Alimentos aliados do crescimento das crianças

· 20 de novembro de 2018
A alimentação saudável das crianças em idade escolar é um tema recorrente. Veja alguns dos alimentos ideais para a saúde do seu filho.

Você sabe quais são os alimentos aliados do crescimento das crianças? Veja, neste artigo, alguns tipos de alimentos que não podem faltar na dieta dos seus filhos.

Depois que as crianças completam um ano, passam a consumir alimentos sólidos, momento ideal para experimentar com diversas formas de cozimento de alimentos e variedades de nutrientes.

Nessa fase, incentive-as a provar para descobrir do que gostam. Principalmente vegetais, hortaliças, frutas e proteínas.

Este é o momento em que as crianças precisam se adaptar aos sabores e cheiros e expandir seu leque de comidas favoritas.

Quanto mais rápido você introduzir a criança no mundo dos sabores e permitir que seja ela quem vá descobrindo do que gosta ou não, você evitará que durante a idade escolar ou a adolescência ela mantenha uma dieta sem graça, repetitiva, excessiva em gorduras e pobre em nutrientes.

Alimentos ideias para o crescimento das crianças

crescimento das crianças

 Laticínios

O leite e seus derivados são uma fonte indispensável na nutrição das crianças. Seu consumo permite um desenvolvimento ósseo muito bom.

Queijos, soros e sobremesas lácteas são alimentos recomendados na dieta infantil. A digestão diária de dois copos de leite permite a absorção de 300 miligramas diários de cálcio. Os produtos lácteos contêm potássio e vitamina D, o que facilita a absorção desse nutriente.

Quem consome cálcio ao longo do crescimento tem menor probabilidade de desenvolver doenças associadas a deficiências da substância, como a osteoporose.

A ingestão de cálcio é tão importante para o crescimento das crianças que, diante da intolerância à lactose, recomenda-se consumir alimentos alternativos, como os legumes ou o tofu.

Carnes

Rica em aminoácidos essenciais, a carne é um dos alimentos indispensáveis na dieta dos nossos filhos. As carnes brancas são mais recomendadas no dia a dia do que as carnes vermelhas.

Seu consumo pode ser substituído por vegetais, mas, no entanto, não alcançam o nível de nutrientes que as carnes têm.

Então, dê preferência ao consumo de carnes brancas: peixes, frangos e frutos do mar. Os especialistas recomendam a ingestão de duas porções diárias, ou seja, 200 a 300 gramas por dia.

Vegetais

Sem dúvida, os vegetais são imprescindíveis. Mesmo as crianças não amando o aspecto ou o sabor dos vegetais, é tarefa dos adultos transformá-los a fim de os tornarem desejáveis aos olhos dos pequenos.

Há várias maneiras de fazer isso, como, por exemplo, elaborando uma apresentação divertida dos pratos ou adicionando temperos agradáveis aos pequenos.

Certamente, os vegetais são aliados da saúde e do crescimento das crianças. Por serem ricos em vitaminas e minerais, impedem que os pequenos fiquem expostos a determinadas doenças.

  • Brócolis
  • Aspargos
  • Beterraba
  • Pimentão
  • Cenoura
  • Agrião e espinafre

Frutas

É melhor consumir as frutas em sua forma natural. Mas também podemos consumi-las em saladas ou sucos.

Além de refrescantes, possuem ferro, zinco e outras vitaminas necessárias para o desenvolvimento saudável das crianças.

Ademais, as frutas também previnem a anemia e a falta de energia dos pequenos, ajudam nos processos de concentração e sua digestão diária combate doenças associadas à idade, como gripes e resfriados.

  • Maçã
  • Banana
  • Cítricos: laranja e limão
  • Manga
  • Abacaxi
  • Morango
crescimento das crianças

Grãos e cereais

Como base da alimentação, os grãos e cereais estão presentes inclusive nas dietas vegetarianas. São necessários para encher as crianças de energia, dar a sensação de saciedade e facilitar a digestão.

Os cereais, acompanhados com laticínios (leite ou iogurte), são um alimento que as crianças gostam muito e facilitam o consumo de vitaminas.

Contudo, a dieta não deve ser somente à base deles. Pois um hábito saudável de alimentação consiste em ensinar as crianças a consumir grãos também.

Dessa maneira, o sistema digestivo delas não terá problemas específicos, como, por exemplo a prisão de ventre.

É recomendável comer grãos e cereais no café da manhã ou no almoço, como acompanhamento de saladas ou guarnições. Os grãos e cereais são ricos em fibras e carboidratos.

  • Arroz
  • Trigo
  • Milho
  • Feijão
  • Quinoa
  • Aveia

Bons hábitos de alimentação

  • Comer nas horas estipuladas
  • Fazer refeições em família
  • Pais saudáveis e com bons hábitos alimentares irão facilitar a tarefa. O exemplo é sempre o melhor ensino
  • Evitar dar incentivos às crianças relacionados a fast food
  • Preparar pratos variados, saudáveis e cheios de cor. Assim, você evitará criar rejeição de alimentos nas crianças