Nutrição no primeiro ano de vida do bebê

· 24 de abril de 2018
Durante a amamentação o consumo de cafeína pode prejudicar o sono do bebê. Portanto, é importante que a mãe consuma moderadamente, assim como outras substâncias nocivas. Além disso, existem outras considerações importantes sobre dieta da mãe nos primeiros meses de vida do bebê. Descubra agora quais são!

Para que a criança cresça saudável e se desenvolva adequadamente, é essencial que a mãe tenha um bom controle da nutrição no primeiro ano de vida do bebê. A comida que a mãe consome durante este período vai fornecer o que é necessário para se manter saudável, embora muitas vezes não saibamos exatamente o que é.

Nutrição no primeiro ano de vida

Como sabemos, o bebê precisa de uma dieta bastante controlada e o leite materno será seu primeiro alimento até que esteja pronto para receber outros.

Portanto, é importante que os pais levem em consideração como deve ser a nutrição no primeiro ano do bebê em cada fase.

De 0 a 6 meses

Durante esta fase do bebê, a amamentação vai ter um papel muito importante. Isso porque o leite materno é a única fonte de nutrientes para o pequeno.

Nesta fase, recomenda-se que a mãe tome pelo menos 10 microgramas de vitamina D por dia.

Enquanto a criança recebe o leite materno, não é necessário beber outros líquidos como a água

De 4 a 6 meses

Quando o bebê entra nos 4 meses de idade, os especialistas recomendam começar a incorporar os primeiros alimentos sólidos. Claro, isso deve ser feito sob a orientação do pediatra.

Nessa fase a coisa mais recomendável para começar a diversificar a dieta do bebê é incluir frutas e legumes.

De 6 a 8 meses

Quando o bebê atingir os 6 meses, a amamentação com leite materno ou fórmula deve continuar. No entanto, é importante que ele também receba alimentos sólidos, como frutas e legumes.

Se ele aceitar esses novos alimentos sem qualquer problema, você também pode incluir frango, macarrão, peixe e outros. Entretanto é importante que alimentos que podem ser difíceis de comer para o bebê, como os peixes, sejam picados ou triturados.

o leite materno é a principal nutrição no primeiro ano

De 8 a 12 meses

Neste estágio o bebê pode receber uma dieta mais variada e pode comer três vezes ao dia. Em sua alimentação pode ser incluídos frango, arroz, legumes, ovos e outras fontes de proteína.

É essencial que, durante esse tempo, o bebê não consuma leite de vaca. É preciso esperar que o bebê complete pelo menos um ano de idade para poder incluir o leite de vaca na alimentação.

Dicas para a alimentação do bebê no primeiro ano de vida

Alguns hábitos ou alimentos que a mãe consome podem afetar o bebê durante a amamentação. Porém, muitas mulheres não sabem disso. Por exemplo, o café pode causar insônia e grande dificuldade para adormecer. Portanto, é importante saber quais alimentos e hábitos podem afetar a saúde do pequeno:

  • Durante o período de amamentação, no qual o bebê vai receber tudo o que a mãe consome, é aconselhável não consumir álcool, café, vinho, alcachofras, pepino, pimentão, couve-flor e medicamentos que não tenham sido receitados pelo médico.
  • É aconselhável que o bebê receba muita água, especialmente em dias de temperaturas muito altas.
  • A mãe deve ter um descanso adequado durante os períodos de lactação. Estresse e cansaço podem ter uma grande influência sobre a produção de leite.
  • É importante que o bebê seja alimentado em um ambiente calmo que não cause estresse. Pois isso vai permitir que ele tenha uma melhor digestão.
Uma boa nutrição no primeiro ano de vida do bebê permitirá que ele cresça saudável.

Vantagens da amamentação

É muito importante que o bebê receba leite materno pelo menos nos primeiros 6 meses de vida. Além de ajudar a fortalecer o sistema imunológico e evitar que os bebês adoeçam mais facilmente, o leite materno traz muitos benefícios. Estes são alguns deles:

  • Ajuda a estabelecer uma regulação adequada do apetite do bebê.
  • A amamentação reduz as hemorragias após o parto. Além disso, ajuda o útero a retornar ao seu tamanho normal.
  • Dar o peito ajuda a mãe a recuperar o seu peso mais rapidamente. Isso ocorre porque a gordura armazenada durante a gravidez se transforma em energia para produzir leite.
  • Fortalece o vínculo entre mãe e bebê.

Uma boa nutrição no primeiro ano de vida do bebê vai permitir que ele cresça saudável e se desenvolva adequadamente. É importante que os pais se informem sobre os alimentos que o bebê não pode receber até certa idade. Dessa forma, podem estabelecer uma dieta que não prejudique a sua saúde.