O que é e como fazer um plano de parto?

1 de junho de 2017

De uma forma ou de outra todas as mulheres grávidas estão preparando seu próprio parto. Inclusive parece até que a maior parte das preocupações das mulheres nesta fase é a hora de dar à luz. No entanto, é preciso muita organização nesse assunto já que fazer um plano de parto pode eliminar muitos problemas quando o dia chegar.

Algumas mulheres são muito organizadas e metódicas, outras são mais espontâneas. No caso de um evento tão importante como o nascimento é aconselhável planejar com detalhes. Embora não saibamos exatamente alguns aspectos tais como data de nascimento, a maioria dos detalhes pode ser calculados com antecedência.

Um plano de parto não é obrigatório, mas ajuda muito. Onde o bebê vai nascer? Quanto você vai gastar? Quem vai participar? Lembre-se que aparecerão surpresas na última hora que não podem ser previstas, portanto é conveniente deixar preparado o que puder ser feito antes.

O que queremos dizer com plano de parto?

Um plano de parto refere-se ao planejamento que fazemos com o propósito de organizar tudo que está relacionado ao nascimento do nosso bebê. Não é um esquema com um formato fixo, cada pessoa o faz de acordo como o seu gosto e necessidades. Independentemente de como se faça é recomendável que seja por escrito, assim você poderá seguir de forma organizada sem se esquecer de nada, além da nossa família também poder ter acesso ao que você está pensando.

Nunca é tarde demais para começar a fazer o seu plano de parto. No entanto é recomendado que seja feito com antecedência pois muitos detalhes vão ficando mais precisos a medida que se aproxima do grande dia. Também recomendamos que o seu plano seja flexível porque muitas coisas podem mudar no último minuto.

O plano de parto consiste em aspectos básicos que às vezes não levamos em consideração. Por exemplo, no caso do lugar do nascimento do bebê que nem sempre será exato. Lembre-se que um parto natural pode ocorrer de surpresa no momento e no lugar menos esperado.

Como fazer o plano de parto?

Para começar é preciso fazer uma série de perguntas básicas. Quando chega a hora de receber o bebê é importante estar tranquila e para que isso aconteça ajuda muito ter segurança e confiança. Se você organizar tudo com antecedência pode chegar menos estressada na última fase da gravidez, o que é muito benéfico para dilatação e o processo de parto.

Um plano de parto pode conter os seguintes aspectos:

  • Decida se você vai ter seu bebê em um hospital ou em casa. Se você decidiu dar à luz em um hospital considere todas as probabilidades em seu plano. O quão perto eu estou do centro médico? Quais as opções que eu tenho para chegar lá? Meu médico de confiança tem a oportunidade de me atender ali?
  • No caso de escolher ter o parto em casa é muito importante tomar as precauções necessárias. Eu tenho tudo o que o bebê necessita, espaço e de higiene adequada? É desejável ter uma parteira responsável sempre que possível.
  • Na sala de parto alguns de nossos parentes podem estar presentes. Quem vamos querer que nos acompanhe?
  • Pense se vai querer receber anestesia no momento das contrações e escreva no plano para que sua família também possa saber
  • Considere a posição que você pretende para dar à luz
  • Qual é a roupa que você vai usar? O que você vai levar no seu enxoval?

  • Considere as chances caso seja necessário uma cesárea.
  • Você já tem calculado os gastos do parto? Quanto dinheiro eu vou ter para esse momento?
  • Consulte com o com seu médico as suas principais dúvidas e assim pode evitar que muitos detalhes sejam pegos de surpresa.

O que fazer com o seu plano de parto?

Lembramos que o seu plano de parto nunca estará completo porque é impossível adiantar alguns detalhes importantes. Por esta razão é recomendado pensar em várias alternativas para cada um dos planos. É essencial que haja flexibilidade nesse plano. Além disso é conveniente que se faça alterações com frequência de acordo com as necessidades e contexto.

Uma vez que o plano esteja suficientemente claro e completo é recomendável que você mostre ao seu médico. O obstetra irá ajudá-la a encontrar respostas específicas como por exemplo sobre as políticas de cada hospital.

Como não sabemos o quão diferente será o nosso parto é aconselhável que pense no seu planejamento como uma coisa sujeita a mudanças. Consideramos as preferências e desejos sobre o evento para que você saiba que não é algo imutável.

Embora seja muito provável que os problemas do momento farão você perder completamente o planejamento, só o fato de ter um plano gera confiança. Ao mesmo tempo, pode acontecer de os outros não saberem como responder certas perguntas mas você poderá encontrá-las por conta própria.