3 exercícios para ajudar os bebês a andar

· 26 de janeiro de 2017

Ensinar seu filho a andar sem pular etapas nem exigir demais pode ser uma boa maneira de compartilhar um tempo extra com ele, participar mais de seu desenvolvimento e consolidar o vínculo afetivo entre a mãe e o bebê

Exercícios para bebês que ajudam a aprender a andar, antes de tudo, devem ser exercícios que os deixem confortáveis.

Se uma criança não quer fazer exercícios, não se deve obrigá-la por motivo nenhum.

Todas as atividades para crianças, sobretudo com crianças pequenas devem ser interessante para ela e se relacionar com algum tipo de jogo.

Quando seu filho chora cada vez que você o coloca no chão e o incentiva a caminhar, você deve buscar uma nova alternativa ou incluir algum elemento extra ao exercício para despertar a curiosidade dele.

Algum dos 3 três exercícios para ajudar os bebês a andar que apresentamos em Sou mamãe poderá ser efetivo para você e seu filho.

Por isso incentivamos que você os conheça.

As fases de um bebê

Desde as primeiras fases tem início o desenvolvimento psicomotor dos bebês: eles fortalecem a musculatura e aprendem a coordenar melhor seus movimentos.

As primeiras peripécias de um bebê são exercícios que possibilitam o domínio de outras habilidades.

Pouco a pouco a criança começa a levantar a cabeça, se virar no berço, sentar, engatinhar, se colocar de pé, andar e correr. Tudo a seu tempo e com muito esforço de sua parte.

Cada vez que o bebê chega a uma nova fase é preciso que ele treine bem suas novas habilidades para poder se sentir completamente seguro e seguir em frente.

Por exemplo, para poder andar primeiro é preciso conseguir ficar bem em pé; e para se colocar em pé, primeiro é preciso saber se sentar e assim sucessivamente.

3 exercícios para ajudar bebês a andar

Quando o pediatra sugerir que seu filho está com os músculos e a coluna vertebral preparados, desenvolvido fisicamente e pode enfrentar desafios, incentive-o a andar.

Lembre-se de que você pode ser um sujeito agente nessa etapa que seu filho precisa vencer. Tenha consciência que a sensação de segurança ajuda seu filho a dominar os movimentos de forma mais rápida.

Muito importante! Antes de tentar fazê-lo andar certifique-se de ele esteja calçado com tênis ou sapatos cômodos de sola macia. Você também pode deixá-lo descalço ou da forma que ele se sentir mais confortável.

Exercício 1

Coloque seu filho na sua frente, deixe-o bem firme e o segure pelas mãos.

Em seguida, comece a contar: um, dois; um, dois, enquanto você empurra suavemente, com as pontas dos seus pés, os pequenos pés do bebê.

O número um sempre vai coincidir com o pé direito e o número dois com o pé esquerdo.

Continue fazendo enquanto seu filho quiser.

É claro que ele não sabe o que sua contagem significa, nem o que ele está fazendo. Os fonemas servirão para relacionar com os movimentos e o fato de caminhar pela casa será uma experiência muito interessante que ele irá querer repetir em breve.

andar-2

Exercício 2

Coloque o bebê no chão, deixe que ele fique firme e apoiado em algum móvel. Procure sua chupeta, seu brinquedo preferido ou qualquer objeto que chame sua atenção e coloque em algum lugar próximo que o bebê não consiga pegar esticando as mãos.

Estimule insistentemente o bebê a pegar o objeto. Sorria e bata algumas palmas para encorajá-lo.

Após alguns segundos, depois que o bebê medir a distância até o objeto ele começará a dar pequenos passos.

Quando ele chegar, deixe que pegue seu prêmio. Elogie com palavras amáveis, fique alegre e faça de novo com outro objeto.

andar-3

Exercício 3

Coloque o bebê em um pequeno cercado, pegue um brinquedo que ele goste muito e coloque no outro extremo do cercado, longe dele.

Incite felizmente o bebê a alcançar o brinquedo. No início ele dará a volta no cercado enquanto se segura para ficar de pé. Mas, à medida que ele adquire confiança você pode incentivá-lo a seguir o caminho mais curto para chegar ao seu objetivo.

Assim, ele deverá se soltar de onde estiver se segurando para chegar ao outro lado, onde encontrará seu troféu.