6 atividades para desenvolver a espiritualidade nas crianças

A espiritualidade pode ajudar seus filhos a serem mais felizes e mais fortes e a viver com propósito. Conheça algumas atividades que ajudam a desenvolvê-la.
6 atividades para desenvolver a espiritualidade nas crianças
Elena Sanz Martín

Escrito e verificado por a psicóloga Elena Sanz Martín.

Última atualização: 09 novembro, 2022

Você já considerou a necessidade de desenvolver a espiritualidade nas crianças? Aquelas famílias que praticam uma religião tendem a colocar suas crenças e valores em um ponto central da educação, mas e aquelas que não professam nenhum credo? Na verdade, religião e espiritualidade são conceitos que podem estar relacionados, mas não são a mesma coisa. Todos podemos nos beneficiar trabalhando com nossa dimensão espiritual e especialmente com os pequenos.

As crianças vêm ao mundo carregadas de pureza e inocência, com mente e coração limpos. Elas não se julgam, não prejudicam deliberadamente os outros e são capazes de apreciar e admirar a beleza de tudo que as cerca. Infelizmente, no processo de socialização e com o passar dos anos, é comum que essas qualidades se percam. Assim, desenvolver a espiritualidade nas crianças muitas vezes consiste em ajudá-las a permanecer conectadas com sua essência. Se você quiser saber como fazer isso, continue lendo.

Por que é importante desenvolver a espiritualidade nas crianças?

Nossa sociedade é cada vez mais mental, individualista e materialista. A lógica e a razão são recompensadas e as emoções, a intuição e a capacidade de sentir são invalidadas. Por esse motivo, muitas pessoas esquecem a importância de se conectar com a espiritualidade, apesar de ser algo inerente ao ser humano.

Abraham Maslow, em sua famosa pirâmide de necessidades, coloca a autorrealização no topo da figura. O desejo de dar sentido às nossas vidas, de ter um propósito, de nos reconhecermos como algo mais do que matéria, nos acompanha ao longo da vida, por isso é importante que saibamos satisfazer esta necessidade para nos sentirmos realizados.

Além disso, várias pesquisas descobriram que as pessoas espirituais têm grandes vantagens a nível psicológico e emocional. Elas são mais otimistas e resilientes, têm maior autoestima e força e conseguem se integrar melhor em seu ambiente. Além disso, são capazes de lidar melhor com a doença e a adversidade e apresentam uma recuperação mais favorável.

Como desenvolver a espiritualidade nas crianças?

Como você pode ver, os benefícios de desenvolver a espiritualidade são numerosos. Por isso, queremos propor algumas atividades que, implementadas no dia a dia de seus filhos, os ajudarão a alcançá-la de maneira fácil, natural e divertida.

O contato com a natureza contribui para a saúde física e mental das crianças, o que ajuda a conectá-las com sua espiritualidade.

1. Contato com a natureza

Passar tempo em contato com a natureza não é apenas benéfico para a saúde física e mental dos pequenos, mas também pode ajudá-los a se conectar com sua espiritualidade. A questão é que ao caminhar por uma floresta, nadar no mar ou observar as diferentes espécies de flora e fauna que os cercam, os pequenos só podem admirar e apreciar a beleza de toda a criação.

Isso os ajudará a se sentirem parte da Terra, este belo planeta que nos acolhe. Além disso, eles aprenderão a respeitar e valorizar cada forma de vida. Por fim, poderão sentir a conexão com todo o ambiente e entender que fazem parte de algo muito maior.

2. Atividade física

Ao desenvolver a espiritualidade nas crianças, é importante que elas entendam que seu corpo é como um templo. É o magnífico veículo que lhes permite viver, sentir e experimentar cada dia. Portanto, eles devem honrá-lo, cuidar dele e respeitá-lo. E, para isso, a atividade física é essencial.

