A importância das TIC na pré-escola

21 de setembro de 2019
Neste artigo, vamos falar sobre a importância das TIC na etapa de educação pré-escolar.

O conhecimento e o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) deve ser incentivada desde a pequena infância. Por essa razão, também são importantes na pré-escola.

A etapa pré-escolar, ou da Educação Infantil, é o período educativo que atende meninos e meninas desde o nascimento até os seis anos de vida. Estão agrupados em dois ciclos: o primeiro, que compreende até os três anos, e o segundo, que vai dos três até os seis. anos

É justamente a partir desse segundo ciclo que meninos e meninas devem ter os primeiros contatos com as TIC.

As Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC)

As TIC são recursos, ferramentas e programas utilizados para processar, administrar e compartilhar informação por meio de diversos suportes tecnológicos, como computadores, celulares, televisores, consoles de videogame etc.

Na atualidade, as TIC desempenham um papel fundamental porque oferecem todos os serviços aos quais os usuários estão acostumados a utilizar no dia a dia, como e-mail, chat, navegação na internet e a busca de todo tipo de informação.

As TIC na pré-escola: aspectos a serem considerados

As TIC colocam ao alcance de nossas mãos toda uma multiplicidade de informações e de dados.

Para isso, é necessário desenvolver determinadas competências técnicas relacionadas com o uso das tecnologias, assim como competências específicas relacionadas com a interpretação dessas informações, já que nem toda informação que circula na rede está completa nem é totalmente verídica.

A importância das TIC na pré-escola

O conhecimento e o uso das TIC em idade pré-escolar é importante, já que permite às crianças desenvolver diferentes destrezas. Em primeiro lugar, há aquelas relacionadas propriamente com o uso de um computador ou tablet, como as destrezas táteis, auditivas e visuais.

Em segundo lugar, está o desenvolvimento de outras competências derivadas dos programas, games ou aplicativos de caráter didático com os quais venham a se deparar.

Ou seja, o uso das TIC permite e acompanha o desenvolvimento cognitivo das crianças em idade pré-escolar. O contato desde cedo – sempre mediado pelos professores – com um computador, um celular ou qualquer outro dispositivo tecnológico, facilita e apoia a aprendizagem dessas crianças.

O uso das tecnologias na sala de aula motiva as crianças e lhes permite aprender a buscar informações. A geração de estratégias proporciona a tomada de pequenas decisões para fazer exatamente isso, escolher, filtrar e selecionar a informação.

Colaborações das TIC na sala de aula da pré-escola

  • Estimulam a criatividade.
  • Promovem a experimentação.
  • Permitem a cada aluno avançar segundo o seu ritmo de aprendizagem.
  • Desenvolvem incipientes estratégias de pesquisa.
  • Despertam a curiosidade.
  • Desenvolvem uma crescente autonomia.
  • Motivam a aprendizagem.
  • Ajudam no desenvolvimento da coordenação entre olhos e mãos.

As TIC na pré-escola: aspectos a serem considerados

Até aqui, falamos sobre as vantagens e da importância das TIC na pré-escola. No entanto, não podemos deixar de evidenciar os aspectos que podem ser negativos caso se faça um mau uso ou um uso excessivo delas.

as TIC na pré-escola

Na etapa pré-escolar, uma educação baseada na brincadeira e na experiência real com objetos deve prevalecer. Principalmente quando se trata do contato com os outros e com a natureza, na leitura de contos, e no desenvolvimento emocional e social.

Mesmo que por meio do uso das tecnologias seja possível incentivar um desenvolvimento social, cooperativo e colaborativo, nada se compara à socialização entre pessoas, com contato físico e cara a cara.

Por outro lado, é necessário limitar o uso das TIC na pré-escola, já que uma prolongada exposição pode ser prejudicial no nível postural ao fomentar uma vida sedentária e comportamentos antissociais.

Por fim, todo e qualquer uso das tecnologias na etapa pré-escolar e nas subsequentes etapas educativas deve ser feito a partir de uma mediação permanente dos educadores.

São eles que devem ensinar como as novas tecnologias funcionam e como são utilizadas, mas também devem educar para o uso crítico e responsável da informação que circula por meio delas.

As TIC nos oferecem possibilidades infinitas de acesso imediato à informação. Entretanto, as crianças devem aprender a interpretar o grande volume de informação ao qual estarão expostas. Em muitas ocasiões a informação não está completa, e sim fragmentada, devendo, por isso, ser sempre contextualizada.

  • Belloch Ortiz. C. (n.d.). LAS TECNOLOGÍAS DE LA INFORMACIÓN Y LA COMUNICACIÓN (T.I.C). Unidad de Tecnología Educativa. Universidad de Valencia. Recuperado de  https://www.uv.es/~bellochc/pdf/pwtic1.pdf
  • Romero Tena, R. (2009). Nuevas tecnologías en Educación Infantil. El rincón del ordenador. Editorial Eduforma. Sevilla.