Cuidados e higiene do pênis do bebê

· 7 de dezembro de 2017

O pênis do bebê precisa de cuidados e higiene adequados, algo que você  talvez nem tinha pensado, especialmente se você é uma mãe de primeira viagem. Não é algo que deve nos assustar ou que não possa ser resolvido, mas é muito importante levar isso em conta para evitar problemas.

O Cuidado da pele do bebê é muito importante, por isso, deve ter especial atenção principalmente no caso dos genitais. No caso dos homens, existem regras básicas de higiene e cuidado, que os pais sabem, mas talvez a mãe não pode nem  imaginar.

Embora sempre haja um pediatra que pode nos instruir nestas questões é muito importante que como mães tenhamos algumas habilidades para cuidar de nossos bebês. É possível  também que tenhamos que esclarecer algumas dúvidas para os próprios pais.

Este procedimento deve ser rotineiro de modo que todas as mães em algum momento alcançam bastante prática. O objetivo principal é ter consciência do que se deve e não se deve fazer e, é também aconselhável  não ter medo e constante comunicação com seu pediatra.

O que você deve saber sobre como cuidar do pênis do bebê.

Como limpar o pênis do bebê

  • Ambos os meninos e as meninas precisam de higiene especial nos órgãos genitais, pois é uma área que está escondida e permanece muito tempo dentro da fralda. Além disso, devido à presença de urina e fezes, é uma área com propensão para infecções.
  • Ao nascer a maioria dos meninos têm o que é chamado de fimose, uma dificuldade que faz com que haja a impossibilidade de expor a glande, cabeça do pênis, porque o prepúcio  tem um anel muito estreito, ao contrário do que acontece em um menino maior ou um homem, não se pode mover, não que esteja fixo. Isto é normal, mas pode acontecer que pela estreitura do orifício onde passa a urina, se acumulem ali  secreções que podem causar infecção.
  • É aconselhável limpar o pênis do bebê com cuidado, sem forçar o deslizamento  da pele, porque isso acontecerá naturalmente. Alguns especialistas recomendam o uso de cremes de corticosteroides, o que permite que a pele se suavize  e a fimose seja resolvida.
  • Se seu filho é um dos poucos que nascem sem este problema, para manter a higiene é recomendado  lavar a glande com água e sabão, sem esfregar nem secar diretamente. Quando tiver que trocar a fralda só precisa limpar cuidadosamente com uma toalha, movendo-a delicadamente na pele; mas a higiene mais completa é melhor deixar para o momento do banho.
  • Não se preocupe se após um ano de vida  ainda há fimose, mas é muito importante estar de olho nas secreções que vão separando lentamente a pele de dentro. Quando isto ocorre, pode acumular no prepúcio um saco de secreções que embora seja normal pode causar infecção. Este sinal é positivo, pois  isso indica que o problema está  se resolvendo  naturalmente; e em poucas semanas e com o uso de cremes antibióticos tudo estará resolvido.
  • Alguns pais se acostumaram à velha maneira de separar a pele de uma só arrancada; isto pode ser muito doloroso, causar feridas que logo podem complicar-se e, além disso, não  é necessário. Às vezes a circuncisão também é indicada para tratar problemas ainda maiores,  anos atrás  esta prática era feita também para prevenir doenças e outras condições.
  • Ao trocar a fralda, é preciso limpar, testículos, ânus e o pênis do bebê com muito cuidado, tendo certeza  de que nenhuma parte fique sem limpar. Um conselho adicional para as mães de primeira viagem é se lembrar de ter cuidado e não retirar imediatamente a fralda, convém  esperar alguns segundos após abrir a fralda, já que os bebês  tendem a urinar neste momento.
fazer higiene no pênis do bebê

  • A higiene e os cuidados não devem ser excessivos porque quase tudo nessa rotina é resolvido naturalmente. Alguns especialistas não  aconselham o uso de cremes e produtos artificiais, tais como sabão para lavar o pênis; mas se você é uma mãe que costuma  fazer isso, é conveniente que seja mais rigorosa quando faça o  banho do bebê para remover os restos de cremes e sabonetes que esteja  usando.