Como viajar desde pequeno e conhecer diferentes culturas afeta uma criança

· 27 de fevereiro de 2018
As viagens familiares para lugares desconhecidos ajudam os membros da família a melhorar a qualidade de vida em muitos aspectos. Em seguida, veremos como essa experiência beneficia os pequenos. Sem dúvida, será algo que eles irão aproveitar.

Viajar pode transformar completamente a vida de uma pessoa. Conhecer outros estilos de vida e culturas diferentes nos faz questionar nosso próprio ponto de vista sobre as coisas. Os pequenos não escapam dessa experiência. Viajar desde a infância pode ser um evento revolucionário na vida de uma pessoa.

Em um mundo onde todos correm atrás de seus horários e obrigações, pisar no freio e observar o que nos rodeia parece um milagre. Conhecer novos destinos abre a mente e afeta positivamente em diferentes aspectos da vida.

Isso não se aplica apenas aos adultos. As crianças, que estão em pleno processo de descobrir o mundo, podem ficar maravilhadas com tudo o que há “lá fora”. Acostumar uma criança a viajar desde pequena é um excelente hábito que os pais podem transmitir.

Por que afirmamos isso? A seguir, nos aprofundaremos nessa questão.

“Viajar é um exercício com consequências fatais para o preconceito, a intolerância e a mentalidade estreita”
-Mark Twain-

Os benefícios de viajar

Embora muitas vezes desconfiemos – e com razão – sobre os milagres que as empresas de turismo atribuem às viagens, muitos desses efeitos positivos são verdadeiros. Fazer as mala e sair de casa por alguns dias tem grandes vantagens para o bem-estar físico e emocional. Estes são alguns:

  • Reduz o estresse. Desconectar do trabalho, dos problemas e dos compromissos nos leva a descansar totalmente, recuperar as energia e, portanto, sermos mais felizes. É importante não planejar excessivamente, pois poderíamos sofrer o estresse pós-férias e retornarmos ainda pior do que fomos.
  • Estimula o cérebro. Conhecer novos lugares, aromas, gostos e viver novas experiências ajuda o cérebro a “trabalhar” para assimilar tudo o que é desconhecido. Assim, a mente jovem se mantém e capaz de continuar incorporando novas informações.
  • Colabora com o bem-estar emocional. Viajar melhora a autoestima, uma vez que envolve desafios pessoais, como se localizar e nos acostumar com novos alimentos, regras e até mesmo idiomas. Além disso, as experiências vividas contribuem muito mais para a nossa felicidade do que qualquer objeto que possamos comprar.

Viajar desde pequeno é ainda melhor

Se a experiência de viajar oferece tantas vantagens para os adultos, para os pequenos estas vantagens são potencializadas. Tenha em mente que para eles sair de casa é, em muitas ocasiões, se aventurar no desconhecido. Talvez nem saibam quão longe é o destino, como chegam ou quando voltarão para casa.

Portanto, poderíamos resumir os três grandes benefícios de viajar para as crianças em:

1.- Uma nova perspectiva

Quando somos crianças, a forma como nos incentivam a analisar e interpretar o mundo é o que determina o nosso ponto de vista. No entanto, quando uma criança sai de sua cidade, país ou continente, aprende a ver a vida com outros olhos.

Ele perceberá, então, que nem tudo deve ser feito como ela aprendeu. Entre tantas coisas a observar, ela irá incorporar novos hábitos para sua vida e outros valores em relação ao trabalho, às relações humanas e ao meio ambiente.

Além disso, poderá experimentar alimentos que nunca havia experimentado ou esportes característicos desse lugar. O mundo está cheio de alternativas, é apenas uma questão de procurar.

2.- A curiosidade é despertada

Como verá muitas coisas que não conhecia e talvez que nem imaginava, a criança terá muitas perguntas. Por que aqui se fala esse idioma? Por que eles gostam tanto dessa comida? Como se chama essa música?

A melhor coisa sobre isso é que seus sentidos irão experimentar um intenso senso de avidez. Sua atenção estará 100% dedicada a identificar tudo o que veem.

Consequentemente, eles também estarão promovendo seu espírito reflexivo, crítico e racional. Tudo o que existe e acontece tem um motivo para ser, e eles vão querer saber a todo custo.

3.- Melhora os relacionamentos e a qualidade de vida

Viajar desde pequeno com a nossa família representa, além do acima mencionado, um desafio para todos os seus membros. É preciso colaboração, tolerância e paciência para suportar a presença do outro durante as 24 horas, algo que talvez não ocorra no dia a dia.

É uma excelente oportunidade para aprofundar os laços através de novas experiências. Nas viagens, os irmãos e os pais deixam de ser familiares para serem companheiros.

Tanto eles quanto as crianças enfrentam novas experiências, então o ponto central é o que acontece no exterior e não o que o outro faz.

“Depois de viajar, a família estará mais unida e flexível”

Conselhos para se ter em mente ao viajar com crianças

Se você vai fazer uma viagem com seus filhos, essas recomendações podem ser de grande ajuda:

  • Não se esqueça de levar toda a documentação que você possa precisar, incluindo a carteirinha de saúde.
  • Embale os elementos de segurança, higiene e alimentos que um bebê ou uma criança pequena pode precisar.
  • Alguns medicamentos – dos mais genéricos – não serão uma má opção para sair de uma emergência (evite a automedicação, de qualquer maneira).
  • Planeje atividades com tempo suficiente para descansar ou fazer ajustes de última hora.
  • Evite lugares com muitas pessoas, sem sombras ou instalações inadequadas para viajar com crianças.
  • Tenha sempre à mão algum alimento, bebida e brinquedos.

Finalmente, se disponha a aproveitar. Se você tomar as precauções necessárias e com uma boa predisposição por parte dos participantes, uma viagem pode se tornar uma recordação inestimável para uma criança. Viajar desde pequenos é abrir uma janela para o mundo que oferecerá uma brisa fresca para o resto de suas vidas.