Como tratar as unhas encravadas?

20 de março de 2019
As unhas encravadas são muito dolorosas e podem ter consequências negativas. No artigo a seguir, contamos o que você pode fazer para amenizar esse problema. Anote!

As unhas encravadas ocorrem por muitas razões, seja pelo corte incorreto das unhas, por uma condição hereditária ou pelo uso de calçados inadequados. Na verdade, é um caso muito comum que aparece com mais frequência nos dedos dos pés, embora também possa ocorrer nos dedos das mãos. Portanto, no artigo a seguir, vamos dizer como tratar as unhas encravadas.

Por que as unhas encravam?

As unhas encravam por causa da diferença entre o tamanho da unha e da borda da pele da unha. Essa condição deve ser tratada assim que for identificada. Em qualquer caso, você não deve se preocupar demais. Afinal, na maioria das vezes você pode tratar as unhas encravadas em casa mesmo.

Isso é possível desde que a unha encravada não apresente sinais de infecção, como inchaço, calor ao toque, pus ou mau cheiro. A infecção ocorre quando a unha penetra na pele, proporcionando uma entrada conveniente para os germes.

tratar as unhas encravadas

Nessas situações, considere tentar deixar a unha crescer. Outra coisa que você pode fazer é colocar os pés de molho em água morna com sal. Depois, seque bem com uma toalha limpa e aplique uma solução antisséptica na área afetada.

No entanto, se você não tiver certeza de que pode lidar com o tratamento das unhas encravadas em casa, procure um podólogo. Esse especialista vai realizar o procedimento com uma anestesia local, cortando ou removendo a unha infectada com um pequeno procedimento cirúrgico.

Como tratar as unhas encravadas?

Deixe de molho, nunca cave a pele

Depois identificar se a unha está encravada, é hora de agir. Algo que você nunca deve fazer é cavar a pele para tentar remover a unha encravada. Isso pode machucar ainda mais e aumentar o risco de lesões. Em vez disso, deixe área afetada de molho na água morna com sabão para amaciar a pele.

Colocar a área afetada de molho faz com que as unhas fiquem mais macias e facilita na hora de remover a infecção. Tenha em mente que a infecção é o maior perigo de uma unha encravada e deve ser tratada com cuidado.

Por isso, também é recomendado deixar de molho na água com sal para reduzir a dor e a inflamação. Se precisar, repita esse procedimento de 3 a 4 vezes por dia.

Por fim, chega o momento de colocar uma bandagem no dedo que servirá como uma barreira contra as bactérias. Não se esqueça de que, quando a unha voltar a crescer, é preciso cortá-la o mais reto possível. O mau corte da unha é a causa mais comum de unhas encravadas, como veremos abaixo.

Para tratar a unha encravada, tire algum tempo para sentar e lavar a área afetada com calma, além de usar um sabonete antibactericida.

Contudo, se a unha encravada estiver infectada, é importante realizar uma intervenção com um profissional para remover a parte da unha que está crescendo na pele. Nesse caso, o dedo receberá anestesia e o paciente poderá seguir com um tratamento antibiótico.

Como prevenir as unhas encravadas?

Cortar as unhas corretamente

O fato de cortar as unhas corretamente ajuda muito a evitar as unhas encravadas. Com um cortador de unhas de segurança, corte em linha reta, de modo que o canto da unha fique visível. Se você cortar a unha muito curta, estará permitindo que o canto da unha cresça na pele.

Cortar a unha corretamente evita as unhas encravadas

Usar sapatos confortáveis

Recomenda-se não usar sapatos e meias muito apertados, pois é uma das principais causas das unhas encravadas.

Da mesma forma, para evitar uma unha encravada se desenvolva ou piore, é aconselhável usar sapatos que deixam um espaço maior na área dos dedos. Os sapatos adequados devem permitir que você mova os dedos facilmente no seu interior.

Por fim, recomendamos que você nunca ignore uma unha encravada infectada, pois a infecção pode se espalhar e causar maiores complicações.