O leite materno: dicas para melhorar sua produção

11 de outubro de 2017

O leite materno é altamente benéfico para o nosso bebê. No entanto, durante a fase de amamentação é normal que muitas mães reclamem ou pensem que seus seios não produzem todo o leite que seu bebê necessita.

As mulheres que estão em fase de amamentação costumam recorrer a remédios caseiros para tentar produzir maior quantidade de leite materno, que, na verdade, não adiantam muito. Isso porque a solução do problema é muito mais simples.

Se desde o primeiro dia você tentar aumentar a produção de leite materno para poder alimentar seu bebê,  basta seguir estes conselhos:

Nesse momento é importantíssimo que a mãe seja capaz de dar de mamar ao seu bebê porque facilita a introdução à amamentação. Se bebê vai ficar em um estado tranquilo, o que permite a aproximação entre mãe e filho. É um momento íntimo e especial.

Depois de passadas as primeiras horas pós-parto, seu bebê vai entrar em um sono profundo, descansando por um intervalo aproximado de 6 a 12 horas, em que vai ficar difícil conseguir dar-lhe de mamar. No entanto, com paciência e jeito você vai conseguir que ele mame.

O supersegredo para aumentar a quantidade de leite materno

Você deve amamentar seu bebê dia e noite. Essa é a melhor receita para que os seus seios produzam leite suficiente. Assim, durante as primeiras horas, seu filho deve mamar de 8 a 10 vezes a cada 24 horas, o que é suficiente para você se certificar de ter amamentado de dia e de noite.bebê pegando no seio da mãe

 

E agora as dicas!

  • Certifique-se de que seu bebê esteja sugando o leite de maneira eficaz.  Uma sucção errada está associada não só com uma produção de leite inadequada, como também com outros problemas, tais como o aparecimento de fendas ou à retenção de leite. Antes de mais nada, para conseguir fazer com que o bebê sugue bem o leite, o seio tem que estar posicionado e bem colocado. A orientação para isso é: seu pescoço não deve estar virado e sua boca deve estar à altura do bico do seu seio.
  • Ponha seu bebê sobre uma almofada de amamentação para conseguir a altura adequada para posicionar o bico do seu peito, e um bom acoplamento entre a boca do bebê e o bico do seu seio. Você deve pegar o bico do seu seios e a parte da auréola do seu seios, ao mesmo tempo que o lábio superior do seu bebê tem que estar para fora. Você não deve ouvir barulho na hora de o bebê mamar no seu peito.
  • Acabe de amamentar com um seio para depois amamentá-lo com o outro. Essa é a única maneira de você se certificar de que esvaziou seus seios bem. Isso é importante para garantir a boa produção de leite materno, e também para que seu bebê ingira a parte mais nutritiva dele. No começo, o seu seios produz um leite menos concentrado para a acalmar a sede dele, e no final a parte mais rica em gorduras e vitaminas para alimentá-lo.
  • Dê-lhe de mamar quando pedir. Esqueça do relógio e se concentre em observar o seu bebê. Cada criança tem seu próprio ritmo, e alguns sentem fome à cada 2 horas e outros vão mamar sem intervalos. Além disso, leve em consideração que existem bebês que esvaziam o seio de 5 a 10 minutos e outros que precisam de muito mais tempo para isso.

A amamentação proporciona a segurança emocional para o início da vida, que depende totalmente do ser humano.

-Autor anônimo-

  • O leite artificial, soro glicose, etc… Sim ou não? Se a amamentação for feita corretamente desde o início seu seio vai produzir o leite suficiente para alimentar o seu bebê de forma sustentável. As ajudas são só necessários quando o seu bebê indicá-las. Algumas vezes recorrendo à elas, o efeito acabado sendo contrário ao desejado, e o seio interpreta que cada vez necessita produzir menos leite.
  • Evite dar chupeta para o bebê. Você deve evitar isso sobretudo nos primeiros 10 dias de nascimento do bebê, e até que a amamentação comece a acontecer naturalmente. Dessa forma você vai evitar que seu filho fique confuso. A sucção do peito e a da chupeta são diferentes. Portanto,  é provável que se você der a chupeta para ele de maneira precoce, na hora de sugar o leite do seu peito, vá tentar fazê-lo da mesma forma que faz com a chupeta. Consequentemente, a amamentação não vai se dar de maneira eficiente.
  • O leite materno é muito benéfico. Entre outras coisas, a sucção do leite materno, os acalma, portanto, o seu bebê nem sempre pede seu peito porque está com fome. É possível que ele necessite de alguns minutos de contato pele com pele para se sentir seguro, ou simplesmente se acalmar.mãe amamentando seu bebê

 

  • Descanse e siga uma dieta adequada. Trate de sempre seguir uma dieta equilibrada, geralmente consumindo o equivalente a 2500 quilocalorias, dependendo do caso, e aproveite todo o tempo possível para dormir, para que seja capaz de recarregar suas energias. Como costuma acontecer com todas as crianças nas primeiras semanas, você vai passar a maior parte da noite em estado de vigília. Assim, você deve procurar dormir por curtos intervalos de tempo ao longo do dia, que coincidam com as sonecas do seu bebê.
  • Peça uma massagem. Receber uma massagem sempre vai ser algo relaxante, e também pode ser uma boa forma de fazer com que seu leite flua facilmente. Peça a seu cônjuge para que faça massagem nas suas costas, realizando movimento circular ao redor da coluna, de cima para baixo, e que repita de baixo para cima. Você pode receber essa massagem sentada.

Se você precisar, peça ajuda.

Sua família, seu pediatra, e seus amigos são a base em que você deve se apoiar diante de qualquer dúvida ou dificuldade, em relação ao leite materno e à sua produção. Procure se informar no seu hospital se há grupos de apoio à amamentação para que você participe, se quiser. Deixe que lhe ajudem, e  você vai ver como tudo acaba fluindo mais facilmente.