Educar brincando

25 de maio de 2018
Dar ao seu filho o tempo e o espaço para brincar é mais importante do que muitos acreditam. De fato, isso pode se tornar um aspecto central de sua educação.

A utilidade de se educar brincando ganhou especial relevância nos últimos tempos, dados os benefícios atribuídos às atividades lúdicas no campo educacional. Brincar não é apenas uma maneira de se divertir; também permite desenvolver habilidades fundamentais para o resto da vida de um indivíduo.

Brincar é uma atividade muitas vezes subestimada pela sociedade. Os pais geralmente pensam que seus filhos “estão perdendo tempo” quando estão brincando lá fora com seus amigos. Não há nada mais longe da realidade do que essa ideia.

Benefícios de brincar para as crianças

Foi comprovado que as atividades lúdicas são muito importantes para a formação da personalidade, dos valores e das habilidades das crianças. Portanto, dedicar algumas horas por dia a brincar lhes trará os seguintes benefícios:

  • Incentiva o trabalho em equipe e estimula as relações sociais: brincar requer interações com os outros. Além disso, muitas brincadeiras em equipe exigem a elaboração de estratégias e a colaboração para um propósito comum.
  • Permite o desenvolvimento físico: através das brincadeiras, especialmente aquelas ao ar livre, as crianças melhoram sua capacidade física, suas habilidades e sua coordenação motora, entre muitas outras capacidades.
  • Melhora a autoestima: sentir-se incluído e valorizado como participante de uma brincadeira faz com que as crianças tenham uma melhor autoestima.
  • Permite aprender: muitas brincadeiras exigem exercícios lógicos para alcançar as soluções desejadas. Até os esportes ajudam as crianças a entender métodos, leis físicas e o funcionamento do corpo humano, entre outras coisas.
  • Libera tensões: embora pareça contraditório, esta descompressão das cobranças permite que a criança tenha um desempenho melhor na escola. Isso acontece independentemente do tempo que se deixa de estudar para poder brincar; um sinal claro de que, às vezes, menos é mais.
  • Exercita a disciplina: toda brincadeira exige que seus participantes sigam as regras.

Como educar brincando?

Outro benefício de se utilizar as brincadeiras como um método de ensino é que assim se consegue a colaboração da criança. Em vez da transmissão vertical do conhecimento, isto é, de uma pessoa superior ao aluno, ela ocorre dinamicamente e em um ambiente de relaxamento.

Nesse contexto, as crianças estarão mais predispostas. Portanto, estarão mais abertas, aplicando a criatividade de forma mais eficaz e sem se sentir pressionadas a obter resultados, além da satisfação de ganhar ou de conseguir realizar a tarefa.

brincar pode ajudar a estabelecer comportamentos positivos nas crianças

Em casa, brincar pode ajudar a estabelecer comportamentos positivos nas crianças. Por exemplo, você pode fazer uma “inspeção”, como se fosse um detetive, para ver se escovaram bem os dentes ou se arrumaram o quarto corretamente. Logicamente, as conquistas devem ter alguma recompensa para motivar a continuidade desta metodologia.

Educar brincando também pode te ajudar, entre muitas outras coisas, a fazer a criança tomar banho diariamente, a se arrumar rapidamente e sem brigas para ir à escola ou a respeitar o espaço de seus irmãos. O segredo é encontrar o lado “competitivo” – contra elas mesmas, não contra os outros – ou divertido a cada pedido que você fizer.

“Em vez da transmissão vertical do conhecimento, ao se educar brincando, a transmissão ocorre de forma dinâmica e em um ambiente de relaxamento”

Tipos de brincadeiras

Se você concorda com a ideia de educar brincando, você pode escolher entre esses tipos de brincadeiras para praticar com seus filhos.

Brincadeiras de concentração

Este tipo de atividade testa a capacidade de ouvir das crianças. Além disso, exige o uso de suas habilidades cognitivas, como o raciocínio e a concentração.

Adicionalmente, com brincadeiras como essas, as crianças também irão trabalhar suas habilidades físicas e sua imaginação. Sem dúvida, excelentes maneiras de exercitar capacidades muito importantes.

Brincadeiras indoor

Se o tempo impede de sair para brincar, há também algumas atividades para brincar em casa ou na sala de aula. As brincadeiras indoor, como as de concentração, aumentam a necessidade de aguçar os sentidos e de colocar a mente para trabalhar.

Além disso, muitas delas são jogadas coletivamente, por isso são ideais para promover valores como o trabalho em equipe. Se a criança tiver irmãos, passar uma tarde de chuva brincando fortalecerá o vínculo entre eles.

Brincadeiras para a educação física

Como o seu nome e a própria disciplina indicam, essas brincadeiras buscam melhorar e desenvolver as habilidades motoras das crianças. No entanto, isso não significa que não sejam excelentes maneiras de fortalecer a união entre os colegas, bem como de melhorar a capacidade de criar estratégias.

Por outro lado, elas também são ideais para motivar as crianças a superar seus próprios limites e a superar o medo. Embora muitas vezes seja deixada de lado no currículo, a educação física é igualmente importante para o desenvolvimento integral das crianças. Seus benefícios, dizem os pesquisadores, vão muito além da mera satisfação do instinto de prazer.

dramatizações

Dramatizações

Embora possam parecer um pouco banais à primeira vista, as dramatizações são muito importantes na infância. Elas representam a primeira instância – fictícia – na qual as crianças enfrentam o mundo real e ocupam uma posição nele.

Isso, como consequência, faz com que assumam certas “responsabilidades” e estabeleçam relações de diferentes tipos com os outros. Seja como médico ou como paciente, como aluno ou como professor, as crianças se preparam para o lugar que gostariam de assumir quando adultos.

Em última análise, estas brincadeiras também são fundamentais para o desenvolvimento da linguagem e da imaginação. Mesmo quando brincam de ser piratas, algo que certamente não serão quando crescerem, isso lhes ajudará a melhorar nestes aspectos.

Finalmente, pode-se concluir que as vantagens de se educar brincando são muitas e não podem ser ignoradas. À luz dos acontecimentos, subestimar a importância do lúdico é quase uma bobagem; as crianças podem e devem ter um tempo de lazer.

Recomendados para você