Coisas que o seu filho pode lhe ensinar

14 de maio de 2017

A infância, sem dúvidas, é a etapa mais doce e terna, marcada pela pureza, inocência e transparência. Por isso, geralmente é o estado da vida que as pessoas aproveitam mais. Hoje você admira a vida e as travessuras dos seus filhos, sem reparar naquelas coisas que seus filhos podem lhe ensinar.

Sim, temos muito o que aprender com as crianças. Chegam às nossas vida para nos marcar, ensinar e terminam por nos moldar como pessoas. Existem dois caminhos para observá-lo: pare para olhar o seu filho durante os dias ou viaje com a sua mente para a sua infância para lembrar a verdadeira felicidade e o gozo pleno da vida.

Nesse artigo explicaremos porque o seu filho vai mudar você e esclareceremos as coisas que os ele pode lhe ensinar, para ser uma pessoa melhor e a viver mais intensamente. Descubra conosco!

Coisas que os seus filhos podem lhe ensinar

Há de tudo entre as coisas que os seus filhos podem lhe ensinar. É que, dependendo do aspecto focalizado, você notará que eles têm uma grande diversidade de lições para nos dar. Depende apenas de nós aprendermos com a luz que eles irradiam, ou seguir em nossa vida cinza e corrompida de adultos.

Sobre dons e características pessoais

  • .Deixar de lado o egoísmo para optar pelo altruísmo. Uma pessoa aprende com o filho a ter foco naquelas coisas que realmente importam, como não se preocupar e cuidar de si mesmo, mas também, e fundamentalmente em outra pessoa. Sem pensar em nada, logo você estará respirando pelos dois.
  • .Demonstrar os sentimentos e ser afetuosa. Entre as coisas que o seus filhos podem lhe ensinar encontra-se poder demonstrar sem pudor sentimentos e o afeto às pessoas que gostamos. Cada beijo, carinho, abraço ou outra maneira de carinho infantil sem filtro converte você numa pessoa mais amorosa.
  • . Curiosidade. Com o passar dos anos você perdeu a curiosidade e, ao se tornar mãe, com suas profundas reflexões e perguntas não feitas pode comprovar a beleza e o mistério que oculta essa palavra. Assusta as coisas que você acha natural, que não foram questionadas nem notadas, e que ele se interessa mesmo sendo tão novo. Comemore seu novo nascimento e aprenda a ser curiosa novamente.
  • . Paciência. Seja uma criança dorminhoca ou tranquila ou que grita e é super ativa, você deve aprender com ele algo que toda criança sabe administrar perfeitamente: ser paciente. Não são pacientes? Então note a insistência, perseverança e capacidade de espera que mostram na idade dos porquês ou quando algo não vai bem e com tenacidade tentam outra vez sem se desesperar e repense esse dom único que eles possuem.
Aprenda com seus filhos

Sobre a nossa atitude diante da vida

. Sorria. Você se lembra quando era criança e ria de tudo, sem reparar o lado obscuro da vida? E ainda acredita que é a vida que mudou, se tornando cruel contigo agora que você é adulta? Jogue fora essa menininha que leva dentro de si e sorria apesar da tempestade. Olhe toda a beleza que a vida oferece: seu filho, nada mais nada menos, quando você o ver, provavelmente terá um sorriso mais lindo que o amanhecer. Que o seu sorriso seja a carta de apresentação de sua maneira de ser como na sua infância, lembre de sorrir sozinha e por prazer.

. Encontre a alegria. Quando somos crianças, acreditamos que nossa vida será completa. Isso está claro, mas ainda nos falta conhecer o que realmente é esse caminho cheio de aprendizagens, medos, sucessos e fracassos. Mesmo naqueles dias difíceis, seus filhos colocam cor e convertem o mundo numa “felicilândia”. Lembre-se da sua infância e comece a aproveitar e a valorizar as coisas belas e simples que a vida oferece, aproveitando cada coisa que faça e que aconteça.

. Divirta-se. Uma das coisas que os seus filhos podem lhe ensinar é a se divertir e brincar novamente como quando você era uma criancinha. Por acaso você pensava que quando fosse adulto tomaria chá em minúsculos copos de plástico, que iria virar um pônei e brincar com o barro? Sinta e viva como se fosse ontem.

Em relação aos valores enaltecem

. O mais puro amor, eterno e incondicional, especialmente, em relação aos nossos heróis da infância: mamãe e papai. Chegada a adolescência, deixamos de um lado esse amor tão leal em relação aos personagens que fizeram o impossível por nós, com tanto esforço e dedicação, para nos fazer feliz. Por isso aproveite seus pais, abrace-os e demonstre que esse profundo amor se mantém intacto apesar dos anos e das circunstâncias.

. Capacidade de pedir perdão e perdoar. Uma das lições que você pode dar ao seu filho é dizer com facilidade e total convencimento o “desculpe” tão pouco comum entre os adultos. Ou por acaso o seu filho, ao ser chamado a atenção por algum erro que cometeu, não é mais rápido que um bombeiro para desculpar-se? Imagine um mundo onde todos diriam “desculpa” mais frequentemente e com a sinceridade das crianças.

. Aprenda a acreditar. O olhar otimista do seu filho não seria nada mal, lembre-se que os filhos podem acreditar que tudo pode melhorar, são um recipiente sem fundo adornado de esperanças e sonhos. Inclusive, eles acreditam que podem conseguir tudo mediante a imaginação. Porque são seres de luz, siga seus passos: confie mais e tema menos.

Aprenda com seus filhos

Respeite o valor das pequenas coisas

. Olhe as estrelas. Quando foi a última vez que você teve um tempo seu e sentou para olhar com tranquilidade as estrelas? Ainda brilham para você, por isso deixe o estresse de lado e contemple a beleza que ainda hoje o firmamento pode oferecer. Uma simples atitude que pode dar muita paz e relaxar a sua mente.

. Aproveite a chuva. Quando criança quem não olhava a chuva cair pela janela? Respire fundo para sentir seu cheiro, aprecie as gotas deslizarem suavemente pelo vidro se unindo e se fundindo com outras, observe o impacto da chuva nas poças e, porque não, saia para sentir a chuva fresca no seu corpo, pule sobre as poças, lembre o prazer que significava para você esse pequeno acontecimento.

. Vá ao parque ou ao campo. Que lindo é aproveitar a natureza, correr no pasto, sentir o cheiro da liberdade! Abandone de vez o mundo virtual e esqueça o sofá na sua hora de descanso: fuja para aproveitar um pouco o ar livre. Sinta o vento bater no seu rosto, escute com atenção o cantar dos pássaros, observe o ir e vir dos galhos das árvores e corra atrás dos seus filhos. Não existe melhor forma de se sentir vivo.

. Conheça sua comunidade. Com certeza, quando você era criança se sentia muito feliz quando ia falar e convidar outras crianças para brincar, porque bastava apenas exibir um sorriso tímido ou dividir o seu brinquedo favorito.Trata-se disso, de socializar, de fazer novos amigos.O novo método? Fácil: cumprimente e sorria para o próximo.

Ser feliz como na infância é fácil já que todas essas coisas mínimas onde reside o segredo da felicidade permanecem presentes na sua vida cotidiana. O único que muda é o vidro pelo qual você o observa. Que a rotina e o dia-a-dia não vençam: ame, viva e aproveite tudo o que o rodeia como criança.