Como introduzir as primeiras papinhas?

19 de fevereiro de 2019
Enquanto as deliciosas papinhas para uma criança mais velha ou um adulto podem conter açúcar, as do bebê devem ser o mais natural possível.

As primeiras papinhas na alimentação do bebê são fundamentais para o seu crescimento. Ao atingir 6 meses de idade, é necessário integrar um novo grupo de alimentos à dieta da criança para que ela comece a se acostumar aos novos sabores e texturas. Dessa forma, vamos “treinar” o seu sistema digestivo pouco a pouco.

Primeiro, é necessário saber bem quais são os alimentos com os quais as primeiras papinhas devem ser preparadas.

Em geral, acredita-se que qualquer fruta macia, como a banana, é suficiente. Na verdade, essa fruta não é a primeira opção. Antes de introduzir a banana na alimentação do bebê, outras frutas mais ricas em fibras devem ser incluídas.

Técnicas para introduzir as primeiras papinhas

Quando o bebê experimenta as primeiras papinhas, a sua reação pode indicar que é um pouco estranho. É uma atitude normal, afinal a comida tem uma textura diferente do que ele está acostumado. Portanto, é importante que os pais sejam pacientes e perseverantes.

Estabelecer um horário

É importante que o bebê comece a comer as primeiras papinhas sempre no mesmo horário. Assim, o seu corpo se acostuma a receber esse novo alimento integrado na rotina. Dessa forma, também é possível evitar os excessos. Lembre-se de que não é recomendável que o bebê sempre coma apenas por comer.

primeiras papinhas

Um ambiente tranquilo

Como a comida é algo totalmente novo e estranho para o bebê, é importante que ele esteja em um ambiente confortável. O mais recomendável é que não haja distrações por perto e, de preferência, pouco barulho.

A princípio, vai ser difícil colocá-lo sentado sozinho na cadeira, por isso é melhor não forçar. Outra forma é comer sentado no colo da mãe.

Substituir uma mamadeira

Para introduzir as primeiras papinhas na dieta do bebê, é importante não cortar a mamadeira de forma repentina. Tenha em mente que isso pode ser muito brusco para o bebê. Portanto, o mais aconselhável é começar a substituir a mamadeira de um horário específico pela papinha.

Por exemplo, se a criança costuma tomar uma mamadeira ao meio-dia, é possível substituí-la por uma papinha. Se tiver comido o suficiente, não é necessário dar mais leite materno ou mamadeira. Mas, por outro lado, se tiver comido pouco, complementar com o leite é uma boa ideia.

Seja persistente, mas sem forçar

As quantidades de papinha devem ser pequenas e é preciso ter paciência ao alimentar o bebê. Muitas vezes os pais acreditam que, desde que a criança coma toda a papinha, está tudo bem.

No entanto, embora seja ideal comer tudo, não há necessidade de forçar. Na verdade, se insistir demais, você pode provocar aversão à comida e será mais difícil de alimentá-lo no futuro.

Conselho ao começar com as primeiras papinhas

Embora o bebê possa rejeitar as primeiras papinhas, isso não significa que ele não gosta. Provavelmente é porque pode parecer um pouco estranho por ser um alimento totalmente novo. O segredo é criar uma rotina consistente para acostumar o corpo.

Aqui estão algumas dicas que os pais devem levar em consideração:

  • Não se deve colocar açúcar nas papinhas doces. Também não é necessário adicionar sal nas salgadas.
  • A comida deve ser cortada em pedaços muito pequenos para evitar que o bebê engasgue.
  • A temperatura da papinha deve ser morna.
  • A textura da papinha não deve ser muito líquida nem muito grossa.
  • Se o bebê virar a cabeça quando os pais oferecem a papinha, pode ser uma indicação de que ele está cheio e não quer mais.
  • Quando a criança come pouca papinha e ainda tem fome, você pode complementar a refeição com uma mamadeira.
  • Depois de comer a papinha, pode ser que ele tenha sede. Nesse caso, ofereça um pouco de água.
  • Algumas crianças começam a comer bem a partir dos 8 meses de idade, por isso os pais devem ser perseverantes com a alimentação.
As primeiras papinhas do bebê devem ser ricas em fibras.

Quais alimentos devem ser usados para preparar as primeiras papinhas?

Antes de começar com as primeiras papinhas, é importante que os pais consultem o pediatra. O profissional será responsável por indicar exatamente quais os primeiros alimentos que devem ser integrados à dieta da criança.

Mas, em geral, estes são alguns dos mais recomendados:

  • Cereais: aveia, arroz, milho, soja, tapioca.
  • Legumes: batatas, cenouras, batata-doce, abóbora, alho-poró, alface, abobrinha.
  • Frutas: laranja, ameixas, pêssegos, maçãs, peras e bananas.

A fruta deve ser natural ou cozida tipo compota, assim você não perderá todas as propriedades que o bebê precisa.

A alimentação de bebês é muito importante pois o seu crescimento dependerá, em grande parte, dos nutrientes que o seu corpo recebe. Felizmente, como vimos, é muito fácil introduzir variedades.