Como deve ser uma dieta pós-parto?

25 de janeiro de 2019
Depois que o seu lindo bebê nasceu, certamente você notou que não está como antes. Se você quiser perder peso de forma simples e rápida, existe uma dieta pós-parto que irá ajudar muito durante esse período.

Depois de dar à luz, muitas mulheres gostariam de voltar a ter a mesma silhueta que tinham antes da gravidez. No entanto, pensam que isso não é possível e logo procuram uma dieta pós-parto. Contaremos tudo o que você precisa saber sobre ela.

Primeiro de tudo, temos uma notícia muito boa. Após o parto, você vai perder cerca de 6 a 7 quilos.

Você pode se perguntar “Como eu perdi todos esses quilos?”. Pois bem, 3 ou 4 quilos são o bebê em si, cerca de um quilo corresponde à placenta, um quilo e meio ao útero e, por fim, retira-se mais ou menos 2 litros de líquido amniótico.

Alimentos permitidos na dieta pós-parto

Os alimentos que você deve consumir nessa fase da sua vida são aqueles que fornecem múltiplas vitaminas e minerais. Entre estes estão:

Alimentos ricos em magnésio

A deficiência de magnésio no organismo causa fraqueza e fadiga. Assim, os alimentos ricos em magnésio que você pode consumir são: aspargos, sementes de abóbora ou girassol, espinafre e castanhas.

Alimentos ricos em ácido fólico

Para manter as suas reservas em ótimas condições, é preciso incluir alimentos com alto teor de ácido fólico em sua dieta pós-parto.

Entre eles estão: feijões, brócolis, alface, nozes ou amêndoas, banana, laranja, mamão, uvas e morangos.

Alimentos com ferro

Você se lembra que durante a gravidez você comia muitos alimentos ricos em ferro? Certamente você fez isso com o objetivo de evitar a anemia.

Na verdade, também é preciso a reforçar esse mineral após o parto. Então, você deve introduzir alimentos ricos em ferro. Entre estes estão: carne vermelha, agrião, acelga, ervilhas, aveia, arroz, pão, grão-de-bico e lentilhas.

Lentilhas fornecem uma grande quantidade de ferro para o corpo.

Alimentos com cálcio

A fim de evitar a desmineralização e auxiliar na produção de leite, é necessário consumir laticínios, tais como leite, queijos pouco maturados, iogurte desnatado e molhos e cremes feitos com leite e bechamel.

Cardápio da dieta pós-parto

Para facilitar a alimentação durante esse período, aqui estão dois exemplos:

Primeiro cardápio

  • Café da manhã: duas fatias de pão com geleia, um copo de leite desnatado ou uma porção de cereais com leite.
  • Lanche da manhã: uma porção de frutas e duas fatias de peito de peru.
  • Almoço: uma sopa e uma porção de purê de batata ou de abóbora. Você também pode comer uma porção de carne magra ou peixe e uma porção de frutas.
  • Lanche da tarde: uma porção de salada de frutas.
  • Jantar: uma fruta e uma porção de frango com uma batata assada ou um prato de sopa de legumes.

Segundo cardápio

  • Café da manhã: um copo de leite desnatado, uma porção de cereais, um suco de laranja.
  • Lanche da manhã: duas fatias de pão integral com geleia e iogurte desnatado.
  • Almoço: uma porção de carne magra ou peixe com uma porção de arroz ou massa integral. Outra opção seria uma salada com verduras variadas ou legumes salteados com um pouco de azeite. Para a sobremesa, um iogurte desnatado ou uma porção de fruta.
  • Lanche da tarde: bolachas integrais e uma fruta.
  • Jantar: um caldo de legumes ou um omelete com legumes e frango desfiado ou atum. Como sobremesa, pode ser uma fruta ou um iogurte desnatado.
  • Antes de ir para a cama: uma porção de cereais e um copo de leite desnatado.

“Você deve incluir alimentos com alto teor de ácido fólico em sua dieta pós-parto. Entre eles estão o feijão, o brócolis e a alface “

Conselhos ao seguir uma dieta pós-parto

A fim de garantir a eficácia da dieta pós-parto – que, a propósito, deve ser elaborada pelo seu nutricionista de confiança -, é preciso levar as seguintes dicas em consideração:

  • Inclua na dieta cinco porções de frutas e vegetais por dia. Esses alimentos vão fornecer vitaminas, minerais e antioxidantes ao seu corpo.
  • Distribua as refeições em cinco ao longo do dia: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar.
  • Não pule refeições.
  • Beba bastante água, aproximadamente 2 litros.
  • Reduza o consumo de açúcar como chocolate, doces, bolachas e bolos.
  • Evite bebidas com muito açúcar.
  • Consuma carnes brancas sem a pele.
Frango e legumes são fundamentais na dieta pós-parto.

  • Tente incorporar peixes diariamente em sua dieta, pois é uma fonte rica de proteínas.
  • Pratique exercícios todos os dias, o mais prático é andar. Isso vai ajudar a perder peso além de dar mais energia para cuidar do seu bebê.
  • Limite os alimentos que são ricos em gordura, especialmente aqueles com gordura saturada como carne vermelha e linguiças. O mesmo vale para as gorduras que são adicionadas aos alimentos como frituras, molhos, manteigas e óleos.
  • Consuma produtos lácteos sempre desnatados para reduzir a ingestão de gordura.
  • Reduza o consumo de sódio, como sal ou alimentos enlatados.
  • Evite a cafeína, as bebidas alcoólicas e os refrigerantes.
  • Você pode tomar um suplemento de vitaminas e minerais

Em suma, a dieta pós-parto garante uma alimentação saudável muito equilibrada. Por tudo o que comentamos antes, ao segui-la você estará cuidando de si e do seu bebê.

  • Castro, M. B. T. de, Kac, G., & Sichieri, R. (2009). Determinantes nutricionais e sóciodemográficos da variação de peso no pós-parto: uma revisão da literatura. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil. https://doi.org/10.1590/S1519-38292009000200002