O décimo mês de vida do bebê

· 6 de fevereiro de 2018
Estamos muito perto daqueles momentos tão desejados. Logo logo seu bebê vai dizer as primeiras palavras e, inclusive, dar os primeiros passos. Convidamos você a aprender como ajudar seu filho para proporcionar um progresso excelente.

Com muita alegria chegamos ao décimo mês de vida do bebê, mais ainda por saber que a data do primeiro ano de vida está cada vez mais perto. Com certeza seu filho já fez as primeiras tentativas de ficar em pé e muito em breve vai conseguir surpreender com os primeiros passos.

Também vai começar a dizer “mamãe” ou “papai” e algumas palavras curtas. Se ainda não o fez, preste atenção porque pode acontecer a qualquer momento.

Mudanças no décimo mês de vida do bebê

Peso e tamanho

Durante o décimo mês de vida do bebê, ele já está fisicamente forte, com peso e estatura maiores, o que permite ter mais energia e força. Mas geralmente nesse último trimestre do primeiro ano os bebês costumam perder um pouco de peso. Assim não se preocupe se seu bebê não ganhar muito peso nessa fase. Um bebê no décimo mês de vida está com um peso saudável por volta dos 9,8 kg e medindo, em média, 75 cm.

Tentativas de andar

Certamente, seu bebê já tem um bom equilíbrio ao ficar apoiado nos móveis ou nas pernas da mamãe e do papai. Progressivamente, suas tentativas de ficar por mais tempo em pé vão aumentar. Algumas crianças conseguem andar ao completar um ano ou um pouco depois, ao passo que outras dão os primeiros passos mais cedo.  Tudo depende do estímulo recebido.

 décimo mês de vida do bebê

Começar a morder

Não é motivo de preocupação. A criança apenas descobriu que pode morder. Ela não realiza essa ação com noção completa do que acontece e não tem a intenção de machucar ninguém, pois não sabe que é isso que acontece. Mas é normal que agora passe a morder os brinquedos e pode, até mesmo, morder você sem saber que não deve fazer isso. Nem todas as crianças passam por esse processo. No entanto, sabe-se que pode acontecer ao longo dos 3 primeiros anos de vida.

Começa a definir a personalidade

O bebê já pode demonstrar por meio de reclamações o que gosta e o que não gosta. Além disso, você vai começar a reconhecer traços da personalidade: se seu bebê é expressivo e simpático ou moderado e reservado ou até mesmo tímido ou um pouco sério. Existem bebês que adotam um padrão desde pequenos e o mantêm até a idade adulta, outros mudam com o passar dos anos.

O que um bebê deve comer no décimo mês de vida?

décimo mês de vida do bebê

Durante o décimo mês de vida do bebê, praticamente já foram incluídos quase todos os alimentos saudáveis na sua dieta. Falta agora saber as quantidades adequadas para uma nutrição adequada, que seja saudável e suculenta. Assim você vai contribuir com o desenvolvimento físico e mental do seu bebê. O ideal é dar ao seu filho porções diárias dos seguintes nutrientes:

  • ¼ de xícara de grãos (aveia, cevada, trigo ou arroz).
  • ½ xícara de fruta (existe uma grande variedades de frutas que bebês dessa idade podem comer).
  • ½ xícara de legumes e verduras (existe uma grande variedades de legumes e verduras que bebês dessa idade podem comer).
  • 1/8 de proteína (ovo, carnes magras, carne de frango, etc.).
  • ½ xícara de laticínios (iogurte, queijo ou requeijão).
  • ½ xícara de refeições diárias (macarrão com frango, sopas, guisados, canjas, etc.).

Alimentar seu bebê nessa idade é muito fácil. Siga esses conselhos sem se esquecer das três mamadeiras de leite materno ou artificial de, aproximadamente, 150 ml por dia.

Recomendações para o décimo mês de vida do bebê

décimo mês de vida do bebê

Muitas mães já sabem da praticidade de seguir as recomendações que daremos agora. Não fique para trás. Comece a aplicá-las também!

  • Recomenda-se permitir que seu bebê fique descalço se você perceber que já realiza tentativas de andar. Isso oferece mais estabilidade e evita escorregões.
  • O bebê vai precisar de você nas tentativas de dar os primeiros passos. Assim você deve prestar atenção nas suas costas para que não se machuque devido à postura agachada.
  • Para muitas pessoas é uma polêmica falar sobre o andador. Em alguns países, como no Brasil e no Canadá, por exemplo, sua venda é proibida. Principalmente porque acredita-se que esse aparelho desenvolve uma falsa sensação de segurança que some ao tirar o andador e atrasa o andar nas crianças.
  • Como você vai ver, o bebê vai querer andar pela casa toda e não sabe o que é o perigo. Assim, deixe a casa preparada para os primeiros passos do bebê.
  • Vivemos dias muito movimentados. Assim é preciso separar um tempo para ficar com a família. Ver a mamãe e o papai brincar e rir junto com o bebê vai reforçar o sentimento de segurança e fortalecer a autoestima.
  • Convide um casal de amigos que tenha um bebê com idade parecida com a do seu filho para que eles possam brincar e passar um tempo juntos. Assim, o bebê vai entender que também existem pessoas fora do meio familiar e vai aprender a socializar.