5 dicas para prevenir o tabagismo entre os jovens

· 23 de fevereiro de 2018
O tabagismo entre os jovens se tornou um problema de saúde pública apesar das tentativas das organizações governamentais e não-governamentais de saúde a fim de impedir esse vício. Vamos listar alguns conselhos para prevenir desde cedo.

Apesar das fortes e reiteradas campanhas que são realizadas, prevenir o tabagismo entre os jovens continua sendo um dos maiores desafios da sociedade atual.

É um problema de saúde pública, apesar do conhecimento que se tem, devido a gravidade que representa para a sociedade e seus efeitos danosos e prejudiciais.

As campanhas de conscientização não bastaram para que muitas pessoas largassem o vício de fumar. No mundo existe uma quantidade muito significativa de jovens que mantém o vício de fumar cigarros.

Estima-se, segundo a Organização Mundial de Saúde, que aproximadamente 150 milhões de adolescentes são fumantes.

No entanto, essas campanhas continuam e se difundem através das publicidades incitando os jovens a conhecerem os efeitos de fumar e suas consequências nocivas para a saúde.

Quais são as principais causas do tabagismo entre os jovens?

São várias as razões que motivam a população mais jovem a recorrer ao hábito de fumar. Nesse sentido, identificá-las é de suma importância para intervir a tempo e conseguir prevenir o tabagismo entre os jovens.

Aceitação social

Essa talvez seja a principal. Parece que os jovens, quando não adquirem o hábito de fumar, pensam que suas possibilidades de pertencer a um grupo diminuem. Da mesma forma, eles sentem curiosidade e desejo de provar ou experimentar, pensando que é uma moda e que isso os tornarão mais populares.

Desafiar as normas

A época da puberdade e da adolescência sempre se caracterizou pela rebeldia. Mesmo assim, em alguns casos há desobediência e em alguns outros casos provocação, com um grande impulso de transgressão. Os jovens pensam que fumar se transforma numa das maneiras mais fáceis e eficazes de desobedecer as regras impostas pelos seus pais, pela sociedade e pelos professores.

A desculpa de aliviar o estresse

Os jovens têm a falsa crença de que por meio dos cigarros podem acabar com o estresse e controlar a ansiedade. Isso, em alguns casos, provoca o começo do tabagismo entre os jovens adolescentes. Em épocas de provas, por exemplo, ou quando se encontram submetidos a eventos de alta pressão com uma carga emocional muito alta.

Existem pessoas que na verdade encontram um espaço de relaxamento no momento de fumar um cigarro. No entanto, uma vez que o efeito da droga passa os jovens voltam ao seu estado anterior, e às vezes esse estado fica ainda mais pior. Isso se traduz em que cada vez tenham que fumar mais e mais.

5 chaves para prevenir o tabagismo nos jovens

Influências dos progenitores

Estatísticas demonstram que quando os pais são fumantes, o risco de ter filhos que adquirem o vício é maior. O vício à nicotina é maior do que nos casos em que os pais não são fumantes.

O que é preciso destacar aqui é que os pais fumantes não podem culpar ninguém a não se eles mesmos por terem contribuído para que seus filhos adquirissem o vício.

Meios de comunicação e publicidade

Atualmente, é proibido realizar qualquer tipo de publicidade ou campanha que motive ou incentive o tabagismo nos adolescentes. No entanto, apenas o fato de que alguém acenda um cigarro na televisão, no cinema ou na imprensa escrita incentiva outras pessoas a fazerem o mesmo, como um ato de imitação.

Também foi comprovado que existe forte relação entre os meios publicitários e a incitação ao tabagismo, especialmente entre os jovens.

Falta de informação

Ainda existem algumas falsas crenças de certos benefícios do tabagismo. Então, as verdadeiras consequências negativas ficam sepultadas devido às imagens positivas que ainda prevalecem sobre isso.

“A verdadeira cara do tabaco é a doença, a morte e o horror, não o glamour e a sofisticação que a indústria do tabaco tenta representar”

–David Byrne–

5 dicas para prevenir o tabagismo entre os jovens

  • Evitar que provem. A principal forma para evitar que o jovem comece a fumar e adquira o vício do tabagismo é que não chegue a provar o cigarro, impedindo os primeiros consumos. O jovem começa a fumar sem saber suas consequências.
5 chaves para prevenir o tabagismo nos jovens

  • Prover a informação necessária. Em vez de depender de terceiros, aproxime-se pessoalmente e converse com o jovem sobre os efeitos negativos desse hábito.
  • Dar o bom exemplo. Afirma-se que uma das causas pelas quais os jovens comecem a fumar é por pura imitação, seja pelos pais, familiares ou amigos. Para que nossos filhos não fumem, os pais também não devem fazer isso.
  • Incentivar a reflexão. Consiste em fazer-lhes ver com senso crítico e informação objetiva o mal que fumar provoca.
  • Promover a atividade física. Praticar algum esporte faz com que tenham uma vida saudável. Essa é, sem dúvida, uma ferramenta muito útil para prevenir o tabagismo entre os jovens.