Mamadeira ou amamentação: qual é a melhor opção?

28 de fevereiro de 2017

Amamentação ou mamadeira? Aqui apresentaremos as vantagens e desvantagens de cada método de alimentação.

No mundo da maternidade existe uma polêmica bastante transcendental a respeito da alimentação dos recém-nascidos. Falaremos sobre o que é melhor: a amamentação ou a mamadeira? Este assunto seguramente pode ser o mais importante para as mamães.

debate começa, porque se trata do bem estar, da saúde e do futuro dos bebês.

De um lado: a amamentação natural

Biberón 2

Certamente os alimentos naturais são melhores para o nosso organismo, isto já foi comprovado de diversas formas pela ciência. Entretanto não devemos ser tão radicais e ver as coisas de forma tão simples.

Além de ficar insistindo que a amamentação é a única opção viável ou recomendável, devemos recordar ainda que apesar de raros, os casos em que os bebês não aceitam o leite materno podem existir.

O leite materno é muito mais digerível para os bebês, porém quando um bebê não gosta desse leite, a mamadeira leva vantagens

Alimento perfeito

Segundo a própria Organização Mundial da Saúde (OMS), o leite materno cobre todas as necessidades alimentícias que têm os recém-nascidos. Isto faz que não exista risco algum de uma má nutrição ou de obesidade.

Este leite tem todas as quantidades exatas de açúcares, vitaminas e proteínas requeridas pelo bebê. Por isso, ele tem ainda uma segunda virtude: o leite materno é muito mais digerível para os pequeninos.

Processo de crescimento contínuo

A amamentação é a forma que a natureza criou para as mães terem a possibilidade de continuar contribuindo com o crescimento de seus bebês.

Quando se fala de amamentação, deve-se relacionar com gorduras naturais que contribuem na formação dos tecidos e membranas celulares. Algo similar ocorre com a absorção do ferro. A distribuição de componentes próprios do leite materno facilita este processo.

Segundo alguns estudos, os bebês que são amamentados absorvem melhor os nutrientes que os que usam substitutos do leite materno.

Lutando contra as alergias

Outro aspecto positivo da amamentação é a contribuição que esta realiza ao sistema imunológico do bebê. Quase nenhum bebê é alérgico ao  leite materno. É mais provável que a alergia surja com os “artificiais”.

Todavia, isto não é tudo. De fato, tomar este líquido pode ajudar a fortalecer o sistema imunológico desde a mais tenra idade. Este fato implica que mediante o alimento, a mãe transfere uma grande quantidade de anticorpos ao bebê.

Teoricamente, as infecções, alergias e vírus os afetarão muito menos. Estas crianças poderão ser mais saudáveis no futuro.

Do outra lado: a mamadeira

Biberón 1

Enquanto que a vantagem da amamentação parece estar no natural e no biológico, a mamadeira ganha o jogo por outros aspectos, do tipo social e psicológico. E como já sabemos, nem tudo é natural em nossa existência. O mundo evolui, avança e nos permite conhecer outras opções.

Se formos comparar nosso estilo de vida atual com o das mulheres nas primeiras sociedades humanas, podemos notar os diferentes avanços. Este é um fator que deve ser considerado à todo momento.

Entre as opções que a modernidade nos oferece, existem diferentes tipos de  leite “artificiais” que podem ser classificadas em fórmulas de início, fórmulas de continuidade e leite de vaca.

Hoje em dia as mulheres tem muitas atribuições e a vida não é como era antigamente. Com a mamadeira, podemos medir tudo e nos assegurarmos de dar a melhor dieta e elementos extras para beneficiar os bebês.

Planejamento materno

Os novos conhecimentos nos permitem que planejemos o crescimento de nossos bebês. E esta é outra das vantagens que a mamadeira pode oferecer.

Mediante este instrumento, podemos calcular com exatidão tudo o que damos a nossos filhos. E não é só isso, além disso nos possibilita um controle mais específico sobre as horas da alimentação e do sono.

A mamadeira na hora de alimentar o bebê pode nos permitir mais intimidade nos lugares públicos para as que assim o preferem, assim como a praticidade, entre outros aspectos.

Em um mundo onde falamos em evolução,  e sem dúvida a mamadeira é importante.

Graças a este implemento, as mulheres podem continuar suas atividades com mais facilidade incluindo de vez em quando certa independência tanto para a mamãe como para o bebê.