5 dicas para cuidar dos dentes durante a gravidez

É necessário proteger os dentes durante a gravidez para evitar complicações. A gente te conta os 5 cuidados básicos de saúde bucal que toda gestante deve levar em conta.
5 dicas para cuidar dos dentes durante a gravidez

Última atualização: 15 maio, 2022

Toda gestante deve estar atenta à sua saúde para evitar complicações e para que o bebê se desenvolva de forma saudável. Cuidar dos dentes durante a gravidez é mais um aspecto que deve ser levado em consideração para não causar problemas durante o período de gestação.

As alterações normais que ocorrem na gravidez aumentam o risco de doenças na cavidade oral, como cáries e gengivite. Ter uma boa saúde bucal não só evita desconfortos e complicações na boca da mãe, como também reduz o risco de partos prematuros ou de ter bebês com baixo peso ao nascer.

Ir ao dentista regularmente e ter hábitos de higiene bucal em sua rotina diária são medidas que ajudam a manter a boca saudável. Aqui estão algumas dicas úteis para cuidar dos dentes durante a gravidez.

5 dicas para cuidar dos dentes durante a gravidez

Mulher grávida no dentista.

1. Informe o dentista sobre a gravidez

Quando a gestante vai ao dentista, ela deve informar o profissional sobre sua condição. Existem algumas práticas que devem ser evitadas e procedimentos que são preferidos durante certos trimestres da gravidez.

Na consulta, o profissional realiza um exame oral completo. Dependendo das particularidades do caso clínico, ele orienta o paciente sobre os tratamentos necessários e o melhor momento para realizá-los. O dentista também oferece conselhos sobre cuidados com a saúde bucal durante a gravidez.

2. Faça consultas trimestrais para cuidar dos dentes durante a gravidez

Toda gestante deve fazer uma consulta odontológica a cada 3 meses. Essa é uma maneira eficaz de cuidar dos dentes durante a gravidez, pois as consultas regulares permitem detectar qualquer problema a tempo.

Alterações hormonais podem causar inflamação das gengivas. Elas ficam vermelhas, incham e doem. O dentista poderá detectar e tratar esse problema.

Além disso, nessas consultas o profissional realiza limpezas e aplicações de flúor que ajudam a manter a saúde da boca. Ele dará informações valiosas sobre cuidados dentários em casa e conselhos sobre a cavidade oral do feto.

Além das consultas programadas a cada trimestre, é vital consultar imediatamente em caso de emergências, dores ou infecções. Essas situações colocam o feto em risco e aumentam o estresse da mãe, podendo causar contrações ou partos prematuros.

3. Preste atenção à higiene dental

Escovar os dentes é essencial para cuidar da saúde bucal durante a gravidez. O procedimento deve ser feito 3 vezes ao dia durante 3 minutos e com uma escova de cerdas macias.

É preciso prestar atenção e limpar todas as faces dos elementos dentários, assim como as gengivas e a língua. A higiene bucal deve ser complementada com o uso de fio dental uma vez ao dia para atingir as áreas entre os dentes onde a escova não consegue acessar.

O uso de cremes dentais com flúor também é conveniente, pois protege o esmalte dos dentes e ajuda a prevenir as cáries. Os enxaguantes bucais podem ser indicados pelo dentista, principalmente para aliviar as gengivas inflamadas.

4. Mantenha uma dieta equilibrada

Seguir uma alimentação saudável, variada e nutritiva durante a gravidez é essencial para cuidar da saúde geral da mãe e promover o correto desenvolvimento do bebê. Garantir a ingestão suficiente de proteínas, minerais, cálcio, fósforo e vitaminas é vital.

“O estado nutricional de uma mulher quando ela engravida e durante a gravidez pode ter uma influência importante nos resultados de saúde fetal, infantil e materna”.

Organização Mundial da Saúde (OMS)

Evite alimentos ricos em açúcar, como doces e bolos, que favorecem o aparecimento de cáries e afetam a saúde geral. Recomenda-se fazer 5 refeições por dia para obter energia suficiente e necessária.

