Frieiras em crianças: o que fazer?

Frieiras em crianças são condições benignas e inflamatórias da pele. Saiba como preveni-los.
Frieiras em crianças: o que fazer?

Última atualização: 21 abril, 2022

As frieiras em crianças, também conhecidas como eritemas pérnios, são reações que são geradas nas extremidades distais quando expostas a temperaturas extremas, como o frio.

Ocorre mais frequentemente na população feminina e jovem, segundo estudos da Pediatrics. Por sua vez, também são observadas em pessoas expostas a climas frios ou que sofrem do fenômeno de Raynaud.

Como as frieiras se manifestam em crianças?

Os sintomas e sinais aparecem dentro de 2 a 14 horas após a exposição ao clima frio. Podem ser classificadas como agudas ou crônicas, de acordo com o momento em que as lesões aparecem a partir da exposição.

Pé com frieiras do frio.

Os locais do corpo mais afetados são as orelhas, mãos, pés ou pernas. A criança geralmente manifesta os seguintes sintomas:

  • Vermelhidão e edema locais.
  • Caroços na pele.
  • Ardor ou coceira nos primeiros momentos.
  • Úlceras ou bolhas (em casos graves).

Podem ser confundidas com processos de artrite no momento do diagnóstico devido à sua localização ao redor das articulações dos dedos dos pés ou das mãos.

As lesões que começam apenas com inflamação local podem ulcerar e correm o risco de apresentar infecção ou outras complicações (despigmentação ou cicatrizes anormais).

Por que aparecem?

Em geral, a causa exata dessa patologia não é conhecida. Na maioria dos casos, as frieiras geralmente aparecem como uma resposta do corpo a baixas temperaturas (sem atingir o limiar de congelamento).

Quando o corpo é exposto ao frio e ao aquecimento subsequente, os vasos sanguíneos sob a pele se expandem mais rápido do que as veias maiores podem aceitar. Como resultado, há uma transferência de sangue para os tecidos próximos e os sinais acima mencionados aparecem.

O aparecimento do eritema pérnio tem alguns fatores de risco que podem aumentar as chances do seu aparecimento:

  • Usar roupas apertadas ou inadequadas para se proteger do frio.
  • Estar abaixo do peso para a altura.
  • Ter problemas de circulação.
  • Ter a doença de Reynaud ou um distúrbio autoimune.
  • Estações frias e secas.

Manejo de frieiras em crianças

As frieiras tendem a desaparecer por conta própria dentro de 2 a 3 semanas. No entanto, se as baixas temperaturas persistirem ou se houver um fator predisponente, podem aparecer úlceras ou bolhas e existe o risco de que a situação se torne crônica.

A melhor forma de tratá-las é a prevenção, evitando a exposição ao frio e praticando exercícios físicos. Uma vez que as lesões aparecerem, elas devem permanecer protegidas e em temperaturas quentes e é importante repousar. Da mesma forma, certas medidas podem ser tomadas para acelerar a evolução e aliviar o desconforto que elas geram.

Se não desaparecerem com esses remédios, o médico pode prescrever cremes e medicamentos especiais para pressão arterial, dilatar os vasos e melhorar a circulação sanguínea.

1. Temperatura corporal adequada

De acordo com publicações de Current treatment options in Cardiovascular Medicine, a premissa mais importante é manter todo o corpo aquecido. A pele afetada deve ser reaquecida suavemente, sem esfregar, coçar ou aplicar fontes diretas de calor.

Além disso, outra opção que pode ser implementada é o uso de meias, luvas, gorros (que cobrem a cabeça e as orelhas) e um lenço. As meias devem ser 100% algodão e materiais sintéticos devem ser evitados.

2. Realizar atividades esportivas para prevenir frieiras em crianças

A inflamação dolorosa é gerada pela constrição dos pequenos vasos nas áreas afetadas. Portanto, há má nutrição dos tecidos, com consequente diminuição da temperatura local.

Sabe-se que a atividade esportiva faz bem à saúde e ao corpo como um todo. Consequentemente, o exercício de baixa intensidade favorecerá a vasodilatação e a correta circulação do sangue nos vasos sanguíneos.

3. Hidratação da pele

Manter a pele em condições ideais é extremamente importante porque a pele seca é mais suscetível a ser atacada por agentes externos. Por sua vez, quando muito úmida, a pele aumenta suas chances de perder calor. Mesmo nessas condições, deve-se evitar coçar a lesão para não danificar ainda mais a superfície.

