Benefícios da matronatação para bebês

27 de outubro de 2019
A matronatação promove a estimulação aquática de bebês, usando a brincadeira como um elemento lúdico, com muitos benefícios. Além da diversão do recém-nascido, é muito importante o fortalecimento da conexão entre o bebê e seus pais.

Os bebês precisam de muitas horas de sono para se desenvolverem, mas, quando estão acordados, as atividades são fundamentais em sua educação. A matronatação é uma excelente proposta para estimular o corpo e a mente dos bebês.

Entre outros benefícios, essa atividade aquática permite que pais e filhos fortaleçam seu vínculo afetivo e curtam momentos de relaxamento e aprendizado.

O que é a matronatação para bebês?

Embora a matronatação proponha uma série de movimentos e posições, não devemos interpretá-la como uma simples atividade física. Seu objetivo não é apenas ensinar o bebê a nadar, porque o sistema locomotor do pequeno é adequado para nadar apenas após o quarto mês de vida.

Por um lado, usando a brincadeira como elemento lúdico, a matronatação promove a estimulação aquática dos bebês. Com a ajuda de seus pais, os pequenos experimentam a sensação de se mover na água e também aprendem a flutuar. Por outro lado, a atividade propõe uma troca de sensações, toques e experiências entre os bebês e os pais.

A matronatação também atua como um estágio de transição e facilita a adaptação do bebê à sua nova realidade. A semi-imersão os transporta de volta para a segurança do útero da mãe, enquanto experimenta seus primeiros contatos com o mundo extrauterino.

Deve-se lembrar que a matronatação deve sempre ser coordenada por um professor orientador e um especialista nessa atividade. O profissional será responsável por propor os movimentos e as brincadeiras mais adequadas de acordo com a idade do bebê e suas necessidades específicas.

Benefícios da matronatação para bebês

Essa atividade apresenta as seguintes vantagens para os pequenos:

  • Estimulação psicomotora: os bebês não conseguem andar ou executar movimentos complexos, já que seu sistema locomotor ainda é imaturo. Por isso, a matronatação é a melhor maneira de oferecer a eles a possibilidade de experimentar movimentos tridimensionais e trabalhar sua coordenação motora.
  • Fortalecimento do sistema cardiovascular e respiratório: a estimulação aquática por meio de brincadeiras e movimentos ajuda a fortalecer o coração, os pulmões e a estrutura vascular, o que favorece a circulação sanguínea. Como consequência, também melhora a frequência cardíaca e otimiza a oxigenação dos tecidos.
  • Desenvolvimento de habilidades cognitivas: a brincadeira proposta pela matronatação é um elemento lúdico que promove o desenvolvimento cognitivo, emocional e social do bebê. Observa-se também que a estimulação aquática precoce facilita o aprendizado e aumenta a criatividade das crianças.
  • Fortalecimento do sistema imunológico: a matronatação melhora a resistência física e estimula a formação dos tecidos nos organismos dos bebês. Isso afeta positivamente o seu sistema imunológico, diminuindo o risco de sofrer inúmeras doenças.

A matronatação é a melhor maneira de oferecer aos bebês a possibilidade de experimentar movimentos tridimensionais e trabalhar sua coordenação motora.

Fortalecer o relacionamento entre pais e filhos

Além das vantagens especificamente físicas para o bebê, também trará benefícios na interação com os pais:

  • Fortalecimento dos vínculos entre pais e filhos: embora o amor entre pai e filhos seja incondicional por natureza, a matronatação ajuda a fortalecer seus vínculos durante a primeira infância. Por meio das brincadeiras, a atividade permite que pais e filhos se divirtam ao se conhecer e trocar novas experiências, afetos e carícias.
  • Iniciar a vida social do bebê em um ambiente positivo, seguro e divertido: a matronatação pode ser o primeiro contato do bebê com o mundo exterior e o núcleo familiar. Mais tarde, essa criança terá muita facilidade de se adaptar a novos ambientes e conviver positivamente na sociedade.
  • Proporciona relaxamento, diversão e segurança ao bebê: isso é essencial para o seu bem-estar e desenvolvimento físico e mental adequado.
Matronatação e seus benefícios.

Com que idade se pode começar com a matronatação?

Não há consenso sobre a melhor idade para começar a matronatação com seu bebê. Antigamente, os especialistas costumavam dizer que o ideal é esperar que seu sistema locomotor e imunológico estejam totalmente desenvolvidos. Isso geralmente acontece entre os cinco ou seis meses de vida, mas pode ser mais delicado se falarmos de um bebê prematuro.

Atualmente, essa posição vem sendo reconsiderada por muitos médicos e entusiastas da matronatação. Vários pesquisadores reconhecem os benefícios da estimulação aquática precoce para o desenvolvimento de nossos filhos.

Embora essa atividade possa ser iniciada muito cedo, é necessário destacar a necessidade de adotar medidas preventivas para evitar um quadro de hipotermia, otite ou resfriado oportuno.

Por isso, lembre-se de consultar o seu médico de confiança antes de apresentar a matronatação ao seu bebê. Depois de analisar seu estado de saúde e verificar seu desenvolvimento correto, o profissional poderá dar consentimento médico e irá se certificar de que a atividade será benéfica para seu pequeno.

Nystad, W., Håberg, S. E., London, S. J., Nafstad, P., & Magnus, P. (2008). Baby swimming and respiratory health. Acta Paediatrica, International Journal of Paediatrics. https://doi.org/10.1111/j.1651-2227.2008.00756.x