7 sintomas nas crianças que não devem ser ignorados

25 de junho de 2018
Não sabe quando é o momento certo de levar seu filho ao pronto-socorro ou marcar uma consulta no pediatra? Veja, neste artigo, 7 sintomas nas crianças que não devem ser ignorados.

Como pai ou mãe, é muito natural se preocupar ao notar quaisquer sintomas anormais em seus filhos. Às vezes, é muito difícil reconhecer quando é o momento certo para procurar a ajuda de um profissional de saúde, não é?

Listamos a seguir alguns sintomas que não podem ser ignorados quando se trata da saúde das crianças. São sintomas que podem ser normais, mas também podem sugerir que é hora de ter um cuidado maior com a saúde das crianças.

Será que é uma doença grave? Os sintomas que você não deve ignorar

1. Temperaturas muito altas

Temos motivos para ficar atentos se: um bebê com menos de 3 meses apresentar 37 graus de temperatura ou mais; um bebê de 3 a 6 meses estiver com mais de 38 graus; ou, ainda, uma criança de 6 meses a 2 anos estiver com mais de 39 graus.

As temperaturas acima dos valores mencionados, podem ser sintomas de infecções por vírus ou bactérias. Você também deve prestar atenção às reações da criança.

2. Erupções na pele, especialmente se tiver forma circular

Manchas vermelhas que não desaparecem quando você pressiona a pele ou erupções em grandes concentrações podem ser sinais de reações alérgicas ou, até mesmo, problemas relacionados ao sistema circulatório. Se este sintoma aparecer junto com dificuldades respiratórias, é hora de consultar um médico.

3. Pintas e manchas

Na maioria das vezes são normais e não há nada com o que se preocupar. Mas você deve prestar atenção se houver uma pinta ou uma mancha nova, ou se uma que já existia mudou de cor ou forma.

Se o bebê tiver uma pinta desde o nascimento, é importante analisá-la para verificar se não é maligna. Faça uma avaliação com frequência, especialmente na hora do banho.

4. Dor de estômago repentina

Esse é um sintoma que requer atenção especial quando a dor aparece na região inferior direita do abdômen e quando aparece como cãibras. Se a dor chegar até a perna e se houver presença de febre, diarreia e vômito, não descarte a possibilidade de apendicite.

que não devem ser ignorados

5. Lábios com coloração azulada

Os tons azulados ou a ausência de cor ao redor da boca juntamente com falta de ar, são sinais de alerta. Você tem que estar atenta para que não seja um sintoma relacionado a uma reação alérgica ou um ataque de asma. Portanto, verifique também se há um som estranho no peito ou no nariz.

Língua, lábios ou olhos inchados são sintomas que precisam de cuidados. Esse tipo de inflamação repentina pode ser a manifestação de uma intoxicação ou anafilaxia por algum tipo de medicamento.

6. Vômitos durante o sono

Essa é uma situação de emergência na qual é preciso consultar imediatamente um profissional da saúde, especialmente quando se tratar de bebês com menos de 6 meses de idade.

7. Sangramento excessivo

É muito normal para as crianças se machuquem enquanto brincam. No entanto, se o sangramento for abundante e não estancar mesmo após pressionar a ferida, você deve procurar ajuda para evitar consequências mais sérias que a lesão pode trazer.

que não devem ser ignorados
Outros sintomas que podem precisar de uma consulta com o pediatra:

  • Lábios excessivamente secos.
  • Ausência de lágrimas quando a criança chorar.
  • Quando as crianças passam mais tempo do que o normal sem molhar ou sujar as fraldas.
  • Quando você notar que seus filhos apresentam uma atitude mais apática, ou se percebe um desânimo ou fraqueza.
  • Diarreia que dure mais de dez dias. Se acontecer isso, é considerada diarreia grave.
  • Quando as fezes do seu filho apresentar sangue ou substâncias com textura mucosa.
  • Quando uma criança vomita por mais de 24 horas e parece não parar.
  • Quando a criança passa vários dias sem evacuar.
  • Quando as crianças não têm apetite e evitam consumir os alimentos que você oferece.
  • Se o seu filho apresentar uma tosse incessante e produzir sons estranhos na altura do peito.
  • Quando você notar que a respiração está mais rápida que o normal.
  • Uma febre que dura mais de três dias.
  • Quando aparecer lesões no corpo que se apresentam como hematomas e não passam com o tempo.

Se você notar um ou mais dos sintomas acima, pode não ser prudente recorrer ao uso de remédios caseiros. É aconselhável consultar um profissional de saúde.