6 frases para ensinar inteligência emocional

21 de janeiro de 2018
O uso das emoções na educação: inteligência emocional

Ensinar inteligência emocional é ir além de aprender e fundamentar o conhecimento acadêmico. Trata-se de aprender a gerenciar as emoções e a viver de forma harmoniosa com outros seres humanos ao longo dos diferentes estágios de desenvolvimento.

Quando se falava sobre inteligência, sempre se fazia referência à capacidade de aprender. Sua base era o conhecimento e a capacidade de usá-lo. Todo o sistema acadêmico baseava-se nesse conceito.

Desde a década de 1990, fala-se em ensinar inteligência emocional, investindo nela como forma de capacitar outros tipos de inteligência. É necessário, então, orientar as crianças nessa direção. Por essa razão, pode ser útil desenvolver algumas frases para ensinar inteligência emocional às crianças.

Nessas frases procuramos fazer com que as emoções fiquem implícitas, já que são uma parte fundamental da vida do ser humano. Saber como gerenciar e usar essas emoções para levar uma vida mais eficiente é o que se entende como inteligência emocional. Portanto, o sistema educacional tende a iniciar as crianças cada vez mais cedo no desenvolvimento desse tipo de inteligência.

Frases para ensinar inteligência emocional

1- Compreenda o que você sente. Ensinar uma criança desde cedo a reconhecer suas emoções permitirá que elas as manipulem de uma maneira melhor. As respostas a emoções como ira, raiva, frustração podem ser descontroladas se a criança não desenvolver a capacidade de reconhecê-las e lidar com elas. Ao aprender a controlá-las, irá melhorar sua capacidade de se relacionar com os outros de forma eficaz. Ao mesmo tempo, a criança se sentirá melhor com ela mesma.

2- Fique no presente. A frase estar no aqui e no agora” pode parecer um clichê, mas é uma das mais úteis.  Estar no presente é a melhor maneira de se tornar consciente de si mesmo. Desta forma, a criança poderá saber o que desencadeia certas respostas e estar ciente da relação entre suas reações e suas emoções. Isso dá à criança mais controle sobre si mesma.

É importante estar presente e educar em inteligência emocional.

Ao permanecer no agora, evita-se emoções prejudiciais como angústia, preocupação e culpa. Uma criança que não desenvolve a autoconsciência ignora suas fraquezas e não terá a confiança que vem de conhecer suas próprias forças.

3- O silêncio é bom. Muitos dizem que uma criança em silêncio é motivo de preocupação. Mas quando falamos de inteligência emocional, o silêncio é uma das habilidades importantes para se desenvolver.

Ensinar a criança a gostar do silêncio externo e interno e ouvir a si mesma vai conferir vantagens na vida. Ela será capaz de refletir e, acima de tudo, ouvir sua intuição, algo que muitas vezes na vida ocupada de hoje deixamos de lado.

A importância de escutar

4- Ouça com atenção. Com esta frase, ensinamos a criança a ouvir ativamente. A escuta ativa é o segredo para uma comunicação eficiente. Isso significa ensinar à criança três coisas básicas: preste atenção ao que te dizem; lidar com a sua linguagem corporal para mostrar ao seu ouvinte que você está ouvindo; e ser capaz de resumir a ideia geral do que foi dito.

O que conseguimos com isso? Melhorias no desempenho escolar e, principalmente, nas relações com os outros porque a comunicação efetiva implica o respeito ao próximo.

5- Que o coração e a razão sempre o acompanhem. Os adultos, às vezes, vão a um desses extremos. Ou somos excessivamente racionais ou perdemos a linha agindo de forma impulsiva. Esta frase para ensinar inteligência emocional nos diz para procurar o ponto de equilíbrio.

ensine a seus filhos inteligência emocional

Ensine seu filho que o equilíbrio entre as duas formas de agir é o ideal. Nem sempre será fácil, mas é vital exercitar para alcançar o objetivo.

A empatia como ferramenta de comunicação

6- Coloque-se no lugar do outro: a empatia é um dos pilares da inteligência emocional. Conseguir que uma criança seja capaz de entender os sentimentos dos outros é um passo muito importante. Ao assumir os sentimentos dos outros, nos envolvemos mais com os nossos próprios sentimentos. É um processo bilateral em que ambos os indivíduos ganham.

Aprende-se a perceber o que o outro quer ou precisa. Uma criança que desenvolve empatia será um adulto confiável e com habilidades especiais em profissões que envolvem contato constante com outras pessoas.

Essas frases para ensinar inteligência emocional podem ser mantidas à vista na sala de aula, no quarto da criança ou até mesmo, impressas em camisetas de maneira divertida.

O desenvolvimento emocional e o desenvolvimento cognitivo são essenciais para o amadurecimento e a transformação das crianças em adultos mais equilibrados e completos.

Recomendados para você