Problemas de aprendizagem das crianças: causas e soluções

· 20 de fevereiro de 2018
Nem todas as crianças têm o mesmo desempenho escolar ou absorvem as informações da mesma maneira. É possível que a criança tenha algum problema de aprendizagem. Saiba mais sobre o assunto neste artigo.

Os problemas de aprendizagem das crianças podem estar relacionados a uma série de distúrbios neurobiológicos que afetam diretamente a maneira como o cérebro recebe, processa, armazena, responde e produz qualquer informação.

As crianças que apresentam problemas de aprendizagem podem ter dificuldade para escrever, se concentrar, ouvir, falar, ler, soletrar e até mesmo fazer cálculos matemáticos.

Os problemas de aprendizagem também podem ser causados pelo déficit de atenção que pode se apresentar junto com problemas de memória, coordenação, habilidades sociais e falta de maturidade emocional. Apesar disso, na verdade, as crianças com dificuldades de aprendizagem geralmente são muito inteligentes. O que acontece é que o cérebro processa a informação de forma diferente provocando diferenças entre a inteligência e o desempenho escolar.

Causas dos problemas de aprendizagem das crianças

Estudos determinaram que entre as causas dos problemas de aprendizagem em crianças existem os fatores genéticos. Por exemplo, cromossomos recessivos que geram problemas específicos na leitura. As disfunções neurológicas também são consideradas outra causa significativa da dificuldade de aprender.

De acordo com outras pesquisas, também existem alguns fatores pré, peri e pós-natais, ou ainda complicações durante a gravidez. Outros estudos determinam que mães e pais mais velhos são mais propensos a ter uma criança disléxica. No entanto, mesmo que a criança apresente esse problema existem terapias que podem melhorar sua aprendizagem.

Estatísticas mostraram que 10 ou 15% das crianças têm problemas de aprendizagem

O apoio dos pais é fundamental para crianças com problemas de aprendizagem

Características de uma criança com problemas de aprendizagem

Os problemas de aprendizagem podem ser do tipo chamado compulsório ou de excesso de atenção. Neste caso as crianças tendem a prestar mais atenção em apenas uma coisa por um longo período de tempo e desconsiderar outros estímulos que também são importantes para seu desenvolvimento.

Por outro lado, há crianças que apresentam uma distração impulsiva ou baixa atenção. Neste caso, por sua vez, as crianças tendem a concentrar a atenção por um curto período de tempo em uma coisa e, rapidamente, mudam a atenção para outra.

Estas são algumas das características de uma criança com problemas de aprendizagem:

  • Dificuldade de entender e seguir instruções
  • Dificuldade de lembrar o que as pessoas disseram.
  • Não domina as habilidades básicas de leitura, ortografia, escrita e matemática.
  • Dificuldades para distinguir entre a direita e a esquerda.
  • Pode confundir a ordem dos números.
  • Não tem muita coordenação motora para andar, fazer esportes ou atividades simples, como amarrar o cadarço.
  • Pode perder o material escolar com facilidade.
  • Apresenta dificuldade em relação aos tempos verbais. Por exemplo, diferenciar entre “ontem” e “hoje”.
  • Pode confundir algumas palavras.
  • A falta de atenção é outro problema de aprendizagem em crianças.
problemas de aprendizagem

Soluções para o problema de aprendizagem

Para saber se a criança realmente tem problemas de aprendizagem ou não é preciso levá-la a um especialista para poder determinar com mais precisão. Se for o caso, um psiquiatra também pode ajudar a avaliar e trabalhar com profissionais da escola para fazer alguns testes.

A seguir vamos listar algumas soluções que podem ajudar a enfrentar os problemas de aprendizagem das crianças:

  • As crianças precisam se sentir amadas, compreendidas e respeitadas para que o processo de aprendizagem seja mais fácil.
  • Elas devem receber carinho, afeto e proximidade física. Isso ajuda a ter confiança e a tirar as dúvidas sobre o que aprendeu.
  • Jogos, brincadeiras,e outras atividades práticas são muito eficientes para o aprendizado.
  • É preciso encorajar as crianças a brincar com outras e estabelecer amizades.
  • Elas devem se sentir livres para cometer erros e fazer perguntas sobre qualquer assunto. Dessa forma podem compreender com mais clareza.
  • Os pais devem tratá-las de forma justa e com consideração.
  • Os limites e as regras devem ser bem estabelecidas. Mesmo quando estiverem erradas, as crianças devem ser tratadas com respeito e carinho.
  • É importante que as crianças aprendam a enfrentar suas emoções, frustrações e medos.
  • É essencial que a criança seja exposta a algumas situações difíceis para que superem os medos.
  • Os pais devem permitir que as crianças chorem à vontade e expressem os sentimentos.
  • Elas devem receber confiança de seus pais.
  • Quando fizerem uma boa ação, é importante elogiá-las e encorajá-las a continuar progredindo.
  • Se falharem, os pais devem ensinar que as derrotas fazem parte da vida e que é preciso perseverar.

É essencial fortalecer a confiança da criança em si mesma para que ela tenha um desenvolvimento saudável. Isso ajudará os pais e outros membros da família a entender melhor o problema e a lidar com a criança que apresenta alguns problemas de aprendizagem.