A importância do ferro na dieta do bebê

· 27 de fevereiro de 2018
O ferro é fundamental na dieta do bebê, já que pode prevenir doenças como a anemia. É importante saber quais alimentos podem fornecer este mineral para cuidar da saúde do seu filho.

O ferro na dieta do bebê é muito importante, porque pode prevenir doenças como a anemia, uma das mais frequentes no crescimento das crianças. Este mineral não pode faltar na alimentação dos pequenos, especialmente quando têm entre 0 e 12 meses de idade.

De acordo com o Instituto de Medicina dos Estados Unidos, é aconselhável que a criança receba 11 mg de ferro por dia quando tiver entre 6 meses e 1 ano de idade. Quando ela tiver de 12 a 36 meses, a recomendação é fornecer 7 mg por dia. Para começar a incluir ferro na dieta do bebê, vamos conhecer alguns alimentos que podem funcionar muito bem:

Alimentos com ferro

A partir do momento em que o bebê inicia a alimentação complementar, esta deve ser rica em ferro. Portanto, é importante incluir na dieta do bebê alimentos que contenham esse mineral e lhe ajudem a assimilá-lo. Estas são algumas recomendações:

  • É aconselhável evitar leites com baixo teor de ferro, como o leite de vaca, leite de cabra ou leite de soja.
  • É aconselhável reduzir o consumo de alimentos que contenham inibidores de absorção de ferro ou antinutrientes, tais como fibras, cálcio, oxalatos, fitatos e fosfatos.
  • É importante introduzir alimentos como carne e peixe em forma de purê a partir dos 6 meses de idade.
  • O bebê deve consumir alimentos que contenham vitamina C, que aumenta a absorção de ferro.

  • A ingestão diária de leite deve ser de 500 ml/dia.
  • É bom que o bebê coma vegetais, como ervilhas, espinafre, brócolis, couve-flor e beterraba.

“O ferro é um mineral que é abundante na carde de vaca, nas aves e no peixe”

Consequências da falta de ferro na dieta do bebê

A falta de ferro na dieta do bebê pode trazer muitas consequências, sendo a anemia a mais comum. Mas, além dessa doença, a criança pode desenvolver outros problemas de saúde:

  • Hipoferremia: déficit dos depósitos de ferro no organismo.
  • Anemia ferropênica: com envolvimento de hematopoiese; a de maior prevalência.
  • Danos no sistema nervoso central, durante o desenvolvimento do sistema cognitivo e psicomotor.
  • Afeta as funções de memória e de aprendizagem.

“Cada glóbulo vermelho contém ferro na sua hemoglobina, que é o pigmento que transporta oxigênio para os tecidos dos pulmões”

Como garantir o fornecimento de ferro

A prevenção da falta de ferro na dieta do bebê deve começar aos 4 ou 6 meses de idade, introduzindo alimentos ricos neste mineral e que favorecem sua absorção. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda garantir a contribuição do mineral na dieta das crianças através da fortificação de alimentos, da suplementação e da diversificação da dieta.

A absorção de ferro é mais eficaz quando este é ingerido no momento em que ocorre o processo de digestão com o ácido ascórbico ou ácido cítrico.

A vitamina C, encontrada na laranja e algumas outras frutas, melhora a absorção deste mineral na dieta do bebê. Alguns especialistas dizem que tanto algumas infusões como o leite de vaca podem inibir a absorção de ferro.

O leite materno é uma maneira excelente e muito absorvível de fornecer este mineral ao seu bebê. Após a amamentação, uma fórmula de continuação pode ajudar a fornecer o ferro extra que a criança precisa. Lembre-se de que uma fórmula de continuação fortificada pode ajudar a complementar uma dieta balanceada.

Não se esqueça de consumir ferro durante a gravidez

Comer ferro durante a gravidez também é essencial. Seu corpo precisará deste mineral para manter seu sistema imunológico saudável e pelas seguintes razões que te mostraremos a seguir:

  • A quantidade de sangue que circula pelo corpo aumenta durante a gravidez, por isso você irá precisar de ferro para fabricar mais hemoglobina.
  • Você precisa de mais ferro para nutrir o crescimento da placenta.
  • A anemia por deficiência de ferro está relacionada a partos prematuros e bebês de baixo peso ao nascer.

Devemos estar conscientes de que o bebê esteja recebendo a quantidade de ferro que precisa para o desenvolvimento e o crescimento adequados. A alimentação é muito importante e a falta de qualquer mineral fundamental pode causar problemas de saúde. Diante de qualquer preocupação sobre qualquer alimento, é essencial que você consulte o pediatra.