Como combater o cansaço durante a amamentação?

8 de março de 2019
Se você está amamentando o seu filho e se sente mais cansada do que o normal, deve levar em consideração alguns dos conselhos para combater a fadiga. Neste artigo, contaremos como você pode conseguir isso.

A amamentação faz com que muitas mulheres sintam muito cansaço e não tenham forças. No entanto, você não deve se preocupar com esse sintoma, já que, na maioria das vezes, costuma desaparecer em poucas semanas.

A amamentação é uma opção muito saudável para o recém-nascido, já que fornece os nutrientes que necessita para o seu crescimento e desenvolvimento. No entanto, consome muita energia e faz com que as mães se sintam muito cansadas. Felizmente, existem muitas maneiras de combater esse cansaço. A seguir, contamos como você pode agir.

Como combater o cansaço durante a amamentação materna?

1. Alimente-se corretamente

Uma correta alimentação é uma das melhores maneiras de combater o cansaço durante a amamentação. Você deve tentar aumentar a sua energia ao ingerir os nutrientes de que o corpo precisa.

Nesse sentido, é aconselhável incluir muita proteína na dieta para se sentir cheia de energia. Mudanças simples na sua alimentação diária podem remediar a situação e te ajudar a se sentir com mais vitalidade.

Adicionar carne magra, peixe, leite, queijo ou legumes na sua dieta irá ajudar a aumentar a ingestão de proteínas. Alimentos ricos em fibras também podem potencializar a energia, pois são digeridos mais lentamente do que os que não possuem muito esse nutriente.

Do mesmo modo, alimentos ricos em ferro devem também estar presentes. O motivo é que uma deficiência de ferro nessa fase pode causar muito cansaço.

mulher dormindo

2. Durma mais

Desde o nascimento do bebê, você dorme menos do que está acostumada. A necessidade de alimentar o pequeno à noite e os ciclos curtos de sono, interrompem o sono normal, o que pode causar cansaço.

Se você se sente muito cansada durante a amamentação materna, uma das mudanças essenciais é descansar mais. Mesmo que seja difícil dormir o suficiente quando o bebê acordar de noite chorando, é a forma de combater a fadiga e reabastecer a sua energia.

É importante dormir de 7 a 8 horas, sempre que possível, à noite. Você também pode tirar uma soneca enquanto o bebê dorme durante o dia. Você deve até mesmo considerar o fato de pedir ajuda à família para cuidar do pequeno quando se sentir especialmente fatigada.

A amamentação consome muita energia e faz com que as mães se sintam muito cansadas.

3. Hidrate-se bem

Além disso, manter-se bem hidratada durante a amamentação e se manter em dia com os seus fluidos também pode ajudar o seu nível de energia. A desidratação pode fazer com que você se sinta fatigada, arruinando as suas funções corporais durante todo o dia.

Além disso, é aconselhável que você beba um copo de água toda vez que se sentar para alimentar o seu filho ou você pode também beber entre as mamadas. Em qualquer caso, é preciso se certificar de ter sempre consigo uma garrafa de água para promover uma correta hidratação.

4. Faça exercício físico

Embora possa parecer contraditório, o exercício permite combater o cansaço durante a amamentação. Quando se faz exercício, ocorre um aumento na secreção de endorfinas, o que faz com que você se sinta mais cheia de energia. Além disso, a atividade física permite aumentar os níveis de oxigênio no sangue.

No entanto, não esqueça que você só deve começar com a prática esportiva depois que o médico permitir. Isso significa que o seu corpo deve estar 100% recuperado após o nascimento do pequeno. Outro ponto positivo é que o exercício físico permite recuperar a silhueta que você tinha antes de engravidar.

combater o cansaço durante a amamentação

5. Cuide de si mesma

Em último lugar, o último conselho para combater o cansaço durante a amamentação é que você cuide de si mesma. Nesse sentido, você não deve esquecer de fazer todos os exames e receber a atenção médica necessária.

Além disso, caso você se sinta cansada, é conveniente que o médico verifique se você está com anemia, problemas de tireoide ou outros problemas médicos que podem aparecer depois do nascimento do bebê e provocar a fadiga.

Por outro lado, você também não deve se esquecer das suas necessidades emocionais, já que a chegada do pequeno pode fazer com que se sinta um pouco deprimida e cansada. Não se esqueça de confiar nos seus familiares e contar com a ajuda profissional que precisar.

Finalmente, lembre-se de que se você continuar se sentindo cansada depois de fazer alterações em sua dieta e no seu estilo de vida, será o momento de consultar o seu médico para levar em consideração os possíveis tratamentos a fim de controlar os sintomas e aumentar a energia.

  • Bosi, M. L. M., & Machado, M. T. (2005). Amamentação: um resgate histórico. Caderno ESP.