Converse com seus filhos sobre sexo e afeto

Ter a importante conversa sobre sexo com seus filhos deve ser feito mais cedo ou mais tarde. Caso contrário, algumas más influências podem impedir seu crescimento pessoal nessa área.
Converse com seus filhos sobre sexo e afeto

Última atualização: 23 Abril, 2021

Os meios de comunicação têm sido responsáveis por incluir uma carga sexual em qualquer conteúdo que chega às nossas casas e através de qualquer canal. É como se a sociedade quisesse estimular nossos filhos a desenvolver sua sexualidade desde cedo.

O papel que devemos assumir como pais é o de acompanhar crianças e adolescentes em seu processo de amadurecimento sexual e emocional. Além de mostrar a eles a maneira correta de cuidar do corpo, devemos também ajudá-los a estabelecer relações emocionais saudáveis.

7 perguntas úteis para facilitar a conversa sobre sexo com seus filhos

1. Por que trazer à tona o assunto da sexualidade com seus filhos?

Ao conversar com um adulto responsável sobre o tema das relações sexuais e afetivas, você pode ajudar seus filhos a aprenderem a valorizar o próprio corpo. Assim, você comprova que eles são capazes de expressar emoções de forma saudável e que têm a capacidade de decidir responsavelmente quando vão começar a viver suas experiências sexuais. Entre muitos outros motivos, você pode ensinar a eles práticas físicas e psicológicas que são saudáveis.

 2. Como começar?

Muitas situações que surgem no dia a dia fornecerão oportunidades para abordar questões relacionadas à sexualidade. Programas de televisão ou simples conversas podem se tornar momentos para educar seus filhos de uma forma mais natural.

shutterstock_283528430

3. Quando começar?

Ao contrário do que muitos pais pensam, não é necessário gastar meses planejando como você falará sobre isso com seus filhos. Não há um momento específico para fazer isso, mas tente estar o mais próximo possível da realidade. Evite enfeitar as palavras usadas, seja clara e honesta.

Atualmente, é necessário começar com esse tipo de conversa já nos primeiros anos de vida. Lembre-se de que, com o tempo, as perguntas se tornarão mais precisas e você deve estar preparada para elas.

4. O que você deve dizer?

É imprescindível que as informações que você dará aos seus filhos sejam verdadeiras e adequadas, de acordo com os valores que você tem procurado forjar na sua família. O segredo é ensinar que a sexualidade deve ser tratada com responsabilidade e respeito, primeiro para consigo mesmos e depois para com os outros.

Na adolescência, o mais importante é fazer com que eles vejam que devem tomar decisões e que cada passo deve ser pensado com atenção.

5. Como se sentir menos desconfortável?

Para muitos pais, é traumático pensar no momento em que seus filhos começarão a fazer perguntas sexuais. Embora possa ser desconfortável no início, é você quem deve orientá-los e mostrar a eles a realidade de forma aberta e sempre com disposição para ouvi-los.

Transmita confiança para que eles possam fazer as perguntas que surgirem em suas mentes à medida que experimentam mudanças em seus corpos e suas emoções.

shutterstock_195908606

6. Como dar uma boa resposta?

  • Tente identificar o que eles realmente querem saber. Em muitos casos, por constrangimento, as crianças podem usar palavras confusas. Tente reconhecer a situação que despertou a pergunta.
  • Dê informações claras e precisas. As respostas sobre o tema da sexualidade devem ser curtas e diretas. O excesso de informações pode confundir as crianças e os adolescentes e, à medida que você responde, mais perguntas irão aparecer.
  • Verifique se eles entenderam sua ideia. Sempre pergunte se as informações que você deu solucionam a preocupação que os levaram a fazer determinada pergunta.

 7. O que você pode fazer para ajudar seus filhos a amadurecer de maneira saudável?

  • Reforce permanentemente a autoestima, ensine-os a se cuidar e a se respeitar.
  • Mostre a eles que suas dúvidas são completamente normais e que eles não devem enxergar os temas sexuais como um tabu.
  • Evite ficar chocada com as perguntas que eles podem fazer a você. O mundo se move em um ritmo acelerado e você deve ver com a mente aberta as situações que seus filhos podem enfrentar no dia a dia.
  • Tente não usar métodos repressivos para orientar seus filhos em seu desenvolvimento sexual. A ideia deve ser tornar seus filhos cientes da realidade para que possam tomar decisões saudáveis por si próprios.
  • Não tenha medo de admitir que não sabe a resposta para alguma de suas perguntas. Consultem juntos sobre as dúvidas que surgirem.
  • Faça parte da realidade que seus filhos enfrentam. Não fique fora do que eles estão vivendo.
Pode interessar a você...
28 perguntas para manter uma conversa com seu filho
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
28 perguntas para manter uma conversa com seu filho

Às vezes os temas de diálogo abrem um abismo entre uma geração e outra. Aqui você vai encontrar algumas perguntas para manter uma conversa com seu filho.