deve ser quebrada. Que é preciso cuidar da casa e guardar os brinquedos depois de brincar. Que as roupas devem ser colocadas no armário.
  • Um lar com estímulos é um cenário no qual é possível aprender todos os dias. Não hesite em desenvolver um espaço com plantas, onde vocês possam plantar sementes e ver as flores crescerem.
  • Separe um espaço para ser o cantinho da pintura, outro para o cantinho das brincadeiras e um momento para que a criança possa cozinhar com a mamãe e o papai. Eliminando os perigos você pode deixar a criança ajudar a fazer um bolo, a preparar uma salada…

As brincadeiras mais recomendadas para o lar

  • As brincadeiras mais adequadas são aquelas relacionadas à vida prática. Construir, tocar, cheirar, sentir, pegar… São tarefas básicas que as crianças devem experimentar.
  • O método Montessori recomenda, por exemplo, brincar com fantoches. Essa brincadeira pode ajudar a socializar, a se comunicar…

 

método montessori

O baú dos tesouros

Essa proposta é sensacional, além de muito divertida. Na sala de casa devemos sempre ter o nosso “baú dos tesouros”, que pode ser uma caixa de madeira ou papelão, por exemplo.

  • Todos os dias vamos colocar algo novo dentro dele para que a criança descubra e interaja com esse objeto.
  • Sempre escolha objetos que sejam estimulantes e de cores fortes.
  • Evite colocar objetos de plástico; a madeira e o tecido são sempre escolhas mais adequadas…
  • Como sugestão, incentivamos você a colocar alimentos para que as crianças experimentem novos sabores. Se seus filhos estão aprendendo a ler, coloque recados carinhosos para estimular o processo de leitura.

Temos certeza de que todas essas sugestões podem ser de grande ajuda na criação dos seus filhos.