Como saber se estou preparada para ser mãe?

· 29 de outubro de 2017

Ser mãe é o desejo natural e normal da maioria das mulheres, mas também é verdade que não se trata de uma brincadeira nem de uma decisão tomada sem pensar. Por isso, é bom que toda mulher saiba se está preparada para ser mãe tanto física quanto emocionalmente.

O desejo de ser mãe…

Ser mãe significa ser responsável, ter tempo e vontade. Não é algo que se aprende em nenhum curso acadêmico ou universitário. Ser mãe é algo natural que acontece em determinado momento das nossas vidas. O relógio biológico da mulher começa a funcionar e o desejo de ser mãe surge dentro dela.

No momento em que um bebê nasce, também nasce uma mãe. Ela nunca tinha existido antes. A mulher existia, mas a mãe, nunca. Uma mãe é algo absolutamente novo.

–Rajneesh–

Como saber se eu estou preparada para ser mãe?

Ter vontade de ser mãe

Se dentro de você surge um desejo que não consegue controlar, uma vontade incontrolável de formar uma família, um pensamento que se repete à cada momento, provavelmente seja o momento adequado para ser mãe. Não tenha medo de fracassar ou do que as outras pessoas podem dizer. Ser mãe é algo que se aprende com o tempo. Uma vez que você se sinta preparada, ter seu filho nos braços vai ensinar como ser uma boa mãe no dia a dia.

Mãe grávida cuidando da roupa do bebê

Se, pelo contrário, só de pensar em ser mãe você sente ansiedade ou frustração, se o medo vence a emoção, ou se a ideia de ter um filho provoca uma sensação de inquietação, talvez você tenha que pensar melhor sobre o assunto, essa insegurança pode indicar que você não está suficientemente preparada.

Você deve se preparar emocionalmente

Ser mãe não é um passatempo nem uma diversão. É uma séria responsabilidade que você terá por toda a vida. Uma mãe nunca deixa de ser mãe, mesmo que os filhos tenham crescido e constituído sua própria família.

Por isso, cada mulher deve se sentir preparada para ser mãe, sem receber pressões de qualquer tipo por causa da sua idade, do ambiente ou das circunstâncias. Ser mãe significa estar disposta a renunciar seu tempo para dividi-lo com alguém que precisa de você, e muitas vezes deixar seus prazeres e suas metas de lado para tentar conquistar outras novas.

Planeje as finanças

Não custa nada dizer que o mais importante para o seu filho não vai ser uma casa cheia de luxos e caprichos, mas um lar repleto de amor e carinho. Mas a verdade é que na hora de pensar em ser mãe terá que planejar muito bem as finanças da sua casa.

Você deverá pensar não apenas nos gastos que a chegada do novo membro ao lar vão exigir, mas também nos custos adicionais que aparecerão posteriormente: a estimativa com gastos médicos, educação, vestuário, etc…

Uma decisão do casal

Casal olhando juntos o resultado do teste de gravidez

Se você tem um parceiro, a decisão de ser mãe não é apenas sua. Deve ser um desejo compartilhado pelos dois, e ambos devem querer muito. Vocês devem estar convencidos de que se tornar pais vai significar uma mudanças nas suas vidas, pois como já dissemos, ter um filho é uma séria responsabilidade, além de uma grande alegria.

Não se obrigue a ser mãe

Nunca tome a decisão de ser mãe obrigada por ninguém. Provavelmente, a decisão de ser mãe será uma das decisões mais importantes da sua vida. Deve ser uma escolha sua e do seu parceiro, que deve ser bem pensada e planejada.

Se depois de dar muitas voltas você decidir que ser mãe não é para você e que prefere levar um vida em casal ou sozinha, não se preocupe. Talvez seu momento ainda não tenha chegado. O mais importante é você estar segura e feliz com a decisão que tomar.

Saiba que sua vida vai mudar

É importante que você saiba que a chegada de uma criança vai mudar a sua vida por completo. E mais, em muitos aspectos você vai sentir que sua vida está de cabeça para baixo. Se você tiver isso em mente e não se importar em viver esse novo desafio, você está preparada para começar a nova aventura de ser mãe.

Quando se é mãe, nunca se está realmente sozinha em seus pensamentos. Uma mãe sempre tem que pensar duas vezes, uma vez por si mesmo e outra por seus filhos

–Sophia Loren–

Além disso, ser mãe não significa que você já não poderá aproveitar mais nada na vida, longe disso. Porém você deve estar consciente de que a vida que vai começar será muito diferente da que teve até agora.

A partir de agora seus planos, suas metas, seus objetivos e tudo o que você decidir e fizer, terá que levar em consideração o seu filho. Pense que muitas vezes as necessidades dele terão que se sobrepor às suas. 

Não tenha medo, muito em breve você vai perceber que ter um filho é uma experiência maravilhosa que faz você feliz; dê o melhor de si e se presenteie com uma oportunidade nova para sorrir todos os dias. Ser mãe vai fazer você se sentir indispensável na vida dessa nova pessoa que vai chegar indefesa a esse mundo, e será, sem dúvidas, a melhor experiência que você já teve.