Vantagens de discutir com os filhos de forma positiva

01 Novembro, 2020
Discutir com os filhos não significa necessariamente entrar em conflito, enfrentá-los ou repreendê-los. Pelo contrário, discutir com os filhos de forma positiva pode ser muito benéfico.

Ao contrário do seu verdadeiro significado, para muitas pessoas, a palavra discussão tem uma concepção negativa. E, em muitos lares, os pais evitam discutir com os filhos, acreditando que dessa forma evitarão confrontos e conflitos com eles. No entanto, há muitas vantagens em discutir com os filhos de forma positiva, desde que essa discussão envolva um diálogo e a troca de ideias, e não se resuma a uma situação para atacar ou prejudicar.

O significado positivo de discutir

Uma discussão entre duas ou mais pessoas ocorre quando falam sobre ou examinam algum tópico ou questão entre si. Para isso, são propostos diversos argumentos e raciocínios que explicam ou justificam as posições, opiniões ou ideias de cada pessoa sobre o assunto.

Além disso, embora às vezes se discuta pelo simples ato de trocar opiniões, em muitos casos, o objetivo de uma discussão é solucionar um problema e chegar a um acordo sobre ele. Dessa forma, em qualquer contexto, e ainda mais em um ambiente familiar, o ato de resolver os desentendimentos através da discussão é muito positivo e é uma forma de construir o cotidiano.

Discutir ou ter um conflito com alguém, um colega de trabalho, um amigo ou um parente, não precisa ser algo negativo. Muito pelo contrário: discutir deveria ser algo natural, pois é uma forma de avançar e estreitar a relação com os outros, e supõe uma possibilidade de crescimento e aprendizagem a relação a si mesmo e aos outros.

Vantagens de discutir com os filhos de forma positiva

Entretanto, para que uma discussão tenha efeitos positivos, é importante aprender a discutir. E é necessário que a discussão atenda, ou que estejam presentes, certos requisitos em relação às formas, estilos e características que essa discussão deve adotar.

Características de uma discussão positiva

  • Deve ocorrer quando ambas as partes tiverem uma boa predisposição para discutir e chegar a um acordo sobre um assunto. Isso significa aceitar que as pessoas são diferentes e que, portanto, há diferentes opiniões e formas de pensar. Assim, as pessoas envolvidas em uma discussão devem estar dispostas a respeitar umas às outras, a falar com calma e a usar palavras adequadas, sem se agredir, sem insultar e sem levantar a voz.
  • Caso a discussão seja sobre vários tópicos ou se um tópico der origem ou tiver vários ângulos, o melhor a fazer é tratar um tópico ou ponto de cada vez. Nesses casos, é muito útil concordar em agir dessa forma e não passar para outro ponto ou tópico até que se chegue a um acordo ou uma solução sobre o anterior.
  • Encontrar um local adequado para a discussão. Isso significa encontrar um lugar para conversar tranquilamente, longe de ruídos e interrupções. Pode até mesmo ser uma boa opção combinar um local e horário para encontrar alguém para discutir sobre um assunto.
  • Abordar o tópico central da discussão. É importante que, em uma discussão, ambas as partes tentem “ir direto ao ponto”, como se diz coloquialmente. Portanto, as pessoas que estiverem discutindo devem tentar ser diretas, evitando, assim, por vergonha ou escrúpulos, a utilização de evasivas ou rodeios. Além disso, as pessoas que estiverem discutindo devem tentar ser tão honestas quanto possível, tanto em suas ideias quanto em seus sentimentos e emoções.

“O objetivo de qualquer discussão não deve ser a vitória, mas o progresso.”

-Joseph Joubert-

Vantagens de discutir com os filhos de forma positiva

Vantagens de discutir com os filhos de forma positiva

Fazer da discussão positiva com os filhos uma estratégia educativa é importante porque, conforme as crianças vão crescendo, é inevitável discutirmos com elas e, se isso for feito de maneira positiva, será uma forma de diálogo. Assim, entre as vantagens de discutir com os filhos de forma positiva, podemos citar:

  • Conhecê-los melhor. Conversar e discutir com os filhos é uma forma de saber o que eles sentem e pensam. É estar ciente de quais são suas necessidades a cada momento ou etapa. Dessa forma, podemos evitar discussões ou conflitos maiores sobre um problema que poderia ter sido evitado se tivesse sido discutido ou falado desde o início.
  • Obter uma melhor harmonia e ambiente familiarDialogar, conversar, negociar e discutir com os filhos sobre qualquer assunto, importante ou do cotidiano, melhora o estado de humor da família toda. Esconder as opiniões sobre as atitudes ou comportamentos dos quais não gostamos nas outras pessoas não é bom. A longo prazo, tudo acaba saindo e, quando as coisas são ditas no calor do momento, repreendemos e dizemos coisas sem sentido, podendo machucar aqueles que amamos.
  • Demonstrar afeto. Provocar discussões positivas com os filhos pode ser uma forma de demonstrar o nosso amor por eles como pais. A discussão é uma estratégia para perguntar aos filhos e convidá-los a se abrir e compartilhar seus medos e preocupações, seus desejos e sonhos. Para os pais, provocar uma discussão tranquila e amena com os filhos é uma forma de dizer: “Filho, estamos ao seu lado. Estamos aqui incondicionalmente para o que você precisar”.