A chegada de um novo irmão é o melhor presente

· 15 de abril de 2018
Desde a gravidez, você pode já pode ir preparando seu filho mais velho para a chegada do novo irmão. A maneira como você vai abordar o nascimento do bebê e a integração dele na família contribuirá para a eliminação dos medos e das dúvidas que o mais velho possa ter.

A chegada de um novo irmão é um acontecimento que deveria trazer alegria ao primogênito. De qualquer forma, é normal que os filhos mais velhos sintam ressentimentos e ciúmes do novo integrante da família, pois durante esta etapa muitas mudanças acontecem. Em muitos casos, as crianças têm dificuldade de se adaptar a elas.

Como conseguir que seu filho mais velho se adapte positivamente?

Para que seu primogênito se sinta feliz com a chegada de um novo irmão, é necessário que você o ajude. As seguintes sugestões podem ser muito úteis.

Conhecer o bebê no hospital

Esta é uma boa opção, já que ele poderá estar com sua mãe novamente e ver pela primeira vez seu irmãozinho. Assim, você pode deixar que ele o veja e faça carinho cuidadosamente durante o tempo que for necessário. Desta maneira, o vínculo fraternal começará a ser fortalecido.

Outra sugestão prática é dar ao filho mais velho um presente em nome do recém-nascido. Você deve fazer com que ele sinta que o seu amor por ele não mudou, e que continua sendo um membro importante da família.

Manter a rotina diária

A chegada de um novo bebê causa mudanças no ambiente familiar. Na medida do possível, mantenha a rotina de seu filho mais velho, evitando, assim, mudanças drásticas para ele.

No caso de não conseguir evitar, explique a ele o porquê de algumas mudanças. Respeitar seu espaço e manter seus pertences em seus respectivos lugares é também uma sugestão prática.

Dedicar-lhe tempo

Ainda que acabe sendo difícil encontrar tempo para seu filho mais velho, você deve encontrar um momento do dia para estar sozinha com ele. Ambos os pais têm que dedicar tempo exclusivo para cada um de seus filhos.

adaptação positiva diante da chegada de um novo irmão

Permita que ele participe dos cuidados com o bebê. Por exemplo, ajudar a segurar a fralda ou a mamadeira, entre outras coisas que estejam ao seu alcance e de acordo com a sua idade. Isso fará com que a criança se sinta útil e importante. E, assim, fará com que ela aprove o novo integrante com mais facilidade.

Outra alternativa é que você se divirta com o mais velho na presença do mais novo. Assim, a criança saberá que a mamãe continua passando tempo com ela, cantando, brincando ou lendo histórias. O objetivo é que ela veja o novo irmão como um presente para a família.

“Eu, que não tenho irmãos ou irmãs, olho com certo grau de inveja aqueles que podem dizer que viram seus amigos nascerem”.

—James Boswell—

Cuidar da comunicação com a criança

Você deve explicar ao seu filho o que está acontecendo de forma sincera, mas de acordo com a sua idade e maturidade. A partir dos 2 anos de idade, ele já é capaz de entender muitas coisas. Escute atentamente suas preocupações e responda com palavras que ele compreenda.

Você também pode falar da época em que ele era um bebê e de como você cuidou dele com cuidado. Mostre fotos e roupas dessa época; isso fará com que ele se identifique. É primordial demonstrar afeto e carinho a todo momento e fazer com que ele perceba que seus pais continuam o amando, da mesma forma que amam o recém-nascido.

Conservar o papel de outros membros da família

Outros familiares próximos, como avós e tios, podem passar um tempo de qualidade com a criança. Pode ser através de atividades como levá-lo para brincar no parque, sair para lanchar, ir ao cinema ou outra atividade de costume.

Isso servirá para que ela não perceba a mudança tão drasticamente, ou seja, o fato de que a mamãe já não tem como lhe dedicar tanto tempo.

4 situações que os pais devem impedir que aconteçam

Você pode evitar situações desconfortáveis e mal-entendidos entre seu filho mais velho e mais novo. Para isso, siga as seguintes recomendações:

  • Não permita que o filho mais velho se exceda nas tentativas de chamar a atenção dos pais.
  • Como pais, vocês não devem se sentir mal por dedicar tempo ao bebê.
  • Não permita que seja a criança quem domine a situação com birras e choros descontrolados.
  • Demonstre firmeza, mas também paciência e amor ao corrigi-lo.
dedicar tempo a cada filho

Porque o filho mais velho sente ciúmes quando o irmão mais novo nasce?

Os ciúmes das crianças são um sentimento normal e positivo dentro do razoável, já que indicam que a criança tem um forte vínculo afetivo com seus pais. Isso é um fator essencial para amar e ser amado na vida.

Em geral, o novo bebê prende a atenção de todos, em especial a de seus pais. É por isso que o filho mais velho sente como se sua relação com seus pais estivesse ameaçada e acaba demonstrando isso através de comportamentos extremos.

Você pode equilibrar a atenção dada a ambos os filhos em casa, e demonstrar a eles todo o amor e carinho que merecem. Desse modo, a chegada de um novo irmão será entendida como o melhor presente.

Recomendados para você