Contrações de Braxton Hicks: aprenda a diferenciar

· 17 de novembro de 2017

As contrações de Braxton Hicks chegam a confundir muitas mulheres que já se encontram na hora do parto. Geralmente, as mulheres grávidas são capazes de saber se chegou a hora do parto através das contrações. A frequências e a intensidade delas podem determinar o final feliz.

No entanto, algumas gestantes sabem que chegou a hora do parto pelo simples fato de romper a bolsa de líquido amniótico. Essa é a maior prova de que as contrações que sofrem são verdadeiras. A pesar disso, não é difícil ignorar qualquer tipo de contração, por isso é importante diferenciar as verdadeiras das falsas.

As gestantes são muito diferentes entre si, algumas não sentem nenhuma contração, e outras passam dias sofrendo com pequenos incômodos antes de dar à luz. Com relação a isso tudo muda quando finalmente chega a hora do parto. Outros fatores intervêm para demonstrar que o processo está acontecendo e avançando.

O que são as contrações de Braxton Hicks?

Também chamadas de contrações de falso trabalho de parto, foram descobertas no final do século XIX, pelo médico inglês Braxton Hicks. Essas contrações acontecem esporadicamente; à medida em que a gestação vai avançando ela se torna mais frequente, principalmente no final do período de gravidez.

Essas contrações falsas são diferentes das normais porque não causam dor, mas alguns incômodos que confundem muitas grávidas. Embora algumas não as percebam, outras as sentem desde a 28ª semana de gestação.

Como diferenciar as contrações de Braxton Hicks?

Na maioria dos casos, as grávidas sentem que conseguem diferenciar as contrações de Braxton Hicks das verdadeiras contrações. É normal se preocupar, já que pode ser indício de parto prematuro. Estes são alguns sinais que devem ser levados em consideração para diferenciar esse tipo de espasmo.

  • As contrações de falso trabalho de parto acontecem no final da gravidez. No geral acontecem uma ou duas semanas antes de darem à luz. Embora se tornem mais intensas elas não acontecem regularmente, quer dizer, não vai aumentando a frequência, duração nem a intensidade delas. Ainda que sejam indolores, são incômodas, e costumam durar 30 segundos aproximadamente.
  • Geralmente essas contrações também são conhecidas como contrações fisiológicas. São apenas incômodos por causa do afrouxamento do colo do útero antes de sua dilatação. Nós mulheres, podemos relacioná-las com os típicos incômodos frutos da menstruação. Frequentemente acontecem em mulheres magras ou com atividade física ou profissional muito intensa.
Como diferenciar as contrações de Braxton Hicks

  • As verdadeiras contrações de parto aumentam sua intensidade, em períodos regulares. Acontecem com uma frequência aproximada de 3 a 5 contrações a cada 10 minutos. Em trabalho de parto, a frequência é de 2 ou 3 contrações, mais intensas e com uma duração de 60 segundos a cada dez minutos.
  • As contrações de Braxton Hicks são sentidas debaixo do abdômen, enquanto que as verdadeiras contrações começam nas costas e se espalham na direção da parte baixa abdômen.

Recomendações para acalmar as contrações de Braxton Hicks

  • Mudar a atividade ou a posição quando, provavelmente, estão acontecendo as contrações de falso trabalho de parto. Geralmente uma mudança de movimento pode ajudar a aliviar o mal-estar provocado por essas contrações, esse movimento pode fazer com que a contração desapareça.
  • Praticar técnicas de respiração para o trabalho de parto, enquanto são sentidas as falsas contrações. Respirar lenta, profunda, e ritmicamente pode ajudar a amenizar o incômodo mal-estar.
  • Ir ao banheiro frequentemente para esvaziar a bexiga. A irritação da bexiga pode chegar a gerar contrações de Braxton Hicks mais intensas.
  • Tentar relaxar o máximo possível para poder descansar. Deitar-se sobre o lado que seja mais confortável e menos doloroso.
  • Permanecer hidratada. A desidratação geralmente pode causar espasmos nos músculos, e poderá gerar esse tipo de contrações.
Recomendações para acalmar as contrações de Braxton Hicks

Quando devemos nos preocupar com essas contrações?

  • Se a gestante estiver na 36ª semana de gestação, sentir mais de 4 contrações por hora ou mais de 5 depois de 36 semanas.
  • Quando as contrações vierem acompanhadas de dor abdominal, dor nas costas ou pélvica.
  • Observarmos que vem acompanhadas de algum tipo de fluxo vaginal que não é comum
  • Em caso de a grávida apresentar histórico de parto prematuro

Imagem principal cortesia de © wikiHow.com