Benefícios psicológicos das massagens para bebês

Fazer massagem em seu bebê tem múltiplos benefícios para o desenvolvimento físico dele, mas também tem uma influência positiva na saúde emocional dele e na sua.
Benefícios psicológicos das massagens para bebês

Última atualização: 13 maio, 2022

É natural para algumas mães passar algum tempo todos os dias massageando seu bebê. Para outras não, e isso é totalmente normal. No entanto, essa prática pode ser muito positiva para ambos.

Talvez você já soubesse que, ao fazer isso, favorece a circulação sanguínea do bebê e fortalece seu sistema imunológico, e que, além disso, pode aliviar seu desconforto estomacal ou a dor derivada do nascimento dos dentes. Mas hoje queremos falar com você sobre os benefícios psicológicos das massagens para bebês.

O desenvolvimento psicológico e emocional das crianças nos primeiros meses está intimamente relacionado com a interação que elas têm com os pais. As massagens são um momento de intimidade e conexão que pode ter um impacto muito positivo no vínculo entre ambos. Além disso, a mãe também pode obter grandes benefícios desses momentos. Descubra a seguir o porquê.

Benefícios psicológicos das massagens para bebês

Mãe dando uma massagem em seu bebê recém-nascido para se beneficiar das virtudes das massagens.

Indução de um estado de relaxamento no bebê

O útero é um espaço seguro, quente e confortável, no qual o bebê se sente protegido e em constante contato com a mãe. Ao nascer, ele chega a um mundo hostil, cheio de luzes brilhantes, sons intensos e no qual começa a sentir fome, medo ou solidão, sensações que nunca experimentou antes.

As massagens lhe devolvem parte dessa ligação com a mãe, permitindo que desfrute de sua presença, seu toque e seu amor. E isso, somado às carícias da massagem, induz a um estado de calma e relaxamento muito benéfico para o pequeno.

Promoção do desenvolvimento infantil

Durante a massagem, o bebê recebe atenção, incentivo e carinho de sua mãe. Isso favorece o desenvolvimento de uma autoestima saudável, pois faz com que ele se sinta importante, valioso e merecedor de amor e cuidado. Além disso, aumenta sua atenção e sua capacidade de se relacionar com o ambiente.

Fortalecimento do vínculo de apego, um dos benefícios psicológicos das massagens para bebês

O vínculo de apego define o tipo de relação que se estabelece em nível emocional entre a mãe e o bebê. Isso é mediado pela interação entre ambos, de modo que quanto mais frequente e satisfatória for, maior qualidade terá o vínculo.

Ao massagear seu bebê, você oferece cuidados de qualidade que fazem com que ele se sinta cuidado e amado. Da mesma forma, o contato pele a pele favorece que mãe e filho experimentem uma maior secreção de oxitocina (o chamado hormônio do amor). Isso potencializa os laços afetivos e gera sensações agradáveis de bem-estar.

Permite que as mulheres se ajustem à maternidade

Tornar-se mãe é um verdadeiro processo. Não é algo que é alcançado em um dia ou totalmente aprendido no momento em que uma criança nasce. A mulher precisa se adaptar ao seu novo papel, conhecer seu pequeno e aprender a entendê-lo.

Um dos benefícios psicológicos das massagens para bebês é que elas permitem que a mãe interaja com a criança, observe seus gestos e reações e comece a entendê-la um pouco mais a cada vez. É uma atividade agradável que permite que ambos comecem a se conhecer a fundo.

Proporciona uma sensação de realização

Para uma mãe, seu bebê é a coisa mais importante e ela quer cuidar dele da melhor maneira. No entanto, muitas vezes pode não saber como agir ou o que pode fazer por ele.

Mãe fazendo massagem em seu filho pelos benefícios psicológicos da massagem para bebês.

Ao fazer uma massagem, você está favorecendo o seu desenvolvimento físico, cognitivo e emocional, está melhorando a sua saúde e dando carinho, encorajamento e conforto. E saber que você está fazendo uma contribuição tão positiva para o bem-estar de seu filho pode lhe dar uma boa sensação de realização e aumentar a confiança em suas habilidades como mãe.

Como obter os benefícios psicológicos das massagens para o bebê?

Você pode começar a massagear seu bebê desde o primeiro mês de vida e pode escolher diferentes horários do dia para essa prática. O importante é que você e seu pequeno estejam receptivos nessa hora, pois é um momento de diversão. Assim, se algum de vocês estiver muito cansado, irritado ou nervoso, será preferível esperar outra ocasião.

O objetivo não é tornar essa atividade uma obrigação, mas um presente que você dá a si mesmo e ao seu vínculo. A maioria dos bebês geralmente gosta de massagens após o banho, antes de dormir ou quando acordam, mas você pode experimentar para descobrir qual horário melhor atende às suas necessidades.

This might interest you...
Uma massagem especial para o seu bebê
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Uma massagem especial para o seu bebê

É surpreendente o que as massagens podem fazer pelo seu bebê. Descubra, neste artigo, seus benefícios e um tipo de massagem especial para o seu beb...