Benefícios de estar acompanhada durante o parto

· 2 de novembro de 2018
Uma companhia no momento do parto faz com que a mãe se sinta apoiada, relaxada e no controle da situação. Isso é o que a ciência afirma.

A simples presença de um rosto familiar durante o parto é um ótimo incentivo para qualquer mãe.

Atualmente, é bastante comum que a mãe esteja acompanhada na hora de dar à luz.

Esse acompanhante pode ser um familiar, um amigo ou uma doula. Contudo, essa prática era impossível há um tempo atrás.

Alguns hospitais ainda apresentam várias restrições quanto ao acompanhamento durante o parto.

Mas pouco a pouco estão se tornando cada vez mais flexíveis devido aos benefícios que isso traz para a futura mamãe.

Foram realizados estudos sobre essa questão que demonstraram que, de fato, uma mulher grávida se sente melhor tendo alguém de confiança ao seu lado para oferecer suporte e apoio diante de uma situação estressante.

Existe uma infinidade de benefícios de estar acompanhada durante o parto.

A seguir, vamos mostrar apenas sete para que você conheça um pouco mais sobre as vantagens de trazer o seu bebê ao mundo em companhia das pessoas que você ama.

durante o parto

1. O parto é mais curto quando você está acompanhada

Estar acompanhada constantemente reduz a duração do trabalho de parto.

Foi comprovado que uma companhia pode reduzir o tempo desse processo em até 43 minutos.

Isso acontece devido a calma e tranquilidade que a companhia proporciona à mãe.

Além disso, a ansiedade e o medo de dar à luz pode influenciar na frequência cardíaca do bebê, fazendo com que as contrações demorem mais, consequentemente tornando o parto mais longo.

2. O parto fica mais fácil com alguém ao seu lado

As mães acompanhadas têm mais possibilidades de ter um parto natural e sem necessidade de anestesia, em vez de um parto instrumentalizado.

As pesquisas sugerem que o apoio na hora do parto melhora a sensação de controle e empoderamento da mãe.

Isso faz com que a dependência das intervenções médicas reduza significativamente, inclusive a anestesia epidural.

Reduzindo os níveis de estresse, a passagem do bebê pela pélvis também se torna mais fácil, fazendo com que todo o processo seja mais tranquilo.

3. A experiência do parto é melhor se você não estiver sozinha

As mães que tiveram acompanhamento durante o parto apresentaram maior satisfação com a experiência em relação àquelas que passaram pelo processo sozinhas.

A satisfação é maior principalmente para mães que contaram como a presença do parceiro desde o início do processo.

durante o parto

4. O seu (ou a sua) acompanhante pode ajudar a cronometrar os intervalos das contrações

A pessoa que vai acompanhar você pode ajudar a cronometrar o tempo desde o começo de uma contração até o começo da próxima.

Se o intervalo for de 8 a 10 minutos e cada contração durar entre 30 e 45 segundos, significa que já está quase na hora do parto.

5. O seu acompanhante pode manter contato com o médico que vai fazer o parto

Estar em contato constante com seu médico é muito importante. Isso porque, dessa forma, ele poderá te auxiliar e dizer quando você deverá ir ao hospital.

Isso com base, é claro, no tempo de duração e de intervalo das contrações.

6. Tranquilizar, incentivar e apoiar

Quando você está tensa, seu corpo fica extremamente rígido, dificultando o processo. Ou ainda pode acontecer de você precisar passar por uma cesariana.

É nesses momento que você mais vai precisar de um acompanhante para te tranquilizar, incentivar e apoiar.

Ficar sabendo que o parto não se desenvolve de forma natural e será preciso realizar uma intervenção médica faz a mãe ficar ainda mais vulnerável.

Por isso, o apoio e a calma que seu acompanhante pode proporcionar é extremamente importante.

7. Atenção às necessidades básicas (sede, frio, calor…) durante o parto

Desde o momento em que a bolsa se rompe, você vai precisar de muita atenção do seu acompanhante.

A comunicação entre vocês é muito importante para que essa pessoa ajude a não deixar faltar nada quando você mais precisa.

O acompanhante deve ter muita paciência, sobretudo se você for mãe pela primeira vez.

Essa pessoa, portanto, deverá te transmitir segurança durante o parto com palavras motivadoras, segurando suas mãos e sempre te lembrando da respiração.