Os contos de Perrault e sua influência na infância

No momento em que a criança tiver um problema, perceberá que na vida real como na literatura ocorrem situações difíceis que devem ser resolvidas. As tradicionais narrativas ou contos de Charles Perrault têm como objetivo uma aprendizagem de vida, por meio da qual problemas podem ser superados.
Os contos de Perrault e sua influência na infância

Última atualização: 16 Maio, 2021

Charles Perrault foi um renomado escritor francês que conseguiu dar forma literária aos contos infantis clássicos.

Desde que a primeira edição dos contos de Perrault foi publicada em Paris em 1697, já se passaram mais de 300 anos. No entanto, eles continuam a ser uma fonte de inspiração na literatura, na arte e na cultura popular.

8 contos de Perrault que marcam positivamente a infância

Os Contos da Mamãe Gansa é um dos contos mais famosos de Perrault. Essas histórias que contêm valores morais, mas cheias de charme, se tornaram as leituras preferidas das crianças.

Os personagens são fadas, animais falantes, bruxas, ogros e príncipes encantados. Geralmente, eles têm finais felizes e, no final, Perrault inclui uma moral.

A bela adormecida da floresta

A história consiste em duas partes, a bela adormecida e a mãe do príncipe que tenta comer a nora e os netos. As fadas madrinhas representam o bem, o compromisso pessoal e a generosidade.

A fada egoísta representa atitudes ruins como o egoísmo, a inveja e o rancor. No início, o mal parece triunfar, mas fracassa. Os valores que destaca para as crianças são: amor, compaixão, coragem e compromisso.

Chapeuzinho Vermelho

Dos contos de Perrault, essa é a única em que o mal triunfa porque Chapeuzinho Vermelho não dá atenção ao que ao ambiente ao seu redor, não pensa nem reflete, confunde o mal com o bem e vê o lobo mal como um bom amigo.

Chapeuzinho Vermelho representa a ingenuidade e a falta de prudência ou de discernimento. Os valores representados são: reflexão, prudência e justiça.

Barba azul

Seu físico feio representa a deformação pessoal e, embora seja muito rico, está sozinho. Ele finge ser gentil e generoso com sua esposa, mas não deseja realmente pedir perdão.

Essa história mostra às crianças que o segredo da felicidade reside na honestidade, em aprender a compartilhar e em buscar o bem dos outros. Portanto, os valores que essa história ensina são: sinceridade, perdão e autenticidade.

 

Cinderela foi outro dos contos de Perrault

A Cinderela

O mal fere a todos, quem é mau e egoísta se distorce como pessoa, mas o bem traz felicidade que, no fim, triunfa sobre o mal. Os valores destacados são: perdão, bondade e generosidade.

O Gato de Botas

O gato mostra que a verdadeira riqueza reside em adotar uma atitude criativa. As botas representam sua disponibilidade, e o saco, a receptividade. Não se limita ao imediato, mas vai além.

A amizade genuína busca o bem-estar de seu amigo. O gato vence o mal com astúcia. Valores que destaca: criatividade, astúcia e amizade.

Pequeno Polegar

Simboliza o bem, representando-o como fraco, pequeno e discreto, ao contrário do mal, que é representado pelo ogro que é forte, grande e barulhento. No fim, o bem vence auxiliado pela inteligência. Basicamente, os valores destacados nessa história são: generosidade e inteligência.

Riquete do Topete

A verdadeira beleza está no coração e só pode ser apreciada com os olhos do amor. Esse conto alerta sobre o julgamento baseado na primeira impressão, ensinando que os valores alcançados no nível da criatividade são aqueles que proporcionam a verdadeira felicidade. Em essência, os valores que destaca para as crianças são:

 

As fadas e contos de Perrault

Benefícios da leitura dos contos de Perrault

Os contos infantis são ideais para que as crianças aprendam a reconhecer o mundo em que vivem de uma forma fantasiosa, ao mesmo tempo que se divertem nos primeiros anos de vida. Também trazem outros benefícios como:

  • Desenvolvem a imaginação.
  • Promovem o interesse pela leitura.
  • Exercitam a memória desde cedo.
  • Apresentam uma linguagem mais rica e variada.
  • Permitem aos pequenos relaxar e adormecer com mais calma, o que os ajuda a refletir sobre suas ações e a ter mais confiança.

Em resumo, os contos de fadas de Perrault serviram ao longo dos tempos para educar crianças. Basicamente, partindo de suas próprias emoções, como sentimentos de fidelidade, sinceridade, amor, justiça e coragem.

Sem dúvida, os contos de Perrault incluem muitos valores que influenciam a educação emocional e moral das crianças. Por que não começar hoje mesmo lendo um desses contos, ou talvez uma de suas versões mais leves?

Pode interessar a você...
Eram duas vezes, os contos clássicos atualizados
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Eram duas vezes, os contos clássicos atualizados

Vamos contar um pouco mais sobre Eram duas vezes, uma coleção de contos clássicos atualizados para o mundo em que vivemos. Saiba mais aqui!