5 atividades para expressão emocional na adolescência

Não perca estas atividades que ajudam os adolescentes a gerir suas emoções.
5 atividades para expressão emocional na adolescência
María José Roldán

Escrito e verificado por a psicopedagoga María José Roldán.

Última atualização: 27 maio, 2023

As emoções devem ser expressas desde a mais tenra infância, mas quando se atinge a juventude, torna-se ainda mais importante. Por isso, vamos explicar algumas atividades para a expressão emocional na adolescência.

Expressão emocional na adolescência

A expressão emocional na adolescência assume grande importância. Se não for abordada corretamente, os jovens podem apresentar sérios problemas emocionais nessa idade e mais tarde. A inteligência emocional é fundamental na vida de qualquer pessoa para melhorar a saúde mental e o desempenho, quer a nível pessoal, acadêmico ou profissional.

Quando falamos de expressão emocional, juntamente com a inteligência emocional, entendemos como a capacidade de identificar, compreender e gerir as emoções, tanto as próprias como as dos outros. Isso deve ser aplicável a qualquer área da vida.

Por que alguns adolescentes têm dificuldades?

Não é novidade que alguns adolescentes podem achar difícil expressar suas emoções corretamente. Portanto, é essencial ensiná-los que elas não são boas ou ruins.

Os jovens precisam saber que não precisam julgar as emoções, mas simplesmente notá-las e senti-las. Só assim poderão mais tarde identificá-las, mas não como boas ou ruins, e sim como confortáveis e desconfortáveis. Por isso, é muito importante fazer atividades com eles para que reflitam sobre suas próprias emoções e assim, possam desenvolver uma boa inteligência emocional.

Às vezes, os adolescentes pensam que uma emoção que os faz sentir mal é negativa e por isso tentam bloqueá-la, mesmo que não a entendam.

Atividades para trabalhar a expressão emocional

A educação emocional deve ser considerada disciplina obrigatória em todos os centros educativos. Embora não seja o caso, a realidade é que os alunos emocionalmente inteligentes terão melhor bem-estar e uma personalidade muito mais forte. Isso até pode ajudá-los a desenvolver uma boa resiliência no futuro.

Por tudo isso, vamos explicar algumas atividades para que você possa trabalhar com os seus filhos ou com os seus alunos e, dessa forma, eles consigam gerir melhor a sua expressão emocional e encontrar as respostas nas suas emoções.

1. Escrever um diário

Manter um diário é uma atividade ideal para os adolescentes que gostam de escrever. Dessa forma, eles poderão relatar no papel suas experiências e ver objetivamente o que aconteceu com eles e os sentimentos que tiveram sobre isso. Inclusive, essa prática servirá como alívio emocional.

2. Fazer pausas emocionais em momentos tensos

Com a labilidade emocional dos adolescentes, é normal que você, como mãe, sinta que este seja um campo difícil de explorar. Nesse sentido, é necessário que os jovens aprendam a perceber quando vão explodir emocionalmente. Dessa forma, antes que isso aconteça, eles podem fazer uma pausa emocional do que está acontecendo no momento.

Essa pausa emocional ocorrer através de várias maneiras. Por exemplo, retirar-se do local do conflito, fechar os olhos e respirar por alguns segundos, escrever o que sente, sair para uma caminhada ou simplesmente parar de chorar. Mais tarde, será necessário pensar como continuar a resolver esta situação.

3. Escrever uma carta

Quando se tem um conflito emocional com uma pessoa, escrever uma carta se torna uma ótima ferramenta de solução. Pode ser uma carta simbólica, apenas para ordenar sua mente diante do conflito ou para dar para aquela pessoa que é importante para si. Se a pessoa em questão não estiver conosco, também é uma forma de nos conectarmos com ela e trabalhar as emoções que ela gera em nós.

Escrever é uma boa maneira de melhorar a expressão emocional na adolescência. Por exemplo, você pode escrever uma carta para expressar seus sentimentos simbolicamente ou expressá-los para outra pessoa.

4. Fazer e responder perguntas com vocabulário emocional

É fundamental que os adolescentes aprendam a traduzir em palavras o que sentem. Nesse sentido, eles devem identificar a emoção despertada por uma experiência específica para, assim, conseguir descrever os sentimentos e chegar à causa raiz com mais facilidade. Isso permitirá que eles lidem melhor com o que está acontecendo com eles e busquem soluções.

5. Transformar críticas em palavras construtivas

Ensinar os adolescentes a transformar críticas em palavras construtivas é essencial. Dessa forma, eles não levarão as coisas para o lado pessoal. Para fazer isso, eles precisam aprender a responder a essas perguntas quando recebem críticas: o que posso aprender com essas palavras? Ou: como essas palavras podem me ajudar a melhorar?

Como ser um bom modelo de expressão emocional

Claro, como pais, é essencial ser um bom exemplo de expressão emocional. Só assim os adolescentes aprenderão a lidar bem com esse âmbito da vida. Caso você seja uma pessoa que grita ou bloqueia suas emoções, o que você acha que seus filhos vão aprender? Portanto, você deve ser o que deseja que eles aprendam para suas vidas.

Pode interessar a você...
Os principais desafios na pré-adolescência
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Os principais desafios na pré-adolescência

A pré-adolescência é um período intermediário entre a infância e a idade adulta repleto de contradições e sentimentos ambivalentes.


Todas as fontes citadas foram minuciosamente revisadas por nossa equipe para garantir sua qualidade, confiabilidade, atualidade e validade. A bibliografia deste artigo foi considerada confiável e precisa academicamente ou cientificamente.


  • J. Siegel, D.,  y Berástegui Rubio, J., M. (2014) Tormenta cerebral: El poder y el propósito del cerebro adolescente. Editorial: ALBA

Os conteúdos de Sou Mamãe servem apenas para fins educacionais e informativos. Em nenhum momento substituem o diagnóstico, o aconselhamento ou o tratamento de um profissional. Em caso de dúvida, é recomendável consultar um especialista de confiança.