Como ensinar uma criança a estudar sozinha?

Aprender a estudar por conta própria é um processo extremamente importante, o qual devemos orientar, supervisionar e incentivar durante o crescimento de nossos filhos. Descubra mais sobre esse assunto a seguir.

Ensinar uma criança a estudar sozinha não se trata apenas de um ato de cooperação, mas sim de responsabilidade. Acontece que, durante a infância, o apoio dos pais nunca é demais no que se refere a aprender e a consolidar o conhecimento.

A participação dos pais nas tarefas escolares da criança influenciará o seu rendimento escolar. Portanto, é muito importante manter uma atitude proativa.

Bons hábitos de estudo desde o primeiro dia farão com que as crianças alcancem todos os objetivos acadêmicos, tanto em sala de aula como por conta própria. Além disso, isto também as ajudará a encarar mais facilmente o estresse pelas avaliações (escritas ou orais).

Ensinar uma criança a estudar sozinha é uma ferramenta útil para a vida toda. Devemos nos lembrar de que, grande parte do que aprendemos na infância, permanece para sempre.

A disciplina é uma qualidade importante na hora de manter e aumentar a motivação na aprendizagem, sem importar a idade que se tenha.

“Motivação é aquilo que te faz começar. Habito é aquilo que te faz continuar”

– Jim Ryun–

Dicas para ensinar uma criança a estudar sozinha

Dicas para ensinar uma criança a estudar sozinha

O primeiro passo para ensinar uma criança a estudar sozinha consiste na preparação do local de estudo. Limpar a mesa, retirar os objetos que possam servir de distração, colocar uma boa iluminação e organizar os papéis, o lápis, os cadernos, os dicionários e todos os outros materiais necessários.

Evidentemente, não devemos nos esquecer que sempre devemos incluir uma garrafa de água para que as crianças não se esqueçam de tomar água enquanto estudam.

1. Divida os temas

Uma vez organizado o local de estudo, a primeira coisa que devemos fazer é dividir o assunto por temas. Desta maneira, a criança entenderá mais claramente o que vai estudar e será mais fácil lidar com este volume de informação.

2. Participe

Apesar de o objetivo ser que a criança consiga estudar sozinha, não devemos deixar de participar do processo. É bom que, ao início, motivemos a criança e, assim que termine, lhe perguntemos como se sentiu e deixemos claro que ela fez um bom trabalho.

Se a criança ficou com alguma dúvida, devemos resolvê-la e, com paciência e sem pressa, ajudá-la a superar suas dificuldades. Em outras palavras, se trata de ensinar a criança a encontrar e aplicar as soluções para que não fique angustiada e acabe perdendo o interesse.

Se for necessário que memorize algo, tente ajudar com um questionário. Tente fazê-lo da forma mais calma possível, para que a criança se sinta segura de si mesma e não fique intimidada diante das perguntas.

3. Tente não pressionar a criança

Se você constantemente  pressionar a criança sobre a importância de estudar, de forma autoritária, é possível que ela comece a se irritar. Portanto, deve-se pedir que estude de forma tranquila. Assim, vamos conseguir que a criança se torne consciente da importância do ato de estudar.

4. Proponha intervalos

Ensinar uma criança a estudar sozinha também implica explicar que os intervalos são sempre justos e necessários. Certifique-se de que seu filho faça intervalos curtos periodicamente, para evitar que se canse.

Leve em consideração o fato de que, se você obriga a criança a trabalhar por mais tempo do que ela pode se concentrar, é possível que o estudo não seja muito proveitoso e que ela associe o ato de estudar como algo negativo.

5. Ofereça sutis recompensas

Outra dica que pode te ajudar muito na hora de ensinar uma criança a estudar sozinha, é o de implantar um sistema de recompensas, baseado na igualdade, para manter a motivação e a disposição elevadas.

6. Ensine seu filho a aprender

Você deve ensinar seu filho a aprender, não apenas a estudar. Incentive a criança a aprender coisas novas todos os dias, para que ela compreenda a importância do conhecimento no cotidiano de todas as pessoas.

De fato, é possível encontrar formas interativas para que seu filho aprenda em casa, tais como documentários, jogos educativos ou livros. Também é importante fazer perguntas e ensinar a se questionar e a refletir sobre o mundo à sua volta.

7. Encontre maneiras divertidas de estudar

Você pode experimentar com diversos métodos e ir modificando o sistema de estudo do seu filho até funcionar. Por exemplo, é possível usar fichas didáticas, um guia de estudo personalizado ou recados fixados no quarto.

Se seu filho quer aprender de uma maneira em particular, para que seja divertido, é importante ceder. Se, ao contrário, ele não quiser estudar, é importante que você o ajude a recuperar o interesse. Você pode fazer sugestões ou deixar escapar algumas informações interessantes para aguçar sua curiosidade.

A escrita, um recurso útil e valioso

8. Minimize as distrações

Outro aspecto crucial para ensinar uma criança aprender a estudar sozinha é evitar que ela se distraia. Por isso, é necessário desligar a televisão, o rádio e demais aparelhos eletrônicos ao seu redor.

Caso seja necessário, você pode limitar completamente o acesso à internet durante as horas de estudo programadas.

9. A escrita, um recurso útil e valioso

Para ensinar uma criança a estudar sozinha, só é preciso lápis e papel. Acontece que muitas crianças retêm melhor a informação quando a escrevem. Por isso, é uma boa ideia lhe ensinar como fazer anotações e como colocar por escrito as perguntas relacionadas ao tema que lhe interessa estudar. Em outras palavras, ensinar como preparar um questionário.

O ideal é que a criança seja capaz de responder a todas as perguntas e que, ao terminar, revise as respostas periodicamente para fixar a informação. Este tipo de simulado reduzirá o estresse nos dias de prova.

Recomendados para você