Consequências de uma comunicação familiar deficiente

Para saber como melhorar a comunicação na sua família, primeiro você precisa descobrir quais são as barreiras a serem superadas. Não perca nenhum detalhe!
Consequências de uma comunicação familiar deficiente

Última atualização: 05 Agosto, 2021

Uma comunicação deficiente sempre tem suas consequências. Isso se aplica a qualquer área da vida, mas na família pode ser muito perigoso. Uma boa comunicação familiar é essencial para ajudar as crianças a compreender suas próprias emoções e as dos outros. Também ensina a pensar antes de falar.

Se isso não for levado em consideração, as crianças podem desenvolver dificuldades em suas habilidades comunicativas, afetando negativamente a forma como se relacionam com os outros.

Por meio de uma comunicação adequada, todos os membros da família serão capazes de atender às suas próprias necessidades e às dos outros. Em sua ausência, haverá apenas conflitos, gerando sentimentos negativos.

A falta de diálogo e o entendimento nulo por parte dos pais farão com que os filhos se sintam abandonados emocionalmente. Graças à comunicação, é possível transmitir valores, e isso é algo muito valioso.

A comunicação pode ocorrer de várias maneiras, seja por meio de palavras ou de maneira não verbal. Ambas as formas são importantes e devem estar presentes para garantir uma boa troca entre os familiares.

Leia mais: Como resolver os problemas de comunicação dos pais

Por que é produzida uma comunicação familiar deficiente?

A falta de comunicação pode ocorrer por diferentes motivos. Alguns são mais comuns do que outros, mas todos têm uma influência negativa. É fundamental refletir sobre cada um deles, para poder detectá-los e detê-los o mais rápido possível.

As crianças aprendem a desenvolver suas habilidades de comunicação dentro da família. Se os pais não forem um bom modelo, elas também não terão um bom desempenho nesse aspecto.

A comunicação familiar é trabalhada no dia a dia, nas conversas cotidianas e nos conflitos que surgem ao longo do caminho.

É importante não se esquecer de manter a assertividade e o respeito nas situações mais tensas. Dessa forma, as crianças serão capazes de modelar um bom comportamento em termos de comunicação.

Abaixo, vamos listar alguns problemas que favorecem uma comunicação familiar deficiente:

Ambiente doméstico ruim

Normalmente, a comunicação deficiente ocorre quando o ambiente dentro de casa não é harmonioso e a conexão entre os membros da família é notável por sua ausência.

Esses fatores, além de promoverem problemas de comunicação, também podem gerar ressentimentos entre os familiares.

Individualismo

Quando cada membro da família vivem em casa sem se importar com o que os outros fazem, o individualismo se torna a norma.

Essa terrível obstinação de vínculo emocional, infelizmente acaba com a comunicação entre todos.

Falta de tempo

Quando o tempo para a família não é priorizado, a comunicação em casa também se torna limitada.

Comer em frente à televisão, olhar o celular em vez de brincar com os filhos e outras atitudes semelhantes interferem no circuito da comunicação. São hábitos que devem mudar o mais rápido possível.

Falta de paciência

Irritação, estresse e ansiedade são fatores que reduzem a paciência. Isso significa que os pais não se concentram na importância do diálogo como ensino e simplesmente querem acabar com a situação tensa rapidamente.

A não observância desse erro pode causar sérios danos emocionais aos seus filhos.

Consequências da comunicação deficiente

Os aspectos negativos da comunicação familiar deficiente são visíveis, e é necessário conhecê-los para compreender a seriedade de não promover um diálogo adequado em casa.

Em resumo, listamos as consequências emocionais para as crianças desse hábito negativo em casa:

  • Desenvolvimento de vínculo emocional nulo entre os membros da família.
  • Sensação de abandono emocional.
  • Individualismo que destrói a união.
  • Egoísmo.
  • Comportamentos tirânicos e mau comportamento.
  • Isolamento familiar.
  • Desconfiança entre os membros da família.

Como melhorar a comunicação familiar

Barreiras a superar na comunicação familiar deficiente

É essencial levar em consideração algumas dicas para melhorar a comunicação na sua família. Não se esqueça de manter as seguintes dicas em mente:

  • Não julgue, critique ou humilhe seus filhos. Isso criará uma barreira para o diálogo com você.
  • Ouça seus filhos com todos os seus sentidos, mesmo se você achar que o que eles têm a dizer não é importante.
  • Mostre aos seus filhos que você se importa com tudo o que eles dizem, para que eles sempre compartilhem com você em vez se afastarem.
  • Nunca faça imposições aos seus filhos.
  • Ofereça ferramentas para ajudá-los a resolver seus próprios problemas, mas não os resolva para eles.
  • Sempre fale com um vocabulário que seus filhos possam entender.
  • Seja natural ao falar sobre qualquer assunto e se você não souber de algo, não invente as respostas, seja sincera com eles.
  • Torne-se um bom exemplo de comunicação para que seus filhos sejam bons comunicadores.

Em última análise, para melhorar a comunicação familiar em casa, é essencial ouvir e respeitar uns aos outros.

Procure ser um modelo para os seus filhos não apenas nas habilidades de comunicação, mas também na vida em geral. Eles aprendem tudo com você, não os decepcione.

Pode interessar a você...
Por que a comunicação em família é importante?
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Por que a comunicação em família é importante?

A comunicação em família ajuda a criar e manter um clima afetivo no lar. Ela favorece que os seus membros sejam capazes de expressar as suas emoçõe...



  • B. Rosenberg, M., Seid Llamas, A. (2019) Comunicación no Violenta: Un Lenguaje de vida. Editorial: Independiente