Emojis de papel para ajudar seu filho a expressar as emoções

· 15 de março de 2019
Você quer ajudar seu filho a identificar e expressar suas emoções? Os emojis de papel podem ser seu grande aliado.

Os emojis de papel são uma maneira inteligente de ajudar as crianças a expressarem o que sentem através de um origami. Com isso, elas aprenderão a nomear o que sentem e poderão passar tempo de qualidade com a família. Você quer saber como você pode ajudá-las a serem mais assertivas e, também, se divertir com elas?

Crianças e emoções

Às vezes perguntamos a nossos filhos como passaram o dia e tudo o que obtemos são poucas palavras ou um gesto ambíguo. Para eles, não é tão fácil nomear suas emoções, muito menos explicar com palavras o que eles viveram na escola. Para ajudar você, oferecemos uma ótima solução: os emojis de papel.

É um típico origami que todas as gerações conhecem, mas dessa vez com uma variante. Consiste em colocar neles as emoções básicas e um convite para explicar situações em que os pequenos se sentem assim.

origami

A verdade é que emojis de papel podem ser adaptados ao gosto de cada famíliaSe as crianças são muito pequenas, você pode desenhar ícones que representam as emoções. Se forem mais velhas, essas emoções poderão ser nomeadas e acompanhadas por algum exemplo prático: o segredo está na conexão com o que sentem.

Como se brinca com os emojis de papel?

É importante deixar claro que não existem emoções boas ou más, que todas são válidas e que, como seres humanos, todos as sentimos em algum momento de nossas vidas.

O objetivo é que com essa brincadeira as crianças aprendam a administrar suas emoções e não rejeitem ou evitem nenhuma delas. Por isso a importância de conhecê-las.

Se você não se lembra de como fazê-los, vamos te ajudar. Você só precisará de uma folha de papel. Faça essa atividade com seus filhos para eles se familiarizarem com a arte do origami.

  • Corte a folha de maneira que fique quadrada.
  • Dobre para que o canto direito encontre o esquerdo e o esquerdo o direito.
  • Agora, dobre cada canto em direção ao centro e vire o papel.
  • Continue dobrando os cantos novamente em direção ao centro.
  • Escreva o número de 1 a 8 em cada triângulo e uma imagem de cada emoção no interior.
  • Por fim, dobre o papel ao meio e, em seguida, junte os lados.
  • Comece a jogar!
emojis em papel origami

Emoções básicas

Incluindo algumas frases, ajude as crianças a identificar cada uma dessas emoções e faça um gesto que as represente ou dê exemplos. É um material inestimável para trabalhar com elas em casa ou na escola.

Esse material faz parte do livro Érase una vez un niño comepalabras (Era uma vez uma criança que comia palavras, em tradução livre). Nele, uma criança começa a comer as palavras.

Não é curioso saber o que aconteceria se você pudesse comer a palavra alegria? Uma história divertida que ensina as crianças a identificar seus sentimentos e emoções e aprender a expressá-las e canalizá-las.

É fundamental para a educação emocional de nossos filhos que eles aprendam a se expressar adequadamente, aceitem cada uma das emoções que sentem e saibam que é normal senti-las.

Nunca é cedo demais para trabalhar com eles esses aspectos, desde que saibamos como adaptá-los à sua idade e ao sua fase de amadurecimento. Esse é apenas um dos muitos jogos que existem para trabalhar as emoções das crianças. Explore e divirta-se com a família enquanto desenvolve essas habilidades!

  • Celdrán, J., & Ferrándiz, C. (2012). Reconocimiento de emociones en niños de educacion primaria: Eficacia de un programa educativo para reconocer emociones. Electronical Journal of Research in Educational Psychology. https://doi.org/10.2307/1126209
  • Oros, L. B., & Fontana Nalesso, A. C. (2015). Niños socialmente hábiles: ¿Cuánto influyen la empatía y las emociones positivas? Interdisciplinaria. https://doi.org/10.16888/interd.2015.32.1.6
  • Ramírez Lucas, A., Ferrando Prieto, M., & Sainz Gómez, M. (2015). ¿Influyen los estilos parentales y la inteligencia emocional de los padres en el desarrollo emocional de sus hijos escolarizados en 2ociclo de Educación Infantil? Acción Psicológica. https://doi.org/10.5944/ap.12.1.14314