4. Cuidar da área afetada

As partes do corpo onde aparecem frieiras devem ser mantidas limpas. A melhor maneira de fazer isso é com sabonetes ou produtos antissépticos, enfaixando levemente para evitar o aparecimento de lesões. É importante que essas áreas estejam sempre secas, quentes e nunca arranhem a pele.

5. Boa nutrição para prevenir frieiras em crianças

Há uma maior predisposição para frieiras em crianças que estão abaixo do seu percentil de peso. Por isso, recomenda-se uma alimentação variada e correta para evitar a desnutrição ou o baixo peso.

Produtos cafeinados são desaconselhados devido ao seu poderoso efeito vasoconstritor (café, cola, chá e bebidas energéticas).

6. Ambientes adequados

A escolha dos ambientes em que a criança se encontra é de grande importância, pois estar cercada de fumantes afetará negativamente essa condição. A nicotina é um vasoconstritor que influencia não só quem a consome ativamente, mas também quem a consome passivamente.

Frieiras em crianças.

Os ambientes temperados são os mais propícios para prevenir ou fazer parte do tratamento desse tipo de patologia cutânea.

7. Cremes tópicos de corticosteroides para tratar frieiras

O uso de cremes de corticosteroides tópicos deve ser administrado de maneira limitada. Ou seja, segundo relatórios da National Organization for Rare Disorders, eles devem ser aplicados nos casos em que a coceira ou a inflamação for intensa por no máximo três dias.

Esse medicamento ajuda a reduzir os sintomas devido ao seu efeito anti-inflamatório. No entanto, quando as frieiras se complicam, ulceram ou infeccionam, antibióticos orais ou locais devem ser prescritos. Em casos graves em que os sintomas e sinais são mais expressivos, o tratamento com vasodilatadores orais é indicado para melhorar a circulação sanguínea.

Em qualquer caso, a medicação para tratar frieiras deve sempre ser tomada sob indicação médica.

A importância dos cuidados com a pele

A pele atua como uma barreira de defesa contra agentes externos que podem causar uma lesão a ela e estender seus danos além dela. Embora na maioria dos casos as frieiras em crianças sejam afecções menores, de fácil tratamento e que não costumam apresentar complicações, é de grande importância manter a superfície da pele hidratada, protegida e cuidada.

Essas medidas, juntamente com a proteção contra o frio, mudanças bruscas de temperatura e uma vida ativa, são as melhores formas de prevenir seu aparecimento nas crianças.

No entanto, se você tiver dúvidas ou pequenos sintomas, é aconselhável consultar um médico. Dessa forma, o caso pode ser tratado a tempo, evitando o aparecimento de feridas. Essa é uma das principais complicações do pérnio eritema devido ao possível risco de infecção.

This might interest you...
Proteção da pele de crianças com câncer
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Proteção da pele de crianças com câncer

A pele de crianças com câncer é mais sensível e, portanto, deve ser tratada com mais cuidado e delicadeza. Vamos explicar como você pode fazer isso...



  • Almahameed A, Pinto DS. Pernio (chilblains). Curr Treat Options Cardiovasc Med. 2008 Apr;10(2):128-35. doi: 10.1007/s11936-008-0014-0. PMID: 18325315.
  • Goette DK. Chilblains (perniosis). J Am Acad Dermatol. 1990 Aug;23(2 Pt 1):257-62. doi: 10.1016/0190-9622(90)70209-z. PMID: 2212122.
  • Mayo Clinic. Sabañones. Diciembre 2020.
  • Prakash S, Weisman MH. Idiopathic chilblains. Am J Med. 2009 Dec;122(12):1152-5. doi: 10.1016/j.amjmed.2009.07.011. PMID: 19958897.
  • Simon TD, Soep JB, Hollister JR. Pernio in pediatrics. Pediatrics. 2005 Sep;116(3):e472-5. doi: 10.1542/peds.2004-2681. PMID: 16140694.
  • TOBÓN, MARÍA XIMENA, & RODRÍGUEZ, GERZAÍN. (2013). Eritema pernio: una enfermedad misteriosa. CES Medicina27(1), 113-126. Retrieved November 30, 2020, from http://www.scielo.org.co/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0120-87052013000100013&lng=en&tlng=es.