Correr, dançar, jogar ou praticar qualquer tipo de esporte permite que os pequenos se tornem amigos de seus corpos e os mantenham saudáveis. Além disso, é uma excelente maneira de canalizar e gerenciar emoções. Tenha em mente que nesses casos o plano físico e o plano psíquico sempre andam juntos.

3. Amor-próprio

A espiritualidade nos ajuda a entender que nossa própria existência é valiosa. Além disso, o simples fato de estarmos vivos nos torna válidos e suficientes para que não tenhamos que mascarar nosso ser interior para nos encaixarmos. Esta é uma das lições mais úteis ao longo da vida. Portanto, certifique-se de que seus filhos tenham um bom nível de autoestima, que eles saibam que são dignos de carinho e respeito e que se lembrem de permanecer fiéis a si mesmos.

4. Aprenda a ouvir a intuição

Este lugar parece certo para mim? Essa pessoa me causa paz ou desconforto? Estou tomando essa decisão por convicção ou por medo? Essas são algumas perguntas que só a intuição pode responder e que é importante que as crianças comecem a se perguntar. Além do raciocínio lógico, às vezes sensações e palpites nos oferecem informações valiosas que não devemos ignorar. Incentive seu filho a ouvir sua voz interior todos os dias. Este será o seu melhor guia.

A espiritualidade permite que as crianças se coloquem no lugar dos outros, desenvolvendo a compaixão e a empatia.

5. Pratique a compaixão

A espiritualidade não diz respeito apenas a si mesmo, mas também ao olhar com que percebemos os outros, à nossa capacidade de nos conectarmos com eles e de sermos empáticos e compassivos. Por isso, é preciso ensinar os pequenos a se colocarem no lugar dos outros antes de julgá-los. Para isso, devemos incentivá-los a perceber suas dores, suas deficiências ou os motivos que podem levá-los a agir de forma incorreta.

Se os pequenos entenderem que somos todos iguais e valiosos em termos de essência espiritual, evitarão prejudicar os outros. Além disso, sua tendência a sentir inveja, ódio, raiva ou ressentimento diminuirá significativamente. A compaixão nos une e engrandece nosso espírito.

6. Meditação

Por fim, você pode incentivar seu filho a praticar meditação ou mindfulness no dia a dia. Esses tipos de técnicas lhe darão o espaço necessário para se conectar com sua essência, cultivar sua paz e viver com autoconsciência. Você pode usar áudios de meditação guiada, ouvir frequências musicais relaxantes ou até mesmo recitar mantras. Trata-se de ter alguns minutos de tranquilidade e calma para estar consigo mesmo. Afinal, como dizem, meditar é passar tempo com a alma.

Pés no chão e olhos no céu

Como você pode ver, a espiritualidade não é algo tão abstrato, estranho ou intangível. Na realidade, é mais uma parte de todos os indivíduos que precisa ser cuidada e trabalhada para encontrar a felicidade e a autorrealização no dia a dia. Desenvolver a espiritualidade nas crianças é lembrá-las de quem elas são e qual é a sua grandeza, ajudá-las a lidar com as emoções humanas e ensiná-las que todos os recursos de que precisam estão dentro delas. É, em suma, mostrar a elas como passar por esta vida com os pés no chão, mas com os olhos no céu.

Pode interessar a você...
Uma escola onde há mais meditação e menos castigo
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Uma escola onde há mais meditação e menos castigo

Na Robert W. Coleman Elementary School, em Baltimore, foi descoberta uma excelente alternativa ao castigo: a meditação. Saiba tudo sobre esse tópic...


Todas as fontes citadas foram minuciosamente revisadas por nossa equipe para garantir sua qualidade, confiabilidade, atualidade e validade. A bibliografia deste artigo foi considerada confiável e precisa academicamente ou cientificamente.



Os conteúdos de Sou Mamãe servem apenas para fins educacionais e informativos. Em nenhum momento substituem o diagnóstico, o aconselhamento ou o tratamento de um profissional. Em caso de dúvida, é recomendável consultar um especialista de confiança.