Como as crianças são afetadas quando os pais não são uma equipe na educação?

Os pais precisam ser uma equipe na educação dos filhos se quiserem que eles cresçam felizes, seguros e confiantes. É importante trabalhar em conjunto para chegar a uma criação ideal.
Como as crianças são afetadas quando os pais não são uma equipe na educação?

Última atualização: 28 Fevereiro, 2021

Os pais são os modelos para os filhos e a sua relação com eles durante a infância vai determinar a sua maneira de se relacionar com os outros ao longo da vida. As crianças são afetadas quando os pais não são uma equipe na educação, já que, para elas, os pais são as suas referências emocionais.

Por meio da relação entre pais e filhos, os pequenos aprendem a se comunicar, ouvir, interpretar as emoções nos rostos, compartilhar e compreender a comunicação não verbal. Assim, os pais devem ser uma equipe na educação dos filhos. Se cada um for para um lado, isso vai acabar afetando a criança e causando danos psicológicos que podemos evitar se agirmos como uma equipe.

equipe na educação dos filhos

Como as crianças são afetadas quando os pais não são uma equipe na educação?

Como todos já sabemos, as crianças são como esponjas e “absorvem” o que veem nos modelos, que são os pais ou os cuidadores principais. Se nos comportamos de forma inconsistente, oscilando nas nossas decisões, discutindo sem chegar a um acordo quanto à forma de educar o nosso filho e se, além disso, também tivermos estilos educativos diferentes, isso vai acabar afetando as crianças.

Dessa forma, os pequenos não terão um modelo equilibrado para integrar, o que implicará em uma falta de autoconfiança.

Quando ambos os pais discordam e discutem por causa das diferentes maneiras de educar o filho, as necessidades da criança não são atendidas. Por esse motivo, ela não se sentirá segura nem protegida.

Assim, as crianças podem passar a manifestar de diferentes formas o quanto são afetadas quando os pais não são uma equipe na educação:

  • Sentimentos de solidão e angústia.
  • Alta frustração.
  • Confusão.
  • Todas as áreas da vida da criança são afetadas: escola, amigos, outros membros da família, etc.
  • Baixa autoestima.
  • Falta de autoconfiança.
  • Pouca ou nenhuma segurança em si mesma.

Por isso, os pais devem ser uma equipe na educação dos filhos, com uma educação coerente na qual ambos estejam unidos e caminhando juntos na mesma direção. Isso fará com que o pequeno cresça feliz e saudável.

Os pais devem tomar decisões juntos e sempre levar em consideração as necessidades dos filhos. Lembre-se de que todos estão em um processo de aprendizagem e que cometer erros faz parte desse processo.

Como os pais podem ser uma equipe na educação dos filhos?

A seguir, veremos algumas dicas que devem ser levadas em consideração para que os pais possam educar os filhos como uma equipe, com ambos indo na mesma direção rumo à sua educação. Como fazer isso?

Encontrar momentos para se divertir em família

Ao buscar momentos para se divertir em família, é possível reforçar a coerência em aspectos mais lúdicos da educação dos filhos.

Discutir com o objetivo de resolver problemas sempre que a criança não estiver presente

As discussões vão nos ajudar a planejar, a tomar decisões para responder às necessidades da criança e, além disso, também vão proporcionar a oportunidade de nos conhecermos melhor. Essas conversas vão facilitar o ato de partilhar os diferentes argumentos de cada um para a educação do filho e, dessa forma, chegar a um acordo entre ambos.

Não devemos corrigir o outro

Não existe uma verdade absoluta, nem devemos forçar a outra pessoa a fazer as coisas da forma como pensamos ou como nossos pais faziam. Temos que chegar a um consenso e elaborar o nosso próprio plano para a criação do nosso filho.

Não devemos procurar a maneira perfeita de educar

O que temos que fazer é educar da melhor forma possível, sempre em equipe e na mesma direção, que é a educação do nosso filho. Devemos olhar para trás a fim de identificar se cometemos algum erro e tentar corrigi-lo.

equipe na educação dos filhos

Estabelecer limites

Temos que deixar claro quais serão as ações inaceitáveis ​​da parte do outro e quais barreiras não podemos ultrapassar no que diz respeito à educação do nosso filho.

Evitar o típico “policial mau, policial bom”

Nosso filho deve nos ver como uma equipe, não como partes individuais das quais ele pode obter coisas separadamente. Se um de nós consente enquanto o outro é quem estabelece as regras, no final, haverá uma ruptura entre nós e vamos contribuir para que o nosso filho tenha a ideia de que um de nós é bom enquanto o outro é malvado.

Quando os pais não são uma equipe na educação dos filhos…

Em suma, vimos como as crianças são afetadas quando os pais não são uma equipe na educação, bem como algumas dicas para que ambos os pais sigam na mesma direção quanto à educação dos filhos. É preciso tentar se colocar no lugar dos pequenos e perceber que somos o exemplo deles.

Somos os seus modelos e, por meio de nós, eles aprenderão a se relacionar com os outros e saberão negociar se essa ferramenta tiver sido refletida por seus pais. Portanto, essa a importância de ser uma equipe e de colocar o amor acima de qualquer outra questão.

Pode interessar a você...
A Viagem de Said: um curta de educação intercultural
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
A Viagem de Said: um curta de educação intercultural

A Viagem de Said é um curta-metragem de animação que oferece a oportunidade de trabalhar com crianças e adolescentes sobre questões atuais e valore...



  • Siegel, D. J., Payne, T. (2012). El cerebro del niño. Alba.
  • Valdés Cuervo, Á. A., Urías Murrieta, M. (2011). Creencias de padres y madres acerca de la participación en la educación de sus hijos. Perfiles educativos, 33(134), 99-114.