5. Beba bastante água

É muito importante que as mulheres grávidas se mantenham hidratadas. É comum que a boca fique seca durante a gravidez devido a alterações hormonais.

A xerostomia ou boca seca não só causa desconforto, como também favorece o aparecimento de doenças, como a cárie. Ter uma garrafinha de água à mão é uma boa prática que ajuda a controlar esse problema.

O líquido de escolha deve ser água limpa e natural. É preferível evitar bebidas açucaradas, com gás ou refrigerantes, pois são cariogênicas. Também não se deve beber qualquer líquido que contenha álcool por causa do dano que causa ao bebê.

Cuidar dos dentes durante a gravidez é cuidar do bebê

Mulher no dentista para cuidar dos dentes durante a gravidez.

Embora pareçam questões desconexas, cuidar dos dentes durante a gravidez é uma forma de cuidar da gravidez. O vínculo com o bebê também se expressa nos estados de saúde bucal.

As repercussões que a falta de higiene adequada pode ter na boca são complexas. Contrações prematuras devido a infecções dentárias levam ao parto prematuro, por exemplo.

Da mesma forma, se for necessária uma intervenção odontológica em qualquer trimestre, devido ao mau atendimento ou ao desenvolvimento de cáries, deve-se considerar que certos medicamentos não podem ser usados. Isso complica a abordagem terapêutica e é mais um motivo para cuidar dos dentes durante a gravidez.

Também é importante que muitas das práticas e hábitos que são incorporados durante a gravidez permaneçam para o resto da vida. Mesmo que a gravidez tenha acabado, a boca sempre merece cuidados especiais.

E esses hábitos também devem ser estendidos como educação para as crianças. À medida que o bebê cresce, ele precisará aprender que a boca e os dentes devem receber cuidados e que essa é uma forma de se proteger.

A ida ao dentista deve tirar todas as dúvidas e esclarecer quais produtos são os melhores para cuidar da boca e quais técnicas de limpeza são recomendadas para passar por essa fase com uma boca saudável.

Pode interessar a você...
9 dicas para combater o medo do dentista
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
9 dicas para combater o medo do dentista

Combater o medo do dentista é possível se você tentar fazer com que seja uma experiência agradável desde a primeira consulta e se fizer um preparo ...



  • Mogollón Pulido, Valeria, and Diana Elvira Forero Rodríguez. “Nutrición: riesgos y cuidados en el embarazo.” https://editorial. konradlorenz. edu. co/2019/11/prevencion-de-la-enfermedad-y-la-muerte-en-el-embarazo-y-la-primera-infancia. html (2019).
  • González Salguero, Rubén. Estudio del papel de la nutrición durante el embarazo y lactación. BS thesis. 2019.
  • Zúñiga, Paola Ávila. “NUTRICIÓN PARA LA MUJER ANTES DEL EMBARAZO.” Revista Ciencia y Salud 2.3 (2018): ág-6.
  • Vite-Bustos, Pamela Yolitzma, et al. “Prevalencia de gingivitis en pacientes embarazadas que acuden al centro de salud bicentenario de Tihuatlán, Ver.” Revista Mexicana de Medicina Forense y Ciencias de la Salud 4.S1 (2020): 48-50.
  • Aruhuanca Flores, Cinthya. “Nivel de conocimiento y actitud sobre salud bucal durante el embarazo en gestantes del Centro de Salud Ambar, Ámbar 2018.” (2018).
  • Aguiar Fuentes, Emma Genoveva. “Salud bucal durante el embarazo. Relevancia del cuidado bucal durante el embarazo.” Revista Tamé 7.23 (2020): 904.
  • Arroyo Perez, Winny Alejandra. “Relación entre enfermedad periodontal y parto prematuro en puérperas del “Centro de obras sociales Maternidad de María”, distrito de Chimbote, provincia Del Santa, departamento de Áncash. Año 2018.” (2019).
  • Carranza Villao, Kevin Brayan. Gingivitis asociada al embarazo. BS thesis. Universidad de Guayaquil. Facultad Piloto de Odontología, 2020.