O que considerar antes de dar um animal de estimação para seus filhos?

Um animal de estimação pode ser um excelente presente. Mas antes de dar um animal de estimação aos seus filhos, leve em consideração as considerações que mostraremos a seguir.
O que considerar antes de dar um animal de estimação para seus filhos?

Última atualização: 03 agosto, 2022

Os animais estão no topo da lista de presentes que as crianças pedem aos pais. No entanto, dar um presente como este não é uma decisão a ser tomada de ânimo leve. Há uma série de aspectos a considerar antes de dar um animal de estimação aos seus filhos e aqui vamos lhe dizer quais são.

Dar um animal de estimação pode ser uma excelente ideia, porque qual criança não ia adorar? Em geral, os pequenos têm tendência a pedir cães ou gatos, que se tornam os seus melhores amigos para brincar, passear e se divertir. No entanto, deve-se pensar na grande responsabilidade que um animal de estimação acarreta, pois não é um objeto, mas um ser vivo que precisa de cuidados e atenção.

Considerações antes de dar um animal de estimação aos seus filhos

Antes de comprar um animal de estimação em uma loja ou adotar em uma fundação ou organização que defende os animais, analise cuidadosamente os prós e contras para tomar a melhor decisão. Aqui estão algumas considerações a ter em mente.

1. Um animal de estimação precisa de tempo e atenção

Uma das primeiras coisas a considerar ao dar um animal de estimação para seus filhos é que ele precisa de cuidados, tempo e atenção. Essa responsabilidade não deve recair apenas sobre os pequenos, mas também sobre os adultos. É óbvio que uma criança não tem capacidade ou maturidade para cuidar do animal, então você deverá fazer isso sozinha ou compartilhar as tarefas com o resto da família.

Teremos que alimentar, dar banho, brincar, levar para passear, educar, entre outras coisas. Da mesma forma, você deve pensar se tem condições de sustentar um animal e se tem capacidade financeira para incluir no orçamento comida, consultas no veterinário, fornecimento de remédios e vacinas ou brinquedos para o animal se divertir.

2. Que tipo de animal de estimação dar?

As crianças tendem a preferir cães ou gatos, mas também há outros tipos de animais que elas podem gostar, como hamsters, coelhos, peixes, tartarugas ou alguns pássaros. Escolha que tipo de animal de estimação elas gostariam e encontre uma raça amigável, se for um cachorro ou um gato. Desta forma, as crianças podem brincar e se divertir, e você ficará tranquila.

Entre as melhores raças de cães para lares com crianças estão o Labrador Retriever, Beagle, São Bernardo, Schnauzer e Collie, que são carinhosos, brincalhões e fáceis de treinar. Se seus filhos estão inclinados a um gato, os mais sociáveis são o Maine Coon, o Persa, o Angorá Turco, o Siamês e o Himalaia.

O gato do Himalaia é um dos gatos mais sociais e pode ser um ótimo companheiro para seus filhos.

3. Com que idade dar um animal de estimação?

A idade representa um fator muito importante na hora de procurar aquele bichinho para seus filhos. Nesse caso, é melhor dar um cachorro ou um gato quando os pequenos tiverem entre cinco e seis anos. Nessa fase, eles terão idade suficiente para entender que o animal de estimação é um ser vivo e não um brinquedo e poderão participar de seus cuidados.

Animais de estimação que exigem menos atenção são ideais para crianças menores, como hamsters, tartarugas e alguns tipos de peixes, pois não exigem muito tempo ou esforço.

4. A casa deve estar equipada para o seu animal de estimação

Se você pretende levar o bichinho para a casa ou apartamento onde mora, lembre-se de que neste local há espaço suficiente para o novo amigo de seus filhos. É necessário fornecer um local confortável para dormir, abrigar-se da chuva ou do sol, correr e brincar.

Se for um animal grande, precisará de muito mais espaço. Pense também em quem poderia cuidar dele quando você estiver fora ou onde você vai deixá-lo se tirarem férias.

5. Alergias em casa

Ao trazer um animal de estimação para sua casa, considere as alergias das pessoas que moram lá. Por exemplo, se alguém é alérgico a gatos, é melhor não trazer um. Escolha outro animal que possa conviver em harmonia com o resto da família.

Antes de escolher um novo animal de estimação, você deve considerar se alguém pode ter uma reação alérgica.

6. Adote um novo estilo de vida

Ao dar um animal de estimação para seus filhos, você deve considerar que seu estilo de vida e o dos membros da família mudarão.

O ideal é que a decisão de dar esse tipo de presente seja consensual, que todos concordem em compartilhar os cuidados com o animal, que expressem sua vontade de conviver com ele e que se sintam confortáveis e seguros.

7. Preparação do animal

Se você decidiu dar um cão ou um gatinho aos seus filhos, certifique-se de que o animal esteja vacinado e desparasitado. Antes de voltar para casa com ele, leve-o ao veterinário para saber se ele tem alguma doença e para se informar sobre o plano de vacinação. Isso evitará que o animal adoeça as pessoas que moram com você, caso não esteja saudável.

Ensine seus filhos a ter senso de responsabilidade

Ter um bichinho em casa faz com que os pequenos aprendam a ter senso de responsabilidade, respeito e amor pelos animais Ao mesmo tempo, as crianças desenvolvem habilidades de comunicação, à medida que aprendem a socializar, tornar-se sensíveis e expressar seus sentimentos.

Depois de todas essas considerações, decida o tipo de animal e a raça que mais se adequa ao seu lar e dê as boas-vindas ao novo membro. Ter um animal de estimação trará muitos benefícios para as crianças e toda a família.

Pode interessar a você...

5 benefícios de ter animais de estimação quando se tem filhos
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
5 benefícios de ter animais de estimação quando se tem filhos

Ter animais de estimação quando se tem filhos é algo maravilhoso e cheio de benefícios. Um animal de estimação traz muita alegria! Saiba mais aqui.